Pesquisar no blog

Concurso Unificado passa por nova retificação. Inscrições até sexta-feira (9)!

icone calendario 08 fev 2024

Faltando um dia para encerrar as inscrições, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) publicou a 3ª retificação do concurso Unificado, que oferta 6.640 vagas para diversas especialidades.

Entre as principais mudanças está o item que trata das vagas reservadas às pessoas com deficiências (PcD). Saiba mais!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Concurso Unificado: O que mudou?

Entre as principais alterações da nova retificação, estão:

Bloco 1

  • Inclusão da expressão “e outras afins àquelas aqui listadas” na formação exigida para o cargo de Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas, Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas, nas especialidades de Geoprocessamento.

Bloco 2

  • Inclusão da exigência de registro em conselho de classe para o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos – MGI, cargo Estatístico.
  • Alterações no conteúdo programático do Eixo 3 – Gerência e Suporte da Tecnologia da Informação; e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 3

  • Alteração na especialidade do item 7.1.1.1.2.1.2, do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos – MGI, Cargo: Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG), que agora requer qualquer área de conhecimento;
  • Inclusão da expressão “e outras afins àquelas aqui listadas” na formação exigida para Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas em Análise Ambiental;
  • Inclusão do curso Planejamento Territorial na formação exigida para Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas em Análise Ambiental em Geografia; e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 4

  • Inclusão da exigência de registro em conselho de classe para o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Cargo: Psicólogo; e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 5

  • Inclusão do cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais do MGI na terceira etapa;
  • Alteração no texto especialidade do cargo da Fundação Nacional dos Povos Indígenas;
  • Inclusão da graduação em Antropologia na formação exigida para Especialista em Indigenismo (FUNAI) e alteração na especialidade do cargo;
  • Alteração no local de exercício para Especialista em Indigenismo (FUNAI), em Assistência Social;
  • Alteração no local de exercício para Especialista em Indigenismo (FUNAI), em Pedagogia, além da formação exigida;
  • Inclusão da expressão “e outras afins” no texto da formação exigida; e inversão dos títulos de mestrado e doutorado na tabela, para que a indicação do valor para cada título fique correta, para Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas (IBGE) em Demografia e inclusão de “outras afins” na formação exigida; e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 6

  • Inclusão da exigência de registro em conselho profissional para o cargo de Economista – especialidade Economia do MGI, MDIC e MPO; e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 7

  • Inclusão da exigência de registro em conselho de classe para o Cargo de Arquivista da AGU e MGI;
  • Alteração no local de exercício para Especialista em Indigenismo (FUNAI) e Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas (IBGE); e
  • Alterações nos quadros de atribuição de pontos para avaliação de títulos.

Bloco 8

  • Exclusão de todo o item 7.1.1.1.2.1.3 e inclusão da Especialidade Nível Médio do IBGE nas provas de títulos;
  • Inserção da palavra “relatório” no título e subtítulo do Modelo de Relatório/Laudo Caracterizador de Deficiência;
  • Inclusão da modalidade Técnico em Agropecuária na formação exigida para Agente de atividades agropecuárias e Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal (MAPA).

Clique aqui e baixe a retificação na íntegra com todos os detalhes!

Inscrições do concurso Unificado entram na reta final

Os candidatos que ainda não se inscreveram terão até às 23h59 do dia 09 de fevereiro de 2024 para efetuar a candidatura.

Ao acessar a conta no portal GOV.BR, o candidato deverá optar por um único bloco temático para concorrer por todas as vagas e especialidades dentro do bloco escolhido.

De maneira mais simplificada, será preciso acompanhar a seguinte ordem:

  • 1º – escolher o bloco temático
  • 2º – escolher os cargos que deseja concorrer dentro do bloco
  • 3º – ordenar a preferência entre esses cargos
  • 4º – ordenar a preferência entre as especialidades

Depois de preencher o formulário de inscrição, o candidatos deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição gerada por GRU (Guia de Recolhimento da União). 

O valor é de acordo com o nível de escolaridade:

  • nível médio: R$ 60,00
  • nível superior: R$ 90,00

Não sabe qual bloco escolher? Esse artigo pode te ajudar: CNU: Qual bloco temático é melhor e como escolher?

Leia também: Passo a passo de como participar do CNU!

Cargos e vagas estão distribuídos em blocos temáticos

concurso Unificado,   ou “Enem dos Concursos”, é uma proposta do Governo Federal para preencher as vagas do Poder Executivo autorizadas em 2023 por meio de um único concurso, com provas aplicadas simultaneamente, em 220 cidades espalhadas pelo país.

Estão sendo ofertadas 6.640 vagas de diversas especialidades para 21 órgãos e ministérios, com salários de até R$ 22 mil.

As oportunidades estão distribuídas em oito blocos temáticos, que foram divididos por área de atuação governamental, de acordo com o perfil desejado, sendo:

  • 1º Infraestrutura, Exatas e Engenharia
  • 2º Tecnologia, Dados e Informação
  • 3º Ambiental, Agrário e Biológicas
  • 4º Trabalho e Saúde do Servidor
  • 5º Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos
  • 6º Setores Econômicos e Regulação
  • 7º Gestão Governamental e Administração Pública
  • 8º Nível Intermediário

Provas do Concurso Unificado se aproximam!

Com as inscrições encerrando, as provas objetivas e discursivas se aproximam. Os candidatos serão avaliados no dia 05 de maio de 2024, em uma das 220 cidades escolhidas no ato de inscrição, em dois turnos:

  • Manhã
    • nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais – 20 questões + prova discursiva de conhecimentos específicos do bloco (2h30 de duração)
    • nível médio: 15 questões de língua portuguesa + redação (2h30 de duração)
  • Tarde
    • nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos – 50 questões (3h30 de duração)
    • nível médio: provas objetivas – 45 questões (3h de duração)
Saiba mais sobre o Concurso Nacional Unificado: Editais publicados. Mais de 6 mil vagas!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais