Concurso TSE Unificado 2023: Presidentes do TRE’s pedem cronograma da seleção!

icone calendario 23 maio 2023

Boa notícia, concurseiros! Na última quinta-feira, 18 de maio, aconteceu o 81º Encontro do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (81º Coptrel), onde foi abordada a realização do concurso TSE Unificado . Saiba mais!

No encontro, foram debatidos diversos assuntos, como regras para fiscalização da propaganda eleitoral, auditoria das urnas eletrônicas e valorização dos servidores, visando à retenção de talentos. Além disso, foi cobrado um cronograma efetivo do concurso TSE.

A cobrança foi incluída na Carta de Brasília e assinada para ser enviada ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, para deliberação.

Lembrando que o último encontro foi realizado em fevereiro deste ano e nele, foi destacada a necessidade de mais servidores especializados em Tecnologia da Informação. Para resolução desse problema, foi sugerida a criação de 565 cargos de Analista Judiciário – Apoio Especializado – Análise de Sistemas.

Caso essa proposta seja aprovada, esses cargos poderão ser preenchidos por aprovados no concurso TSE Unificado, previsto para 2023.

O próximo Encontro dos Presidentes dos TREs será realizado em agosto de 2023, no Espírito Santo.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui    e saiba mais!

Concurso TSE Unificado: edital em agosto!

De acordo com o diretor-geral do TSE, Rui Moreira, a previsão é que o edital seja publicado em agosto de 2023, visto que já foi destinado um orçamento de R$ 10 milhões para viabilização da seleção. Já as provas serão realizadas em setembro ou outubro.

Conheça os tribunais que demonstraram interesse na seleção!

  • TRE
    • Acre
    • Alagoas
    • Amapá
    • Amazonas
    • Bahia
    • Ceará
    • Distrito Federal
    • Espírito Santo
    • Goiás
    • Maranhão
    • Mato Grosso
    • Rio de Janeiro
    • Rio Grande do Norte
    • Mato Grosso do Sul
    • Minas Gerais
    • Paraíba
    • Paraná
    • Rio Grande do Sul
    • Rondônia
    • Roraima
    • Pernambuco
    • Piauí
    • Santa Catarina
    • São Paulo
    • Sergipe
    • Tocantins

Lembrando que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 14.523/2023, que concede reajuste aos salários das carreiras a serem ofertadas. Veja como ficou!

Técnico Judiciário

  • Fevereiro
    • 2023: R$ 9.220,34
    • 2024: R$ 9.773,58
    • 2025: R$ 10.372,70

Analista Judiciário

  • Fevereiro
    • 2023: R$ 15.128,00
    • 2024: R$ 16.035,69
    • 2025: R$ 17.018,67

Concurso TSE Unificado: Requisitos, provas e etapas

A secretária de Gestão de Pessoas do TSE informou que o concurso será divido em dois editais, sendo um para o cargo de Técnico Judiciário e o outro para o cargo de Analista Judiciário, ambos com exigência de nível superior.

Isso porque foi publicada a Lei 14.456/2022, que determina o ensino superior para ingresso no cargo de técnico judiciário, ao invés do nível médio.

Com isso, o novo requisito de idade será aplicado nas próximas seleções

Além disso, conforme a Resolução Nº 23.391 do TSE, os candidatos poderão ser avaliados por meio de provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, provas discursivas, avaliação de títulos e teste de aptidão física.

Conheça os quatro conteúdos obrigatórios da parte de conhecimentos gerias:

  • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa;
  • Noções de informática;
  • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais;
  • Regimento interno do respectivo Tribunal.

Como foi o último concurso?

O último concurso foi publicado em 2006 e ofertou 804 vagas distribuídas entre as seguintes especialidades:

Analista e Técnico

  • TSE – 280 vagas
  • TRE
    • RO – 56 vagas
    • AC – 6 vagas
    • RJ – 435 vagas
    • RR – 24 vagas

Na época, os aprovados foram remunerados com os seguintes salários iniciais:

  • Analista: R$ 4.034,63
  • Técnico: 2.415,66

Foram etapas avaliativas:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Avaliação de títulos (somente para nível superior).

A prova objetiva consistiu em 120 questões de múltipla escolha entre conteúdos de Conhecimentos Gerais e Específicos.

Em contrapartida, a prova discursiva consistiu na elaboração de um texto narrativo, dissertativo ou descritivo, abordando temas atuais que deveria possuir, no mínimo, 30 linhas.

Posteriormente, os aprovados foram submetidos a avaliação de títulos. Confira os critérios de avaliação!

Para acessar todos os detalhes do último edital, clique aqui!

Estude para o concurso TSE Unificado!

Se você se interessa pela aprovação nesse concurso, não perca tempo! Confira nossos materiais e comece a estudar agora mesmo!

Para mais dicas, dá o play na aula gratuita do professor Franco sobre Direito Eleitoral!

Saiba mais sobre o Concurso TSE Unificado: Vagas confirmadas. Edital em breve!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais