Compartilhar:

Concurso TJ PE: Comissão organizadora do certame é formada!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 01 out 2019

O concurso TJ PE (Tribunal de Justiça de Pernambuco) formou a comissão organizadora para o novo certame no cargo de Juiz Substituto.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

Comissão organizadora do concurso TJ PE

O Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, formou a comissão organizadora para o novo concurso TJ PE no cargo de Juiz Substituto. Os membros serão responsáveis por elaborar o projeto do edital e os trâmites para a contratação da banca organizadora.

Os nomes dos membros foram divulgados no dia 30 de setembro, no Diário de Justiça Eletrônico. Segundo o documento, a equipe é formada por quatro titulares, sendo três desembargadores e um representante da Ordem dos Advogados do Brasil, e presidida por um desembargador indicado pela presidência do TJ PE.

Ainda no documento, o presidente e desembargador do Tribunal, Adalberto de Oliveira Mel, também determinou a abertura do concurso TJ PE para Juiz Substituto. Mediante o aval e a comissão organizadora formada, o próximo passo será a elaboração do projeto básico do edital e abertura da licitação para escolha da banca organizadora.

Nova-tj-pe

Último concurso TJ PE

O último concurso TJ PE teve seu edital publicado no ano de 2014. Na ocasião, foram ofertadas 50 vagas para o cargo de Juiz Substituto. Para concorrer, foi necessário o candidato ser bacharelado em Direito e Atividade Jurídica de no mínimo, três anos após a formação. O salário inicial era de R$ 19.383,88.

O certame de 2014, foi organizadora pela FCC (Fundação Carlos Chagas). Na época, a avaliação dos candidatos foi mediante diversas etapas, sendo a primeira delas, uma prova objetiva.

A prova objetiva foi composta por 100 questões, sendo distribuídas por três blocos:

Bloco l (40 questões)

  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito da Criança e do Adolescente.

Bloco ll (30 questões)

  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Constitucional e Eleitoral.

Bloco lll (30 questões)

  • Direito Empresarial;
  • Direito Tributário;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Ambiental.

Para ter sido considerado aprovado, foi preciso o candidato obter no mínimo 30% de acertos em cada bloco e pelo menos 60% do total de questões da prova. Além disso, para ser convocado para a prova discursiva, foi preciso se classificar até a 200ª posição, na primeira fase.

O concurso TJ PE de 2014, contou ainda com Provas de Sentença, sendo uma Cível e outra Criminal, Inscrição Definitiva, Avaliação Oral e Análise de Títulos. Os candidatos aprovados, foram convocados durante a validade do certame, que inicialmente seria de dois anos.

» Prepare-se para o concurso TJ PE + BÔNUS (GRÁTIS) «

Saiba mais sobre o Concurso TJ PE: Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais