Concurso TJ GO: O que faz um Analista Judiciário? | Nova Concursos

Concurso TJ GO: O que faz um Analista Judiciário?

icone calendario 30 set 2021

O edital para o novo concurso TJ GO já foi publicado e as inscrições se iniciarão em breve. Para concorrer ao concurso, conheça mais sobre o que faz um Analista Judiciário!

Na última segunda-feira, 27 de setembro, foi publicado o edital para o concurso do Tribunal de Justiça de Goiás , com oferta de vagas de nível superior. As oportunidades são para o cargo de Analista Judiciário.

Concurso TJ GO: inscrições

As inscrições para o novo TJ GO terão início no dia 28 de outubro e se encerrarão no dia 29 de novembro. Para realizar o processo, os candidatos podem acessar o site da banca organizadora, a UFG (Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás).

Além disso, é necessário que o candidato preencha o formulário com todas as informações necessárias e que faça o pagamento da taxa de inscrição, que se dará da seguinte forma:

  • R$115 para Analista Judiciário – Apoio Judiciário e Administrativo;
  • R$127,70 para Analista Judiciário da área Judiciária.

Ademais, a solicitação de isenção de taxa pode ser feita no portal da UFG entre os dias 12 e 14 de outubro, por meio do envio da documentação que comprova as condições exigidas. O resultado preliminar será divulgado no dia 18 de outubro.

Poderão solicitar a isenção os candidatos membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico; doadores de sangue; doadores de medula óssea; e doadores de leite materno.

Quais são as atribuições para Analista Judiciário?

Os concurseiros interessados em concorrer ao cargo de Analista Judiciário devem saber que as funções para cada perfil são bastante distintas, ainda que ambos possuam como requisito o nível superior. Confira:

Analista Judiciário – Área Judiciária:

  • Elaborar pareceres técnicos, pesquisa, seleção e processamento de legislação; doutrina e jurisprudência, distribuição dos feitos, conforme sua natureza e realização de partilha. Executar trabalhos de natureza técnico-administrativa, tais como: elaboração de despachos, informações, relatórios, ofícios, petições.

Analista Judiciário – Apoio Judiciário e Administrativo:

  • Realizar atividades nas escrivanias judiciárias de 1º Grau e nas unidades judiciárias de 2º Grau e nas áreas administrativas, impulsionando os feitos judiciais e administrativos, abrangendo os serviços relacionados com gestão de pessoas, material e patrimônio, licitações e contratos, orçamento e finanças, controle interno e auditoria e outras atividades complementares de apoio administrativo no âmbito do Poder Judiciário que necessitem ou não de graduação em nível superior de ensino. Proceder a diligências internas e externas e outras atividades relativas à sua área de atuação. Prestar informações jurídicas e administrativas ao público em geral, dentre outras de mesma natureza e grau de complexidade, que venham a ser determinadas pela autoridade superior.

Vagas, cargos e remunerações

O concurso do Tribunal de Justiça de Goiás oferece 95 oportunidades de nível superior para o cargo de Analista Judiciário. Tal cargo apresenta dois diferentes perfis, de forma que as vagas serão distribuídas em:

  • 46 vagas para Analista da área de Apoio Judiciário e Administrativo;
  • 49 vagas para Analista da área Judiciária.

Além disso, para o cargo de Analista da área de Apoio Judiciário e Administrativo a exigência é o nível superior em qualquer área, com remunerações que possuem um valor de R$3.833,88.

Já para Analista da área Judiciária é necessário que se possua a formação no curso de Direito. Nesse caso, os ganhos chegam a R$4.259,86.

Vale destacar que os aprovados cumprirão com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, e suas contratações acontecerão por meio de regime estatuário, que garante maior estabilidade.

Ademais dos salários, os contratados também receberão os seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação: R$ 1.158,79;
  • Assistência pré-escolar (auxílio creche): R$ 660,31.

Concurso TJ GO: provas

Além disso, os inscritos no concurso TJ GO deverão passar por duas etapas avaliativas de caráter eliminatório e classificatório, sendo provas objetivas e discursivas.

Ademais, a prova objetiva já possui uma data marcada, prevista para ocorrer no dia 19 de dezembro. Nesse momento, os candidatos deverão responder a 100 questões sobre as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa: 15 questões;
  • História e Geografia de Goiás: 5 questões;
  • Legislação Complementar: 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos: 30 questões.

Dessa etapa serão corrigidas 525 provas para Analista Judiciário – Apoio Judiciário e Administrativo e 515 para Analista Judiciário – Área Judiciária. Das correções para o primeiro perfil, serão 380 para ampla concorrência, 45 para PcDs e 100 para cotas de pessoas negras.

Por outro lado, para o segundo perfil serão 370 para a ampla concorrência, 45 para pessoas com deficiência e 100 para a cota de negros.

Além disso, o que se prevê é que a homologação do concurso aconteça em 25 de março de 2022. A validade da seleção será de dois anos que poderão ser prorrogados pelo mesmo período.

Pelo tempo que dure a validade do certame, o Tribunal de Justiça de Goiás poderá realizar a convocação dos aprovados para o preenchimento de vacâncias, conforme a necessidade.

Saiba mais sobre o Concurso TJ GO: Edital publicado para o nível superior!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais