Pesquisar no blog

Concurso TJDFT: Projeto que transforma cargos é sancionado!

icone calendario 23 set 2022

Atenção concurseiros! O projeto que transforma cargos de Auxiliar e Técnico em cargos vagos da carreira de Analista no concurso TJDFT  foi sancionado. Saiba detalhes!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Concurso TJDFT: detalhes da transformação

Assim, o projeto sancionado transforma cargos de Auxiliar e Técnico em cargos vagos da carreira de Analista no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

Portanto, serão utilizados 4 cargos de Auxiliar Judiciário e 192 cargos de Técnico Judiciário para a criação de 118 cargos vagos de Analista Judiciário.

Vale destacar que o projeto foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (22/9), através da lei Nº 14.456.

“Ficam transformados, no Quadro Permanente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, 4 (quatro) cargos vagos de provimento efetivo da carreira de Auxiliar Judiciário e 192 (centro e noventa e dois) cargos vagos de provimento efetivo da carreira de Técnico Judiciário em 118 (cento e dezoito) cargos vagos de provimento efetivo da carreira de Analista Judiciário, sem aumento de despesa”, diz o texto.

Haverá mais gastos?

De acordo com o presidente do Tribunal, o projeto em questão não aumentaria despesas.

A fala foi dada, então, à época da aprovação do texto na Câmara dos Deputados. E a fala continua mantida!

Além disso, o presidente citou que a transformação se tornou necessária após a automação de atividades com a adoção do PJe (Processo Jurídico Eletrônico).

Sendo assim, agora com o projeto sancionado, o TJDFT expedirá as instruções necessárias à aplicação da Lei.

Além disso, a expectativa é de que tal mudança possa beneficiar aprovados no último edital do órgão, que foi publicado neste ano de 2022.

Saiba detalhes do último concurso TJDFT

Sendo assim, o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, publicado neste ano, continua válido.

Assim, foram ofertadas 112 vagas, sendo 24 oportunidades para Técnico Judiciário e 88 para Analista Judiciário. Portanto, veja a distribuição:

  • Técnico Judiciário
    • Área Administrativa – 20;
    • Enfermagem – 04.
  • Analista Judiciário
    • Área Judiciária – 36;
    • Oficial de Justiça Avaliador Federal – 05;
    • Administração – 03;
    • Análise de Sistemas – 05;
    • Análise de Dados – 05;
    • Arquivologia – 01;
    • Contabilidade – 03;
    • Engenharia Elétrica – 02;
    • Estatística – 02;
    • Medicina do Trabalho – 02;
    • Medicina Psiquiatria – 02;
    • Psicologia – 04;
    • Segurança da Informação – 05;
    • Serviço Social – 09;
    • Suporte em Tecnologia da Informação – 04.

Além disso, os aprovados contarão com salários que variam entre R$ 7.591,39 para Técnico e R$ 12.455,30 para Analista.

Como foram as provas?

Além disso, nas provas objetivas os candidatos responderam 60 questões de múltipla escolha acerca de disciplinas que variam conforme o cargo escolhido.

No entanto, em geral, as disciplinas comuns entre a maioria das especialidades são:

  • Língua Portuguesa
  • Ética no Serviço Público, Regimento Interno, Lei de Organização Judiciária;
  • Provimento Geral da Corregedoria e Provimento Judicial Aplicado ao Processo Judicial Eletrônico;
  • Noções de Direito:
    • Administrativo
    • Constitucional
    • Penal
    • Processual Penal
    • Civil
    • Processual Civil
  • Noções de Administração de Recursos Humanos e Gestão Pública

Ademais, para as provas discursivas os candidatos ao cargo de Técnico elaboraram uma redação.

Entretanto, os inscritos para o cargo de Analista responderam a 02 questões discursivas.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso TJDFT: Edital publicado. Iniciais de até R$ 12,4 mil!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais