Concurso TJ RS: Projeto pode alterar escolaridade | Nova Concursos

Concurso TJ RS: Projeto que pode alterar a escolaridade está na AL RS!

icone calendario 27 Maio 2021

Um novo Plano de Carreira dos Servidores (PCCS) do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pode alterar a escolaridade no Concurso TJ RS.

O documento foi entregue para a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul no dia 24 de maio, última segunda-feira, conforme o Presidente do TJ, Voltaire de Lima Moraes, já havia previsto.

Anteriormente, na sexta-feira, dia 21, Moraes também havia entregado o novo Plano ao governador do Estado. Segundo o presidente do Tribunal de Justiça, é importante que o governador conheça a proposta.

Moraes disse, ainda na reunião com o governador Eduardo Leite, que a iniciativa desse PCCS “irá promover uma profunda reestruturação no Poder Judiciário do Rio Grande do Sul, adequando os serviços à modernidade, para que possamos aperfeiçoar cada vez mais nossas atividades voltadas ao atendimento das demandas da sociedade.”

O Projeto, agora, passará aos trâmites no Parlamento.

O que o novo PCCS muda no concurso TJ RS?

O TJ RS está com planos para abrir um concurso nos próximos meses, mas não temos informações se a Justiça aguardará o aval para o novo Plano de Carreiras para abrir as seleções.

O Plano de Carreira retificado passaria a exigir formação superior no curso de Direito para os cargos de Oficial, ou seja, a alteração aconteceria no nível de escolaridade.

Outra mudança prevista no novo PCCS é a unificação do cargo de Oficial, que passará a ser nomeado Oficial de Justiça Estadual. Atualmente, o cargo tem três ramificações:

  • Oficial de Justiça Classe O;
  • Oficial de Justiça PJ-H;
  • Oficial de Justiça da Infância e do Adolescente, PJ-H.

Esses três cargos serão unificados, portanto.

O edital que está previsto pretende ofertar 24 vagas para Oficial de Justiça PJ-H e quatro para Assistente Social.

O cargo de Assistente Social requer formação em Ensino Superior na área e a remuneração básica é de R$ 6,9 mil. Os Assistentes também têm direito a gratificações e benefícios.

Para ser um Oficial, no PCCS vigente, é necessário ter formação no Ensino Médio. O salário para esse cargo é de R$ 4,7 mil, mas com os benefícios e gratificações pode chegar a R$ 9 mil por mês.

Vale ressaltar, mais uma vez, que não há como afirmar se essa alteração entrará em vigor já no próximo edital.

A previsão é de que o TJ do Rio Grande do Sul abra esse edital ainda neste ano e que o concurso seja finalizado até dezembro.

Saiba mais sobre o Concurso TJ RS: Editais serão publicados no segundo semestre!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais