Pesquisar no blog

Novo edital ALES pode contar com vagas para Polícia Legislativa. Confira!

icone calendario 06 fev 2024

Um novo concurso Ales segue previsto para ser publicado em 2024 e a banca deve sair em breve. E o edital poderá contar com vagas para Policial Legislativo. Veja os detalhes!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunosClique aqui  e saiba mais!

Quando sai o edital do concurso ALES?

Ao que tudo indica, ainda no primeiro semestre de 2024 deve ser publicado o edital do concurso da Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

Entretanto, ainda não há uma data confirmada. Segundo o presidente da casa legislativa, deputado Marcelo Santos, a carreira de Policial Legislativo poderá estar contemplada.

Ainda segundo o deputado, a Ales está, neste momento, transformando um quadro de servidores em policiais legislativos e por isso poderá ser necessário ampliar o efetivo.

“Vai figurar, possivelmente, no concurso da Assembleia o policial legislativo”, destacou Marcelo Santos.

Ele ainda citou que já houve o convite às empresas interessadas na seleção e que, em breve, espera anunciar o nome da organizadora. O último, em 2011, foi organizado pelo Cebraspe .

“Estamos na fase de convidar as empresas que vão realizar o certame e tem uma novidade, já que poderemos incluir a polícia legislativa”, pontuou Marcelo Santos.

Por fim, em sua fala, o deputado ainda destacou a intenção de dar posse aos aprovados ainda neste ano, no segundo semestre de 2024.

“Eu gostaria de estar nomeando e dando posse aos novos concursados já no início do segundo semestre deste ano”, finalizou.

Quais os salários dos servidores da Ales?

A previsão repassada anteriormente, é que sejam ofertadas de 27 a 35 vagas para cargos de diversas especialidades. Por isso, confira os salários dos contratados pela Ales:

  • Técnico Legislativo Junior: R$ 2.877,82;
  • Técnico Legislativo Sênior: R$ 4.232,03;
  • Técnico em Tecnologia da Informação: R$ 4.232,03;
  • Técnico em Comunicação Social: R$ 4.232,03;
  • Taquígrafo Parlamentar: R$ 6.126,32;
  • Analista em Comunicação Social: R$ 6.126,32
  • Consultor Parlamentar Temático: R$ 8.571,63; e
  • Procurador 1ª Categoria: R$ 22.696,55

“O que posso dizer para os concurseiros é, se preparem! É um concurso que nós iremos realizar depois de 10 anos, muito importante para a Assembleia. Esse é um concurso que nós queremos qualificar ainda mais a prestação de serviço das comissões permanentes, são 18 comissões permanentes aqui na Casa”, falou Marcelo Santos em janeiro de 2024.

Quer saber de mais editais de concursos abertos no Espírito Santo? Clique e confira!

O que estudar para as provas do concurso ALES?

Portanto, como o novo edital ainda não saiu, quem quiser começar sua preparação pode usar editais passados como espelho.

Assim, a Assembleia Legislativa ES não realiza concursos para efetivos desde 2011, quando ofertou 141 vagas para várias carreiras.

Na época, então, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, com 60 questões.

Do total do quantitativo, 25 questões foram de conhecimentos básicos e 35 de conhecimentos específicos. Para procurador, houve também uma prova prática.

  • P1: Conhecimentos básicos (25)
    • Língua Portuguesa;
    • Noções de Informática; e
    • Organização do Poder Legislativo Estadual.
  • P2: Conhecimentos específicos (35).

Foram considerados aprovados aqueles que obtiveram nota igual ou superior a 30 pontos, com exceção dos interessados no cargo de Procurador que precisaram alcançar 36 pontos e ainda foram submetidos a uma prova prática.

Quais os salários?

Posteriormente, os salários dos aprovados variaram entre R$ 2.620,41 e R$ 8.570,80 para carga horária semanal de 30 horas.

Além disso, os servidores podiam contar com o benefício do Auxílio-Alimentação e os candidatos ao cargo de Procurador também possuíam Gratificação de Produtividade de até 20%.

Atualmente, a remuneração destes cargos podem variar entre R$2,8 mil e R$22 mil.

E os requisitos?

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares;
  • Ter, na data da posse, idade mínima de 18 anos completos;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Não ter sido demitido do Serviço Público Federal, Estadual ou Municipal, com impedimento de exercer função pública; e
  • Apresentar declaração de bens que constituem o seu patrimônio, declaração de que não acumula cargo, emprego ou função pública, ou proventos de inatividade.

Entretanto, os requisitos específicos para cada nível de escolaridade foram:

  • Nível médio/técnico
    • Curso médio profissionalizante; e/ou
    • Curso técnico na área de especialização.
  • Nível superior
    • Graduação na respectiva área.

Sobre a ALES

Assim, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo  segue composta pelos 30 deputados estaduais eleitos pelo voto dos cidadãos do Estado.

A ALES tem como atribuição a criação e aprovação de leis, a discussão de políticas públicas, bem como a fiscalização dos atos do Poder Executivo e do uso dos recursos públicos.

De acordo com a Constituição Estadual, cabe à Assembleia, com a sanção do governador, manifestar-se sobre matérias de competência do Estado referentes aos seguintes assuntos:

  • Tributos;
  • Orçamentos;
  • Programas estaduais;
  • Criação de municípios;
  • Organização administrativa dos poderes, instituições, secretarias e órgãos estaduais;
  • Criação e extinção de cargos, empregos e funções públicas e seus respectivos vencimentos; e
  • Exploração de serviços públicos.
Saiba mais sobre o Concurso ALES: Aprovado a criação da carreira de Polícia Legislativa!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais