Concurso Serpro: Novo pedido de edital é enviado ao SEST!

icone calendario 18 nov 2020

Novo certame Serpro foi solicitado ao Sest (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais) e aguarda aprovação. 

Pedido para novo concurso Serpro

Um novo certame Serpro está por vir! O Serviço Federal de Processamento de Dados confirmou que encaminhou pedido para preencher novas vagas. 

O pedido foi enviado à Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest). O órgão irá avaliar a necessidade e será o responsável por conceder ou não a aprovação para o próximo edital. 

O número de vagas e os cargos contemplados na demanda ainda não foram divulgados. Segundo o Serpro, levando em consideração que a demanda ainda está sob análise da Sets, é cedo para divulgar qualquer informação mais detalhada sobre o concurso.

“O Serpro informa que o ofício representa apenas uma solicitação da empresa. Ainda é necessária a avaliação e análise da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest). Sendo assim, é prematura qualquer previsão mais detalhada sobre o possível edital.”

Serpro conta com sede em Brasília e unidades em 11 capitais

Caso aconteça a autorização, o Serviço Federal de Processamento de Dados poderá dar prosseguimento aos preparativos e é provável que a seleção ocorra em 2021, tendo em vista que o ano de 2020 já está acabando. 

A empresa conta com sede em Brasília, porém também está presente em 11 capitais, com regionais distribuídas de acordo com as regiões fiscais do país.

Localizadas em: Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis. Ainda não se sabe se todas essas localidades serão contempladas no próximo edital.

Vale ressaltar que o Serpro, é a maior empresa pública de prestação de serviços em tecnologia da informação do Brasil.

Último concurso Serpro 

Em 2013 o Serpro realizou duas seleções. Uma delas ofertou 22 vagas para cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior, em  diversas especialidades.

Porém, o destaque ficou com o primeiro edital divulgado naquele ano, com 360 oportunidades imediatas, além da formação de um cadastro de reserva. Somente na cidade do Rio de Janeiro eram 33 oportunidades, nos níveis médio, médio/técnico e superior.

O certame abrangeu diversas capitais e as remunerações iniciais chegavam a R$ 5.836,54 na época. Quem aplicou as provas da seleção foi o Cebraspe (antigo Cespe/UnB). 

Seu principal cargo foi o técnico de suporte administrativo, com 46 vagas, sendo cinco na capital fluminense. Contava como exigência o nível médio completo. Já nas outras funções foi exigido cursos específicos relacionados à área ou ensino superior completo.

Entre eles estavam: Técnico em Telecomunicações ou Eletrônica e TI, Segurança do Trabalho, Enfermagem, além de vagas para graduados em Comunicação Social, Pedagogia, Engenharias, RH, Gestão Empresarial entre outros.

O certame atraiu 70.980 inscritos. Dessa somatória, 42,4% competiram pelo cargo de técnico com qualificação em suporte administrativo: foram 30.133 inscritos nas 50 vagas disponíveis para 13 cidades.

Entre os cargos de nível superior, os com maior disputa por vaga foram os de analista com qualificação em advocacia ou em comunicação social.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais