Pesquisar no blog

Concursos FGV: 7 dicas para sair bem nas provas!

icone calendario 08 dez 2021

A Fundação Getúlio Vargas está a frente da organização de vários concursos públicos , alguns já publicados e outros previstos. Saiba dicas para se sair bem nas provas e veja os concursos que você pode participar!

Concursos FGV: dicas para provas com organização da fundação

Responsável por organizar vários concursos públicos , a Fundação Getúlio Vargas está a frente de vários certames que já foram publicados.

Entretanto, vários outros seguem previstos. Lembrando que cada banca tem um estilo de prova, o que faz com que os concurseiros se atentem à organização de cada concurso.

Por isso, veja abaixo sete dicas para fazer uma boa prova organizada pela Fundação Getúlio Vargas e inicie ou intensifique seus estudos.

Conheça a banca

A banca FGV é uma das principais bancas examinadoras brasileiras, sendo reconhecida especialmente pela elaboração das provas do Exame de Ordem (OAB) e de área de Tribunais, Jurídica, Fiscal, Administrativa e Policial.

Bastante temida, a FGV possui um forte caráter de “banca camaleão”, ou seja, costuma se adaptar de maneira quase intrínseca às especificações de cada órgão, resultando em um modelo de provas difícil de prever.

Por isso é importante que o concurseiro conheça a banca antes de mais nada, para que depois saiba o que fazer e onde pisar. Os principais pontos da banca são:

  • Modelo de questões: múltipla escolha, geralmente organizada em 5 itens;
  • Nível de cobrança: bem nivelado de acordo com o tipo de prova. Ainda assim, costuma ser reconhecida como uma banca examinadora complexa para os candidatos.
  • Distribuição de conhecimentos do edital: costuma abranger todo o edital, ainda que o número de questões para cada assunto varie.
  • Quantidade média de questões: 70 a 80 questões.
  • Enunciados: longos e complexos, com a utilização de termos técnicos e metafóricos.
  • Prova discursiva: pode ser estruturada em modelo de questões, com o máximo de 60 linhas para cada pergunta. Também pode incluir redações sobre tópicos contemporâneos, fortemente associados à política e economia.

Reforce o hábito de leitura

As provas organizadas pela FGV possuem como principal característica o tamanho das questões, que costumam trazer grandes textos.

A banca afirma que o enunciado longo serve para testar a capacidade de interpretação de texto do candidato e sua resistência mental e física.

Sendo assim, muito concurseiros se mostram exaustos com os textos. Entretanto, isso acontece pela falta de leitura constante na vida deles.

Por isso é importante que o concurseiro se atente à leitura. Isso será fundamental na prova de Língua Portuguesa, em que a compreensão dos textos será mais cobrada do que os conhecimentos gramaticais.  

Pratique provas anteriores

Praticar provas anteriores vale para todo e qualquer concurso, mas principalmente para os organizados pela FGV.

Assim, o concurseiro conseguirá se familiarizar com os “Golias” criados pela banca nos certames.

Diversas provas produzidas pela Fundação Getúlio Vargas podem ser encontradas. Mas, dê preferência pelas provas de concursos voltados para a mesma área.

Faça simulados

Muito importante para quem está estudando para concursos é realizar simulados, pois eles ajudam a saber o seu grau de conhecimento e o que precisa ser mais estudado.

Assim, reserve um dia da semana (até dois dias, quando as provas estiverem mais próximas), para fazer simulados focados nessa banca.

Quanto mais o concurseiro exercitar por meio de simulados e provas anteriores, mais ele estará preparado para enfrentar as longas questões da FGV quando for para valer.

Informe-se das atualizações de conteúdos

Nenhum concurseiro se sai bem se não estiver atualizado. E em provas da FGV, alguns conteúdos se repetem.

Entretanto, a cautela é necessária, uma vez que vários assuntos costumam ter atualizações em conteúdos.

Exemplos são os assuntos da área de Direito, seja Penal, Constitucional ou Administrativo, que passam por recorrentes atualizações e mudanças.

Assim, é preciso que o concurseiro esteja por dentro de tudo dela, antes de se basear sobre o que foi cobrado do mesmo assunto na prova anterior.

Se atente ao perfil de cada disciplina

É muito importante ainda que os concurseiros esperem questões de níveis elevados, uma vez que os enunciados são grandes.

Assim, é preciso se atentar às especialidades que a banca usa em cada disciplina a ser cobrada.

Por exemplo, a prova de Língua Portuguesa vai muito além das regras gramaticais, exigindo que o concorrente leia e interprete o que aquele enunciado quer dizer.

Sendo assim, recomenda-se revisar figuras de linguagem, gêneros textuais, regras de sintaxe, entre outras.

Assim, os concurseiros devem se atentar às disciplinas, procurar o que cada uma irá cobrar e intensificar os estudos.

Cuidado com as pegadinhas

Devido à complexidade dos seus enunciados, a Banca FGV confunde os candidatos com muita frequência, levando-os a cair nas famosas pegadinhas, que muito deixam a mente confusa.

Assim, é essencial ler cada um dos itens com atenção, prestando atenção a palavras chaves como “Nunca”, “Sempre” e termos generalistas relacionados que costumam estar associados a alternativas erradas.

Concursos FGV: previstos e abertos

Diversos concursos com a organização da Fundação Getúlio Vargas já estão com editais publicados, enquanto outros seguem previstos. Confira alguns abaixo!

Concurso PM AM

Foi publicado o edital do concurso PM AM  (Polícia Militar do Amazonas) com a oferta de 1.350 vagas, sendo 1.000 para Soldado e 350 para Oficial. Candidatos devem ter até 35 anos para inscrição! Os interessados terão até o dia 4 de janeiro para realizar a inscrição, por meio do site da FGV .

Concurso SSP AM

Foi publicado o edital do concurso SSP AM  (Secretaria de Segurança Pública do Amazonas). São ofertadas 150 vagas para cargos dos níveis médio e superior. Os salários chegam a R$ 2,7 mil. Inscrições poderão ser realizadas até o dia 11 de janeiro por meio do site da FGV

Concurso Bombeiros AM

O edital do concurso Bombeiros AM foi publicado com a oferta de 453 vagas de níveis médio e superior, para os cargos de Soldado e 2° Tenente. A primeira retificação já foi até publicada . As inscrições vão até 04 de janeiro de 2022, pelo site da organizadora, FGV .

Concurso Sefaz ES

Foi publicado o edital do concurso Sefaz ES ! A seleção conta com 14 vagas de Consultor do Tesouro, que tem nível superior. O edital confirma que haverá um cadastro de reserva de até 100 candidatos. As inscrições seguem até dia 9 de dezembro por meio do site da FGV .

Concurso TCU

As inscrições do concurso TCU 2021  para Auditor Fiscal já estão abertas. São 20 vagas imediatas na disputa e a prova objetiva está marcada para 13 de março de 2022! As inscrições seguem até o dia 20 de dezembro pelo site da FGV .

Concurso Sefaz BA

Concurseiros que aguardam o concurso Sefaz BA , atenção! Foi publicado o resumo do contrato com a banca organizadora, a FGV. Sendo assim, o edital já pode ser publicado a qualquer momento. Previsão é para 49 oportunidades para o cargo de Agente de Tributos Estaduais.

Concurso EPE

Um novo concurso EPE  será realizado e o certame já conta com banca organizadora definida, a FGV. Ademais, a seleção é aguardada desde 2017. Ainda não foram revelados detalhes da seleção.

Acompanhe nossas

redes sociais