Pesquisar no blog

SEDF divulga cronograma para nomeações. Mais de 3 mil professores convocados!

icone calendario 07 fev 2024

A Secretaria de Educação enviou o cronograma para nomeações do concurso SEDF até julho. O objetivo é zerar o cadastro de reserva; veja!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunosClique aqui  e saiba mais!

Quando saem as nomeações do concurso SEDF?

Até julho de 2024, mais de 3 mil candidatos devem ser convocados para posse após aprovação no concurso da Secretaria de educação do DF.

Isso porque a secretaria apresentou um cronograma de nomeações para o último concurso público, aberto em 2022.

Este cronograma citado já foi, inclusive, enviado ao Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), de acordo com nota publicada pelo Sindicato dos Professores (Sinpro DF).

Segundo a pasta, o objetivo é zerar o cadastro de reserva. Sendo assim, estão previstas nomeações em março e julho. Veja:

  • Março – 1.600 professores e 40 orientadores educacionais
  • Julho – 1.504 professores e 40 orientadores educacionais

Portanto, no total, serão nomeados 3.104 Professores e 80 Orientadores Educacionais. Lembrando que o envio do cronograma tinha sido determinado pelo conselheiro do TC DF, André Clemente Lara de Oliveira.

Novo edital do concurso SEDF está previsto para 2024?

De acordo com o secretário de Estado-Chefe da Casa Civil do Distrito Federal, Gustavo do Vale Rocha, um novo edital deve sim sair em 2024 para a secretaria.

Assim, sua fala foi dada no final do ano passado, repassada em reunião com a Comissão de Negociação do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF).

Entretanto, o número de vagas e especialidades ainda não foram revelados e ainda não houve nenhum andamento do edital.

Último concurso SEDF abriu mais de 4 mil vagas efetivas

O último concurso da SEDF, publicado em 2022, visava a contratação temporária de Professores na Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

Assim, a oferta total foi de 4.254 vagas, entre imediatas e cadastro reserva, nos cargos de professor de educação básica, gestor em políticas e gestão educacional e orientador educacional.

As carreiras exigem licenciatura na respectiva área ou bacharelado acrescido de complementação pedagógica em Programa Especial de Licenciatura (PEL) e registro no conselho de classe (em alguns casos).

Além disso, oferece salários iniciais de até R$ 4.941,71. Isso porque o valor é calculado proporcionalmente em razão do quantitativo de horas-aulas de efetivo exercício no mês.

Os contratados para atuar no turno diurno deverão cumprir jornadas de trabalho de 40h semanais, enquanto os contratados para atuar no turno noturno deverão cumprir jornadas de trabalho de 20h semanais.

Quer saber de mais editais de concursos abertos no Distrito Federal? Clique aqui!

Quais as atribuições básicas do cargo?

  • Participar da elaboração do Projeto Político Pedagógico – PPP da unidade escolar;
  • Contribuir para a promoção da igualdade entre os estudantes, considerando a diversidade, sem distinção de raça/etnia, de territorialidade, gênero, sexualidade, convicção política, filosófica ou religiosa, e condições sociais, físicas, intelectuais, sensoriais e comportamentais;
  • Zelar pela aprendizagem dos estudantes, estabelecendo estratégias e intervenções pedagógicas;
  • Executar as tarefas pedagógicas de registro da vida escolar do estudante, em instrumentos próprios definidos pela SEEDF, cumprindo os prazos fixados para entrega de documentos solicitados;
  • Ministrar as horas-aula e os dias letivos estabelecidos no Calendário Escolar;
  • Participar integralmente dos períodos dedicados à coordenação pedagógica, à avaliação e à formação continuada e a obrigatoriedade de realizar curso de formação continuada pela Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação – EAPE, sempre que convocado pela SEEDF;
  • Realizar a adequação curricular do estudante, quando necessário;
  • Assegurar tempos e espaços de reposição dos conteúdos curriculares ao longo do ano letivo aos estudantes com frequência insuficiente;
  • Elaborar planejamento das aulas e desenvolvê-lo em consonância com o Currículo da Educação Básica e demais documentos norteadores da SEEDF;
  • Avaliar os estudantes, de acordo com os critérios estabelecidos nas Diretrizes de Avaliação Educacional desta SEEDF; entre outras.
Saiba mais sobre o Concurso SEDF: Publicado o edital para Professores com vagas temporárias!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais