Pesquisar no blog

PLOA 2022: Governo estuda aumentar valor de benefício de servidores. Saiba mais!

icone calendario 04 fev 2022

Com o PLOA 2022, governo estuda aumentar valor de benefícios dos servidores públicos, como vale-alimentação, com objetivo de amenizar a pressão por reajustes salariais.

Além disso, segundo informações o presidente Jair Bolsonaro aprovou a liberação de R$ 1,7 bilhão no orçamento deste ano exclusivamente para este fim. No entanto, ainda não há uma garantia de uso.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Visão geral sobre o PLOA 2022

Conforme Analistas do próprio Ministério da Cidadania, esse dinheiro que foi liberado seria insuficiente para pagar um aumento para todas as categorias do funcionalismo público de uma só vez.

Nesse sentido, o Palácio do Planalto teria um problema nessa história devido ao grande número de funcionários pedindo esse reajuste.

Desse modo, a ideia agora é usar esse dinheiro para pagar não um reajuste para esses servidores, mais sim um aumento no valor dos auxílios que eles recebem. Lembrando que os servidores públicos recebem alguns benefícios dentro dos seus salários.

Ou seja, no caso dos trabalhadores de nível federal, por exemplo, há um complemento de R$ 458 pago como vale-alimentação. Além disso, há também um adicional para os que possuem filhos com menos de 6 anos de idade. Eles recebem R$ 321 por mês.

O objetivo dessa ala do Governo Federal é atribuir um aumento para esses benefícios. Isso poderia acontecer para todas as categorias e não apenas para os policiais.

Contudo, ainda não é certo afirmar se essa ideia vai sair do papel porque o presidente Jair Bolsonaro ainda não deu nenhuma espécie de aval.

PLOA 2022: entenda o caso do aumento salarial

Anteriormente, no final do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro prometeu que iria pagar um aumento salarial para os servidores federais da área da segurança pública.

Após analistas afirmarem que essa é uma das áreas de apoio político do chefe de estado, foi gerado uma grande confusão. Isso porque trabalhadores de outras categorias também começaram a pedir por esses aumentos. Eles também querem ter  direito a um reajuste no salário.

Dessa forma, nas últimas semanas, centenas de servidores começaram a participar de protestos contra o Governo e caso o Planalto não conceder isso eles poderiam capitanear uma greve geral.

assinatura completa
Acompanhe nossas

redes sociais