O que faz o Agente Administrativo da Polícia Federal | Nova Concursos

O que faz o Agente Administrativo da Polícia Federal (PF)?

icone calendario 13 Maio 2021

Atenção concurseiros que aguardam ansiosamente pelo novo concurso Polícia Federal (PF) de nível médio! O certame para o cargo de Agente Administrativo está cada vez mais próximo.

A boa nova está no reenvio de um pedido de concurso ao Ministério da Economia que conta com mais 55 vagas em relação ao último pedido, totalizando 557 vagas solicitadas.

Confira o que o cargo desempenha na instituição e entre para a Polícia Federal!

O que faz um Agente Administrativo da PF?

O Agente Administrativo (ADM) não trabalha na investigação policial. As áreas de atuação do ADM são, por exemplo, RH, patrimônio, financeiro, licitações e contratos dentre outras.

São diversos os locais onde o ADM poderá atuar, alguns exemplos são em delegacias de migração (DELEMIG), fazendo a emissão de passaporte; atuando junto aos Peritos. Também, a Delegacia de Controle de Armas e Produtos Químicos possui servidores administrativos, apoiando o processo de concessão de porte de arma.

O que é preciso para prestar o concurso?

Para concorrer ao cargo de Agente Administrativo da PF o nível de escolaridade exigido é o ensino médio completo, ou antigo 2º grau.

Quanto ganha um Agente Administrativo PF?

Atualmente o salário para o cargo de Agente Administrativo da PF é composto de vencimento básico (R$ 2.043,17) + GDATPF.

A gratificação é paga por produtividade. A avaliação é anual e chega a até 100 pontos. Cada ponto equivale a R$ 22,12, ou seja, o máximo da gratificação é de R$ 2.212,00.

Os servidores recebem ainda R$ 458,00 de auxílio alimentação.

Em 2017 a remuneração total, somando remuneração e auxílio alimentação, era de R$ 5.204,16.

Jornada de trabalho

A jornada dos ADM é de 40 horas semanais, de segunda a sexta (8 horas diárias).

O órgão trabalha ainda com banco de horas. Portanto é possível compensar horas trabalhadas.

Último concurso PF

O último concurso para o setor administrativo foi realizado em 2014.

A organização ficou por conta da banca Cespe. Em 2014 o edital contemplou apenas o cargo de Agente com 600 vagas. Já em 2011 foram 1.200 vagas distribuídas entre os cargos de Delegado, Perito, Agente novamente, Papiloscopista e Escrivão.

Como foi a última prova?

Para o cargo de Agente Administrativo da Polícia Federal (nível médio) foram cobradas as seguintes disciplinas:

Conhecimentos Básicos (50 questões): Português, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Atualidades, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional.

Conhecimentos Específicos (70 questões): Noções de Administração Pública, Noções de Administração Financeira e Orçamentária, Noções de Gestão de Pessoas nas Organizações, Noções de Arquivologia, Noções de Administração de Recursos Materiais, Legislação Aplicada á Polícia Federal.

Interessante salientar que os candidatos não passaram por prova discursiva e nem teste físico.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal: 557 vagas para área Administrativa!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais