Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso AGEPEN AL: Novo certame terá oferta de 250 vagas!

O novo concurso AGEPEN AL deve acontecer ainda em 2020. A estimativa acontece após uma ação do Ministério Público do estado determinar a demissão dos funcionários que não ingressaram no serviço por meio de concurso público. Fora isso, Renan Filho, governador de Alagoas, já havia anunciado em 2019 que o concurso iria ofertar 250 vagas p...

Status do concurso: Previsto

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

O novo concurso AGEPEN AL deve acontecer ainda em 2020. A estimativa acontece após uma ação do Ministério Público do estado determinar a demissão dos funcionários que não ingressaram no serviço por meio de concurso público.

Fora isso, Renan Filho, governador de Alagoas, já havia anunciado em 2019 que o concurso iria ofertar 250 vagas para o cargo de Agente Penitenciário.

Alterações no plano de carreiras

A última alteração no Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios aconteceu em janeiro de 2019, elevando o piso salarial para R$ 3.800,00.

Os salários ofertados pela AGEPEN AL seguem o modelo:

Para garantir a progressão na carreira, é necessário ter um aproveitamento mínimo de 70% na Avaliação de Desempenho e participação nos cursos integrantes do Plano de Qualificação Profissional. Confira como é feita a progressão na carreira AGEPEN de Alagoas:

Vagas AGEPEN AL

O certame irá ofertar 250 vagas, todas para o cargo de Agente Penitenciário.

Vale lembrar que no último levantamento realizado, em junho de 2019, havia um déficit de 580 Agentes Penitenciários. Por lei, o estado deveria ter pelo menos 1.200 servidores, sendo que apenas 620 estão contratados. Destes 550 atuam em escala de plantão e os outros 70 realizam atividades administrativas.

O que faz um Agente Penitenciário de Alagoas?

  • Zelar pela disciplina e Segurança dos presos, evitando fugas e conflitos;
  • Fiscalizar o comportamento da população carcerária, observando os regulamentos e normas em vigor;
  • Providenciar a necessária assistência aos presos, em casos de emergência;
  • Fiscalizar a entrada e saída de pessoas e veículos nas Unidades Prisionais;
  • Verificar as condições de segurança da Unidade em que trabalha;
  • Elaborar relatório das condições da Unidade;
  • Fazer triagem de presos de acordo com a Lei de Execução Penal;
  • Conduzir e acompanhar, em custódia, os presos entre as Unidades prisionais Integradas do Complexo Penitenciário do Estado de Alagoas e, em casos emergenciais, aos deslocamentos para fora do referido Complexo Penitenciário, com o auxílio da Policia Militar, para melhor segurança do trabalho;
  • Realizar trabalho em grupos e individuais com o objetivo de instruir os presidiários, neles incutindo hábitos de higiene e boas maneiras;
  • Encaminhar solicitações de assistência médica, jurídica, social e material ao preso;
  • Articular-se com a autoridade competente, objetivando melhor cumprimento das normas e rotinas de segurança;
  • Desenvolver atividades que visem à ressocialização do preso;
  • Programar atividades de formação cívica, ética, social, religiosa, cultural e profissional do preso, desenvolver ações com vistas a despeitar no preso o senso de responsabilidade, dedicação no cumprimento dos deveres sociais, profissionais e familiares;
  • Executar outras atividades correlatas.

Requisitos para tomar investidura no cargo

  • ser brasileiro nato ou naturalizado, ou, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelos Decretos nº 70.319/72 e nº 70.436/72;
  • estar quite com as obrigações eleitorais, para candidatos de ambos os sexos, e quite com as obrigações militares para os do sexo masculino;
  • ter idade mínima de 18 (dezoito) anos;
  • comprovar no ato da posse a escolaridade mínima;
  • estar apto, física e mentalmente, para o exercício do cargo para o qual concorre, não sendo portador de deficiência incompatível com a atribuição do cargo.

Lotação AGEPEN AL

Os aprovados no concurso AGEPEN AL são lotados em 10 penitenciárias, sendo 9 em Maceió e 1 no interior, em Girau do Ponciano.

Maceió

  • Casa de Custódia da Capital;
  • Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy;
  • Colônia Agroindustrial São Leonardo
  • Núcleo Ressocializador da Capital;
  • Penitenciária de Segurança Máxima;
  • Presídio Baldomero Cavalcanti de Oliveira;
  • Presídio Cyridião Durval e Silva;
  • Presídio de Segurança Máxima;
  • Presídio Feminino Santa Luzia.

Girau do Ponciano

  • Presídio do Agreste

Último concurso AGEPEN AL

O último concurso AGEPEN AL aconteceu no ano de 2006, sob a responsabilidade da FADURPE – Fundação Apolônio Salles. Foram ofertadas 1.200 vagas, sendo 900 para o sexo masculino e 300 para o sexo feminino. Curiosamente, apenas 872 vagas foram preenchidas.

Provas AGEPEN AL 2006

Os candidatos foram avaliados mediante provas objetivas, no valor total de 100 pontos. Foram 100 questões, seguindo o modelo:

  • Língua Portuguesa: 20 questões;
  • Matemática: 10 questões;
  • Informática: 5 questões;
  • História Geral e do Brasil: 10 questões;
  • História de Alagoas: 10 questões;
  • Geografia Geral e do Brasil: 10 questões;
  • Geografia de Alagoas: 10 questões;
  • Cidadania e Legislação: 25 questões.

Para ser considerado classificado, era necessário atingir 50% do total da prova.

Confira o conteúdo programático:

Língua Portuguesa: Gêneros textuais. Análise e compreensão de textos, para identificar, entre outros aspectos: o tema ou a idéia global do texto ou, ainda, o tópico de um parágrafo; o argumento principal defendido pelo autor; o objetivo ou a finalidade pretendida; a síntese de seu conteúdo global; a função (referencial, expressiva, apelativa) que desempenham; os elementos que compõem uma narrativa (espaço, tempo, personagem principal, personagens secundários, conflito, solução); características de fábulas e histórias em quadrinhos; características do texto poético; a fidelidade de paráfrases a seus segmentos de origem; informações explícitas e implícitas presentes no texto; relações semânticas (causalidade, temporalidade, conclusão, comparação, finalidade, oposição, condição, explicação, adição) estabelecidas entre parágrafos, períodos ou orações; elementos seqüenciadores que asseguram a continuidade do texto; relações de sentido entre palavras (sinonímia, antonímia, hiperonímia e relações de parte/todo); usos metafóricos e metonímicos das palavras e expressões; marcas típicas da oralidade informal. O preconceito lingüístico: variações dialetais e de registro. Morfossintaxe: processos de formação de novas palavras; significado de radicais, prefixos e sufixos; neologismos e empréstimos de palavras estrangeiras; colocação das palavras na oração; regência e concordância verbal e nominal. princípios da norma padrão escrita: ortografia, acentuação gráfica, pontuação.

Matemática: Conjuntos numéricos: Números Naturais e Números Inteiros: divisibilidade, máximo divisor comum e mínimo múltiplo comum, decomposição em fatores primos. Noção elementar de números reais: operações e propriedades, relação de ordem, valor absoluto, desigualdades. Porcentagem, juros simples e regras de três. Seqüências, progressões aritméticas, progressões geométricas, noção de limite de uma seqüência, soma da série geométrica, representação decimal de um número real. Combinatória e probabilidades: Problemas de contagem: arranjos, permutações e combinações. Probabilidade: distribuição de probabilidades, probabilidade condicional e eventos independentes. Estatística: distribuição de freqüência (média e mediana); medidas de dispersão (variância e desvio-padrão). Sistemas lineares. Sistemas lineares: resolução e discussão. Matrizes: operações e aplicações a sistemas lineares. Funções. Noção de Função. Gráficos. Funções crescentes e Funções Decrescentes. Máximos e mínimos. Funções lineares, afins e quadráticas. Funções exponenciais e logarítmicas e aplicações a juros simples e compostos. Geometria: Figuras geométricas planas: polígonos e a circunferência. Relações métricas nos polígonos e na circunferência. Resolução de triângulos e trigonometria. Áreas de polígonos, círculos e partes do círculo. Figuras geométricas espaciais: poliedros regulares, prismas, pirâmides, cilindros, cones. Cálculo de áreas e volumes. destes sólidos. Esfera, superfície esférica e partes da esfera: cálculo de áreas e volumes. Semelhança de figuras planas e espaciais. Razões entre comprimento, áreas e volumes.

Informática: Ferramentas e aplicações de informática, sistema operacional Windows. Processador de texto e planilha eletrônica. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet e intranet. Procedimentos, aplicativos e dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup). Procedimentos básicos de segurança da informação.

História Geral e do Brasil: O Processo de Sedentarização na Antiguidade Ocidental. As transformações derivadas da Revolução Agrícola no Oriente Médio, Índia e China; Politeísmo e monoteísmo na formação das sociedades do Egito, da Mesopotâmia e do Oriente Próximo. Sociedade e trabalho na Antiguidade Clássica. A formação das cidades – Estado e suas contradições; As lutas sociais no mundo greco–romano; Grécia e Roma: as raízes culturais do mundo ocidental – a helenização. A Europa Feudal: O Feudalismo e as relações sociais servis; A Igreja e a hegemonia política, econômica e cultural; A dinamização da sociedade urbana. As sociedades modernas; A Reforma Protestante. O Estado Absolutista. A expansão comercial e marítima européia. O Mercantilismo. Primeiros passos da colonização portuguesa. A economia açucareira. A pecuária nos sertões. Extrativismo vegetal e mineral. Escravidão e resistência. Colonizações Espanhola, Inglesa, Holandesa e Francesa na América. As revoltas no Brasil Colonial: Palmares, Beckman, Emboabas, Mascates, Vila Rica, Inconfidência Mineira, Conjuração Baiana. A independência das colônias americanas: Brasil e Estados Unidos. As revoluções burguesas na Inglaterra e na França; A primeira e a segunda Revolução Industrial. A Revolução Francesa. A era napoleônica. O século XIX na História do Brasil As revoluções de 1830,1848 e 1871 na Europa. O Segundo Reinado no Brasil. Abolição. República. Dinâmica e funcionamento das sociedades industriais contemporâneas. Capitalismo e imperialismo: A partilha da Ásia e da África. Intervenções estatais na economia: New Deal -EUA/1929 e planos qüinqüenais na URSS. A industrialização no Brasil: na Era Vargas, no período JK e na Época do “Milagre Brasileiro“. Urbanização e trabalho no século XX na América Latina e no Brasil. Lutas operárias no Brasil no início do Século XX. Trabalhismo e populismo na Era Vargas. Populismo na América Latina: Argentina e México. A reorganização dos movimentos sindicais no Brasil nos Anos 70: o novo sindicalismo. Economia e sociedade no Pós – Guerra. Processo de industrialização e as novas tecnologias. Formação de blocos econômicos na nova divisão internacional. A Guerra Fria. Cidadania, movimentos sociais e questões étnicas a partir de 1960. As lutas pela conquista dos direitos civis nos EUA. Apartheid. Europa nos anos 60: Paris 1968 e a “Primavera de Praga”. Cultura e participação nos anos 60 no Brasil. A questão do negro e da violência urbana no Brasil atual. O movimento feminista. Militarismo e autoritarismo na América Latina. Golpe civil – militar de 1964 e a Doutrina de Segurança Nacional e Desenvolvimento. Governos militares na América Latina nas décadas de 70 e 80. Os movimentos de oposição ao regime militar: luta pela anistia, “Diretas já” e movimentos sociais urbanos. Tensões que envolvem o uso e a posse da terra na História do Brasil. A Lei de Terras de 1850. A transição da mão – de – obra escrava para o trabalho livre no Brasil do século XIX. O Êxodo Rural e as relações de exploração e expropriação do Trabalhador Rural no Brasil Atual. A questão da Reforma Agrária e os Movimentos Sociais no campo no Brasil atual.

História de Alagoas: A colonização em Alagoas. O ciclo do açúcar. A invasão Holandesa. Reflexos das revoltas no Brasil Colônia em Alagoas. Quilombo dos Palmares. Alagoas no Primeiro e Segundo Reinado. A História de Alagoas no período republicano.

Geografia Geral e do Brasil: A Geografia como conhecimento científico. O objeto de estudo da Geografia: o espaço geográfico. As diversas áreas da Geografia. Aplicações da Geografia. O planeta Terra. Os principais movimentos da Terra e suas conseqüências geográficas. As representações cartográficas. A estrutura interna da Terra e suas principais características. As placas litosféricas. As interações natureza-sociedade. A questão ambiental. A atmosfera terrestre. As camadas da atmosfera. A dinâmica da atmosfera. Os elementos e fatores responsáveis pela diversificação climática. Os tipos de climas e suas influências sobre a cobertura vegetal. Problemas ambientais atmosféricos. O relevo terrestre: fatores endógenos e exógenos. Os diversos tipos de relevo. As rochas e os solos. Problemas ambientais geomofologicos. Os recursos hídricos e sua utilização pelo homem. Oceanos, mares, lagos e rios: principais características. Transposição do Rio São Francisco. A população mundial: conceitos fundamentais, dinâmica e distribuição espacial. População e meio ambiente. Migrações, xenofobia. As desigualdades de desenvolvimento econômicosocial no mundo. O modo de produção capitalista. As experiências socialistas no mundo. As transformações do Leste europeu. As áreas de economia subdesenvolvida. As áreas de economia desenvolvida. Os blocos econômicos e a formação dos grandes mercados. A globalização e seus efeitos sobre o espaço geográfico. Conflitos do Oriente Médio. O espaço brasileiro. Os principais aspectos do quadro natural. A evolução do povoamento e a imigração estrangeira no país. A dinâmica populacional. Características do processo de urbanização. O espaço agrário: condicionantes naturais e socioeconômicos que influenciaram a agropecuária nacional. Os problemas agrários brasileiros, territórios, quilombos e indígenas. As atividades industriais. As fontes de energia. O comércio e os serviços. Os transportes e as comunicações. A organização regional no Brasil. As principais características naturais e socioeconômicas das grandes regiões brasileiras. A organização dos poderes no Brasil. A ordem econômica e financeira do Brasil.

Geografia de Alagoas: Aspectos geográficos do Estado de Alagoas.

Cidadania e Legislação: Declaração Universal dos Direitos Humanos (adotada e proclamada pela Resolução 217-A (III) – da Assembléia Geral das Nações Unidas, em 10 de dezembro de 1948). Constituição Federal. Direitos e garantias fundamentais: direitos e garantias individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos. Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de Governo. Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública. Lei Estadual nº 5.247 de 26 de julho de 1991 (Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado de Alagoas) e suas posteriores atualizações. Lei n.º 8.429, de 2/6/92, publicada no DO de 3/6/92 (dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). Lei de Execução Penal (Lei n.º 7.210/84). 6. Estatuto do Desarmamento (Lei n.º 10.826/03).

Acompanhe nossas

redes sociais