7 motivos para fazer o concurso TJ SP | Nova Concursos

7 motivos para fazer o concurso TJ SP!

icone calendario 03 ago 2021

Atenção concurseiros! Com 845 vagas, o edital do concurso TJ SP  (Tribunal de Justiça de São Paulo) foi publicado. As oportunidades são para nível médio. As inscrições foram abertas nesta sexta. Confira 7 motivos para fazer o concurso!

Mais de 840 vagas para Escrevente

O concurso está com uma ótima oferta de vagas para Escrevente! São 845 oportunidades em um dos cargos mais conhecidos, necessários e requisitados no órgão.

O de São Paulo  é o maior Tribunal de Justiça do país. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), são 2.709 magistrados e 68.852 servidores no órgão, que inclui o de Escrevente.

Oportunidades para Nível Médio

Outro motivo que pode aumentar a procura pelas inscrições no concurso é que a exigência é apenas de nível médio.

Mas, por ter um conteúdo programático enxuto e objetivo em seus editais, o cargo conta também com uma remuneração inicial considerável, o que atrai também diversos candidatos com graduação superior.

Salário de Escrevente Técnico Judiciário SP

A remuneração básica para Escrevente conta com uma escala de dezoito classes e varia conforme a lotação do servidor.

A remuneração mais alta são para aqueles que atuam nos Gabinetes de Desembargador, para os servidores que auxiliam juízes de primeira instância.

  • Escrevente Técnico Judiciário de 1º Grau
    • Inicial: R$ 4.981,71
    • Final: R$ 5.624,12
  • Escrevente Técnico Judiciário de 2º Grau
    • Inicial: R$ 6.273,98
    • Final: R$ 6.916,39

Os profissionais podem ainda conquistar um adicional, caso tenha nível superior, pós-graduação, mestrado ou doutorado no currículo, de:

  • Nível superior: adicional de 5%
  • Pós-graduação: adicional de 7,5%
  • Mestrado: adicional de 10%
  • Doutorado: adicional de 12,5%

A progressão na carreira

Além da remuneração inicial, o tribunal de São Paulo conta com uma escala de remunerações para quem progride na carreira.

Vale destacar que, dependendo da necessidade do tribunal, muitos bacharéis em Direito acabam tomando posse já no cargo de Assistente Judiciário ou Jurídico.

  • Chefe de Seção do Poder Judiciário
    • Inicial: R$ 7.211,58
    • Final: R$ 7.614,66
  • Coordenador
    • Inicial: R$ 12.913,45
    • Final: R$ 13.556,00
  • Assistente Judiciário (formado em Direito que atua na 1ª Instância)
    • Inicial: R$ 7.212,75
    • Final: R$ 7.504,85
  • Assistente Jurídico (formado em Direito que atua na 2ª Instância – Gabinete)
    • Inicial: R$ 12.340,12
    • Final: R$ 12.972,22

Os benefícios além do salário

Outra coisa que chama atenção no concurso são os benefícios que os aprovados e contratados recebem, além dos salários, que são:

  • Adicional de qualificação (5% para nível superior; 7,5% para pós-graduação-lato sensu; 10% para mestrado; 12,5% para doutorado) – valor variável de R$ 249,08 a R$ 1.694,50
  • Auxílio creche: R$ 423,00 por filho (no máximo dois filhos: R$ 846,00)
  • Auxílio alimentação: 22 dias: R$ 1.056,00
  • Auxílio transporte: 22 dias: R$ 193,60
  • Auxílio saúde: R$ 336,00
  • Quinquênio: 5% a cada 5 anos
  • 6.ª parte: 1/6 ao completar 20 anos (art. 129, CF)
  • Tempo de Serviço: 30% após 30 completar 30 anos

Cargos vagos para Escrevente TJ SP

Segundo dados do Tribunal de Justiça de São Paulo, atualmente, 6.074 cargos estão vagos para a carreira de Escrevente, ou seja, um novo concurso é visto como urgente no tribunal.

Vale destacar que o tribunal de São Paulo é a maior força de trabalho e, por isso, um grande nicho de oportunidades em 56 Circunscrições Judiciárias pelo interior e cerca de 320 comarcas no Estado.

Tempo para estudos até a prova

Quem quer se organizar para os estudos, deve começar com a montagem de um quadro horário de estudos organizado. As provas do concurso devem ser aplicadas no segundo semestre, ou seja, há tempo para estudos.

Vale destacar que o quadro-horário é um assunto que todo mundo conhece, porém quase ninguém faz e, de quem faz, poucos cumprem. E é fundamental que você leve esse assunto a sério, tratando os estudos com profissionalismo e seriedade. 

Para iniciar a elaboração de um quadro-horário é bom elaborar antes um quadro geral, com a sua rotina semanal. Assim ficará mais fácil identificar os horários que possui livre para estudar.

A avaliação dos inscritos no concurso TJ de São Paulo  acontecerá por meio de duas etapas de seleção, sendo:

  • 1ª etapa – Prova Objetiva com 100 questões de:
    • Português
    • Penal
    • Processo Penal
    • Processo Civil
    • Constitucional
    • Administrativo
    • Normas da Corregedoria
    • Atualidades
    • Direito das Pessoas com Deficiência
    • Matemática
    • Informática
    • Raciocínio Lógico
  • 1ª etapa – Prova Prática (Digitação)
    • Duas atividades (formatação e digitação)

Veja abaixo um exemplo de um quadro em que pode te ajudar nos estudos para o concurso TJ SP:

Saiba como montar um plano de estudos eficiente para qualquer concurso, clicando aqui .

Saiba mais sobre o Concurso TJ SP 2021: Edital publicado com 845 vagas para Escrevente!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais