Pesquisar no blog

Concurso TJ MG: Edital iminente. Saiba o que estudar!

icone calendario 31 jan 2022

Um novo concurso TJ MG acontecerá em breve! Isso porque o certame já vem passando pelo processo de escolha da banca organizadora, de forma que são poucos os trâmites que ainda impedem a publicação do edital.

No dia 20 de janeiro foi publicado o edital de licitação para o processo de escolha da banca organizadora do concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Ademais, a sessão pública acontecerá na próxima terça-feira, 1º de fevereiro de 2022.

Além disso, com a publicação da dispensa de licitação também foi divulgado o projeto básico do edital, que informa alguns dos detalhes acerca do concurso público. Sendo assim, saiba o que estudar para a seleção!

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso TJ MG: situação atual

Portanto, o concurso TJ MG está atualmente passando pelo processo de escolha da banca organizadora do certame, de forma que a sessão pública de pregão eletrônico está agendada para o dia 1º de fevereiro.

Além disso, de acordo com o presidente do Tribunal, Gilson Lemes, a publicação do edital deve ocorrer entre os meses de março e abril.

Sendo assim, é importante que os concurseiros comecem a se preparar desde já por meio da análise das informações do projeto básico da seleção.

Vagas, cargos e remunerações

Em suma, o novo concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ofertará oportunidades para uma série de cargos de níveis médio e superior. Sendo assim, conheça cada uma das especialidades:

Oficial Judiciário – nível médio

  • Assistente Técnico de Controle Financeiro
  • Oficial de Justiça

Analista Judiciário – nível superior

  • Administrador
  • Analista de Tecnologia da Informação
  • Analista Judiciário
  • Assistente Social
  • Bibliotecário
  • Contador
  • Enfermeiro
    • Civil
    • Eletricista
    • Mecânico
  • Médico
  • Psicólogo
  • Revisor Judiciário

Além disso, o que se prevê é que os aprovados no concurso público contem com remunerações iniciais nos valores de R$ 2.986,57 para Oficial e R$ 4.677,09 para Analista.

Ademais, os contratados ainda possuirão possibilidades de progressão na carreira, bem como contarão com benefícios, tais como auxílio-alimentação de R$ 1.100,00 e auxílio-transporte no valor de R$ 150,00.

Concurso TJ MG: o que estudar?

Por fim, é essencial que os concurseiros interessados no concurso TJ MG saibam que serão avaliados por meio de provas objetivas e provas discursivas.

Sendo assim, confira quais disciplinas serão cobradas para cada uma das especialidades contempladas e esteja preparado para iniciar sua preparação:

Oficial Judiciário:

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Direito – 15 questões;
  • Noções de Informática – 05 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 05 questões.

É igualmente importante frisar que, para as carreiras de Analista Judiciário, os conteúdos a serem cobrados variam conforme a especialidade, sendo:

Analista de Tecnologia da Informação, Administrador, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Médico, Psicólogo e Revisor Judiciário:

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Direito – 15 questões;
  • Inglês Técnico – 05 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 05 questões.

Analista Judiciário (graduação em direito):

  • Língua Portuguesa – 20 questões;
  • Noções de Informática – 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 25 questões;
  • Raciocínio Lógico – 05 questões.

Ademais, as avaliações serão aplicadas nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Além disso, para uma boa preparação é essencial que os concurseiros adotem uma rotina de estudos, de forma a separar um momento diário de dedicação exclusiva ao concurso público.

Ademais, é importante que os candidatos descubram qual o mais eficiente método de estudo para si, uma vez que existem diversos modelos, tais como os mapas mentais, os resumos, as tabelas, entre outros.

É igualmente essencial a prática de exercícios físicos e uma alimentação mais rica em alimentos que estimulam a memória e a concentração, bem como boas horas de sono para a reposição das energias.

Assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso TJMG: Comissão organizadora definida!
Acompanhe nossas

redes sociais