Pesquisar no blog

Concurso PFF: Projeto de lei que cria carreira policial avança no Senado!

icone calendario 04 fev 2022

Um Projeto de Lei foi encaminhado ao Senado para que seja feita a regulamentação da Polícia Ferroviária Federal. De autoria da senadora Rose de Freitas, o PL avançou. Um novo concurso PFF pode surgir ainda em 2022.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova  . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso PFF: projeto de lei avançou no Senado

De autoria da senadora Rose de Freitas, avançou no Senado Federal o Projeto de Lei n°1786/2021 .

Assim, a proposta tem como objetivo implantar a Polícia Ferroviária Federal (PFF), além de viabilizar a realização de concurso para o órgão.

Agora, o PL avançou e foi encaminhado à Comissão de Segurança Pública que deve designar o relator para a proposta.

Sendo assim, será o relator quem dará o parecer sobre o projeto para que seja votado na comissão, posteriormente.

Segundo o art. 13 da proposta de lei, o cargo de Policial Ferroviário Federal compreende atividade de natureza típica e exclusiva do Estado, por isso deve ser provido por meio de concurso público.

Entretanto, ainda não há expectativas de um novo certame para este ano, a não ser que tudo ocorra muito rápido com a criação da carreira. Portanto, confira detalhes:

  • PL 1786/2021 – O art. 14 do referido PL define os requisitos para ingresso no cargo. Confira a seguir:Art. 14. Para ingresso no cargo de Policial Ferroviário Federal, além dos requisitos exigidos regime jurídico dos servidores públicos civis da União, o candidato deverá:
    • I – ser maior de vinte e um anos;
    • II – possuir diploma de graduação em curso de nível superior
    • reconhecido pelo Ministério da Educação; e
    • III – possuir Carteira Nacional de Habilitação há no mínimo dois anos, na categoria “B” ou superior, e estar em pleno gozo do direito de dirigir

Sobre a carreira

Caso o PL seja aprovado, a PFF integrará o Ministério da Justiça e Segurança Pública, juntamente ao Departamento Penitenciário (Depen), à Polícia Federal  (PF) e à Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda caso aprovada, para concorrer será necessário possuir formação de nível superior, idade mínima de 21 anos e carteira de habilitação a partir da categoria “B”.

Já a remuneração inicial é de R$ 8.630, com jornada de seis a oito horas diárias.

Entretanto, em final de carreira, ao servidor veterano, a remuneração pode chegar a R$ 13.756,93.

O projeto confirmou ainda que o concurso de ingresso será feito por meio de duas fases. A primeira, por meio de provas e títulos, além de exames médicos, físicos e psicológicos.

Na segunda, o candidato será submetido a um estágio experimental, com duração de três a seis meses, de acordo com designação do Ministério da Justiça.

Ademais, vale destacar que fora os salários iniciais, os contratados ainda contarão com vários benefícios. Portanto, veja quais são:

  • I – adicional pelo exercício de atividades insalubres, perigosas ou penosas;
  • II – adicional noturno;
  • III – adicional pela prestação de serviço extraordinário;
  • IV – gratificação natalina;
  • V – adicional de férias;
  • VI – abono de permanência de que tratam o § 19 do art. 40 da Constituição Federal, o § 5º do art. 2° e o § 1° do art. 3° da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003;
  • VII – Indenização de escala especial ou extraordinária;
  • VIII – retribuição de formação profissional;
  • IX – indenização de permanência;
  • X – Indenização de compensação orgânica;
  • XI – retribuição pelo exercício de função de direção, chefia e assessoramento e às demais parcelas indenizatórias previstas em lei.

Concursos Policiais pelo Brasil: Panorama das oportunidades!

Procurada por muitos concurseiros, a carreira policial apresenta muitas oportunidades, bons salários e favorecimento para crescimento nas corporações em todo país.

Confira um panorama das oportunidades em concursos policiais para 2022, clicando aqui .

assinatura completa
Acompanhe nossas

redes sociais