Concurso DPE MG: Principais informações sobre o cargo de Técnico, nível médio!

Iago Almeida

icone calendario 10 jul 2023

O edital do concurso DPE MG  está ofertando 85 vagas, sendo que 50 são para Técnico, com exigência de nível médio. Veja as principais informações da carreira e intensifique os estudos!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Concurso DPE MG: confira informações sobre o cargo de Técnico

Portanto, o concurso da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais está ofertando 50 vagas para a carreira de Técnico.

Como a carreira exige apenas o nível médio, muitos concurseiros vão à sua procura. Por isso, a seleção deve ser bem concorrida.

Lembrando que do total de oportunidades, 10% das vagas serão reservadas para pessoas com deficiência e 20% das vagas serão reservadas para pessoas negras.

Veja abaixo detalhes da carreira, como atribuições, requisitos, salários e o que estudar para as provas. Assim, você terá a chance de sair na frente do adversário da vaga!

Salários do Técnico

Assim, a remuneração inicial do cargo de Técnico da Defensoria Pública é de R$ 2.934,34, isso para uma carga horária de 40 horas semanais.

Além do salário inicial, os servidores ainda fazem jus ao auxílio alimentação de R$ 1.978,00.

Requisitos do Técnico

  • Ser de nacionalidade brasileira;
  • Ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, exceto se se tratar de pessoa emancipada;
  • Ter o nível de escolaridade mínima exigida para o ingresso nas carreiras, a ser comprovado mediante
  • apresentação de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou nível superior, dependendo do cargo pretendido, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério de Educação;
  • Estar no gozo dos direitos políticos e quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, atestada por perita ou perito oficial, não sendo, inclusive, pessoa com deficiência incompatível com as atribuições do cargo;
  • Ser considerada apta ou apto no exame admissional;
  • Ter idoneidade moral e conduta ilibada;
  • Ter registro e estar com a situação regularizada junto ao órgão de conselho de classe correspondente à sua formação profissional, quando for o caso;
  • Não ter sofrido condenação transitada em julgado por crime doloso à pena privativa de liberdade ou qualquer outra que seja incompatível com a função pública.

Atribuições do Técnico

  • Atividades que envolvam o suporte técnico e administrativo, documentação, informação jurídica, gestão de material e patrimônio, levantamento de dados, elaboração de relatórios, expedição e arquivamento de documentos e correspondências;
  • Atendimento ao público interno e externo;
  • Transporte de documentos e processos;
  • Trabalhos que exijam conhecimentos básicos e/ou específicos de informática e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas pela autoridade superior.

Vagas para Analista

Além da carreira de Técnico, o edital oferta 35 vagas de nível superior para a carreira de Analista, em várias especialidades. Portanto, veja:

  • Analista de Defensoria: 35 vagas
    • Assistente Social: 8 vagas
    • Administrador: 6 vagas;
    • Contador: 2 vagas;
    • Jurídico: 11 vagas;
    • Psicólogo: 8 vagas.

Já a carreira de Analista da Defensoria Pública oferece salários iniciais no valor de R$ 5.294,58, com exceção da especialidade de Assistente Social.

Neste caso, então, a remuneração é de R$ 3.970,93, em virtude da carga horária diferenciada que é de 30 horas semanais.

Como realizar a inscrição no concurso DPE MG?

Aqueles que desejam participar do concurso da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais devem realizar suas inscrições no site da Fundep,  banca organizadora.

Assim, o prazo começa apenas no dia 22 de agosto e se encerra no dia 20 de setembro de 2023. Será preciso ainda pagar uma taxa, que varia de valor, veja:

  • Técnico: R$ R$58,68
  • Assistente Social: R$ 79,41
  • Analista: R$ 105,89

Além disso, haverá isenção da taxa para os candidatos que se enquadrarem em uma das seguintes condições:

  • inscritos no Cadastro Único para Programas do Governo Federal – CadÚnico;
  • desempregados;
  • doadores de sangue, que tenham doado sangue em órgão oficial ou entidade credenciada pela União, pelo Estado ou por município, no mínimo duas vezes ao ano, por pelo menos dois anos.

Sendo assim, o pedido de isenção deverá ser realizado entre os dias 22 e 24 de agosto, também no site da banca. Não perca o prazo!

Como e quando serão as provas do concurso DPE MG?

Ademais, a seleção dos candidatos se dará mediante a aplicação de três etapas, sendo uma prova objetiva e avaliação de títulos, para todos os cargos, e prova discursiva, somente para o nível superior.

Posteriormente, as provas escritas serão aplicadas no dia 15 de outubro na cidade de Belo Horizonte/MG, em locais e horários a serem publicados no edital de convocação, posteriormente.

Assim, a prova objetiva para o cargo de Técnico terá duração de 4 horas e consistirá em 70 questões de múltipla escolha, acerca das seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa: 13 questões
  • Informática: 7 questões
  • Noções de Direito: 10 questões
  • Conhecimentos Específicos: 40 questões

Por outro lado, a prova objetiva para o cargo de Analista da Defensoria Pública terá duração de 5 horas e consistirá em 80 questões de múltipla escolha. Portanto, veja a estrutura:

Posteriormente, após homologada, a seleção terá prazo de validade de dois anos, podendo se prorrogar uma única vez, por igual período.

Saiba mais sobre o Concurso DPE MG: Edital publicado. 85 vagas de níveis médio e superior!

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais