Pesquisar no blog

Concurso Senado: Conheça quais bancas encaminharam proposta para organização do certame!

icone calendario 04 jul 2022

Atenção, concurseiros! O concurso Senado passa pelo processo de escolha e contratação de uma banca organizadora, de maneira que são conhecidas as três empresas que encaminharam propostas. Ademais, a seleção pode ofertar até 1.002 oportunidades.

Sendo assim, é essencial que os interessados no concurso do Senado Federal saibam que na última sexta-feira, 1º de julho, ocorreu a abertura das propostas enviadas pelas empresas interessadas em organizar a seleção. Dessa forma, os nomes das empresas na disputa foram revelados.

Além disso, vale recordar que o projeto básico da seleção já foi divulgado, de maneira que os concurseiros podem conhecer alguns dos principais detalhes acerca do concurso público. Sendo assim, confira todos os detalhes!

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso Senado: banca organizadora

Portanto, é essencial recordar, primeiramente, que as empresas interessadas em organizar o novo concurso Senado puderam enviar suas propostas até o dia 27 de julho.

Além disso, na última sexta-feira, 1º de julho, tais propostas foram abertas, de maneira que o órgão informou o nome das empresas por meio de uma nota enviada à imprensa.

Nesse sentido, a disputa pelo cargo acontece entre o Cebraspe, a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e o IBFC (Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação).

Ademais, as propostas serão agora analisadas pela comissão examinadora, de maneira que em breve a escolhida deverá ser divulgada e, em seguida, poderá ocorrer a contratação da banca, o que tornará o edital iminente.

Detalhes do projeto básico do edital

Sendo assim, vale ressaltar que o projeto básico do novo concurso do Senado Federal foi recentemente divulgado e informa que poderão ser ofertadas até 1.002 oportunidades, sendo 19 imediatas e 983 voltadas para a formação de cadastro reserva.

Além disso, as vagas são destinadas a diversos cargos e especialidades de nível superior, portanto, conheça a distribuição das imediatas:

  • Técnico Legislativo – Policial Legislativo – 06 vagas;
  • Advogado – 01 vaga;
  • Consultor:
    • Orçamentos – 01 vaga;
    • Legislativo – 01 vaga;
  • Analista Legislativo:
    • Administração – 01 vaga;
    • Arquivologia – 01 vaga;
    • Assistência Social – 01 vaga;
    • Contabilidade – 01 vaga;
    • Enfermagem – 01 vaga;
    • Informática Legislativa – 01 vaga;
    • Processo Legislativo – 01 vaga;
    • Registro e Redação Parlamentar – 01 vaga;
    • Engenharia do Trabalho – 01 vaga;
    • Engenharia Eletrônica e Telecomunicações – 01 vaga.

Ademais, os aprovados na seleção e contratados pelo órgão contarão com atrativas remunerações, sendo elas de R$ 19.427,79 para Policial Legislativo, R$ 33.461,68 para Advogado e Consultor e R$ 25.897,76 para Analista.

Como serão as provas do concurso Senado?

Por fim, também é de suma importância mencionar que, segundo o projeto básico, os inscritos no concurso Senado serão avaliados por meio das etapas avaliativas a seguir:

  • Prova Objetiva;
  • Discursiva (exceto para Registro e Redação Parlamentar);
  • Prova Prática (para Registro e Redação Parlamentar);
  • Exame de Sanidade Física e Mental (para Policial Legislativo);
  • Teste de Aptidão Física (TAF) (para Policial Legislativo);
  • Exame Psicotécnico;
  • Sindicância de Vida Pregressa e Investigação Social; e
  • Prova de Títulos (para Advogado e Consultor Legislativo).

Dessa forma, vale frisar que para as provas objetivas os concurseiros responderão a 80 questões (Policial e Analista) ou 160 questões (Advogado e Consultor).

assinatura completa

Saiba mais sobre o Concurso Senado: FGV é a banca. Edital iminente!
Acompanhe nossas

redes sociais