Pesquisar no blog

Concurso PC AM: O que faz um Delegado?

icone calendario 20 dez 2021

Com editais publicados, concurso PC AM oferta 362 vagas em diversos cargos. Saiba o que faz um Delegado e corra para garantir sua vaga!

Além disso, vale ressaltar que do total de vagas ofertadas, o cargo de Delegado conta com 62 oportunidades.

Do mesmo modo, as outras vagas estão distribuídas da seguinte maneira: Investigador – 200 vagas; Perito – 38 vagas; P. Criminal – 27 vagas; Perito Legista – 8 vagas; e Perito Odontolegista – 3 vagas.

Saiba mais sobre um dos cargos que mais tem oferta de vagas, o de Delegado, e como se inscrever no concurso!

Concurso PC AM: Como realizar a inscrição?

Os interessados no concurso PC do Amazonas   poderão acessar o site da banca organizadora, Fundação Getúlio Vargas (FGV ) , para realizar suas inscrições. É importante apontar que as matrículas no certame serão aceitas a partir do dia 3 de janeiro até dia 1º de fevereiro de 2022.

Os inscritos deverão, ainda, pagar uma taxa de participação a fim de efetivar suas inscrições. Os valores variarão de acordo com o cargo, sendo R$ 180 para Investigadores e Escrivães, R$ 260 para Peritos e, por fim, R$ 280 para Delegados.

Haverá a possibilidade de anular esses valores ao fazer de um pedido de isenção de taxa entre os dias 03 e 05 de janeiro de 2022. 

Requisito para o cargo de Investigador do concurso PC AM

Primeiramente, para se tornar um Investigador da PC AM é necessário apresentar diploma de Formação Superior, bem como ser habilitado na categoria B da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Além disso, também será preciso cumprir os requisitos básicos da PC do Amazonas  para realizar a investidura no cargo:

  • Ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre os brasileiros e portuguesas, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos; O mesmo se aplica a outros indivíduos naturalizados;
  • Estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais e, se do sexo masculino, também com as militares;
  • Firmar declaração de não estar cumprindo e nem ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade por prática de improbidade administrativa, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
  • Apresentar declaração quanto ao exercício de outro(s) cargo(s), emprego(s) ou função(ões) pública(s) e sobre recebimento de proventos decorrentes de aposentadoria e pensão;
  • Apresentar declaração de bens e valores que constituam patrimônio;
  • Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
  • Firmar termo de compromisso de sigilo e confidencialidade das informações;
  • Ter aptidão para a carreira policial civil;
  • Não ter sido condenado à pena privativa de liberdade transitada em julgado ou qualquer outra condenação incompatível com a função pública;
  • Estar registrado e com a situação regularizada junto ao órgão correspondente à sua formação profissional, quando for o caso; e
  • Ter conduta civil compatível com o cargo policial civil pretendido, devidamente comprovada em investigação social à cargo da PCAM.

Atribuições da carreira de Delegado

Contudo, também conhecido como Autoridade Policial, o Delegado tem a função de comandar a investigação de crimes, desvendando delitos e com isso permitindo a responsabilização dos infratores.

A apuração das infrações penais é, via de regra, documentada em um inquérito policial.

Por fim, ao presidir o inquérito policial, o que o Delegado faz é coordenar os trabalhos, determinando quais diligências devem ser feitas, contra quem, onde e quando, para assim esclarecer os fatos de maneira imparcial.

Ademais, os Delegados ficam responsáveis, ainda, por:

  • Trabalho policial qualificado, que consiste em supervisionar, coordenar e controlar atividades policiais, que se referem a processamento de crimes e contravenções penais.
  • Apurar infrações penais e sua autoria, instaurando e presidindo inquéritos policiais que se iniciem na Polícia;
  • Exercer as atribuições previstas na legislação processual penal da competência da autoridade policial;
  • Determinar a realização de prova pericial, requisitando os exames necessários;
  • Prestar às autoridades judiciárias as informações necessárias à instrução e julgamento dos processos;
  • Realizar diligências requisitadas pela autoridade judiciária;
  • Proceder a investigações policiais para apuração
    de fatos, considerados infrações penais, atribuídos a menores;
  • Conceder e arbitrar fianças;
  • Representar acerca de prisão preventiva, insanidade mental do indiciado e da prisão temporária;
  • Efetuar o controle preventivo da conduta de menores adolescentes, determinando o cumprimento das normas de proteção
Saiba mais sobre o Concurso PC AM: Editais publicados com 362 vagas!
Acompanhe nossas

redes sociais