Pesquisar no blog

Concurso ALESC: Comissão formada. 29 vagas para Analista Legislativo!

Boas notícias para os concurseiros! Um novo concurso ALESC (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina) pode ser realizado ainda este ano. Isso porque a comissão organizadora do certame foi formada.

Além disso, são previstas cerca de 29 oportunidades de nível superior para o cargo de Analista Legislativo. Sendo assim, se você se interessa pela nova seleção, confira a seguir todos os detalhes!

 

Concurso ALESC: situação atual

Portanto, antes de mais nada é essencial recordar que um novo concurso ALESC foi autorizado em 2020, mas não contou com trâmites sendo avançados por conta da pandemia do COVID-19.

Além disso, novas movimentações rumo a publicação do edital ocorreram recentemente, com a formação de uma comissão organizadora que deverá iniciar os preparativos da nova seleção.

Sendo assim, conheça os membros do grupo formado:

  • Luciana Garcia Winck – presidente;
  • Fabio Matias Polli;
  • Nadiesda Ghizzo Schmidt;
  • Aline Covolo Ravara;
  • Elias Amaral dos Santos.

 

Nesse sentido, a comissão é responsável por elaborar o projeto básico do edital, que será de grande utilidade para o processo de escolha e contratação da banca organizadora do certame.

Ademais, a empresa escolhida será a responsável por receber as inscrições dos candidatos e por viabilizar e aplicar as etapas avaliativas da seleção, como as provas objetivas.

Portanto, é apenas após a contratação da banca organizadora que o edital do novo concurso poderá ser publicado, de forma que o que se espera é que isso aconteça ainda em 2022.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Vagas, cargos e salários

Sendo assim, o que se prevê é que o novo concurso da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina ofereça 29 oportunidades de nível superior para o cargo de Analista Legislativo, em diferentes especialidades.

Entretanto, ainda são poucos os detalhes revelados acerca da nova seleção, de forma que novidades poderão ser divulgadas em breve.

Ademais, tomando como base o último concurso, realizado em 2009, os salários recebidos pelo cargo de Analista eram os de R$ 2.785,21, além do auxílio-alimentação de R$ 927,00. Entretanto, após tantos anos, é certo que tais valores já passaram por reajustes.

Último concurso ALESC

Nesse sentido, o último concurso ALESC foi realizado em 2009 sob a organização da FEPESE (Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos). Ademais, foram ofertadas na época 56 oportunidades para os cargos de Técnico e Analista Legislativo.

Sendo assim, confira as especialidades contempladas por cada uma das carreiras:

Técnico Legislativo (nível médio)

  • Comunicação Social – Operador de som
  • Comunicação Social – Operador de TV
  • Tecnologia da Informação – Programador
  • Tecnologia da Informação – Técnico em hardware
  • Comunicação Social – Operador de estúdio
  • Comunicação Social – Técnico legislativo

 

Analista legislativo (nível superior)

  • Tecnologia da Informação – Analista de Sistemas
  • Comunicação Social – Jornalista

 

Além disso, as remunerações recebidas pelos aprovados da época possuíam os valores de R$ 1.198,85 para Técnico e R$ 2.785,21 para Analista, sem conta o auxílio-alimentação no valor de R$ 927,00, auxílio-saúde e auxílio-educação.

Atribuições

É igualmente importante que os concurseiros saibam que algumas das atribuições das carreiras ofertadas pelo edital de 2009 eram:

Técnico Legislativo

  • Executar trabalhos de digitação de textos e de planilhas;
  • Elaborar minutas de ofícios, certidões, declarações, sinopses e demais documentos;
  • Redigir atas e efetuar a sua correção;
  • Registrar e organizar os dados necessários à elaboração da folha de pagamento;
  • Executar atividades de controle de entrada e saída de materiais;
  • Registrar e atualizar o tombamento do material permanente;
  • Organizar os processos, anexar documentos e encaminhar para análise e decisão

 

Técnico Legislativo – Operador de Estúdio e Rádio

  • Gravar e editar áudio digital;
  • Montar programas de rádio em áudio digital, utilizando meio computacional;
  • Operar programas de computador para tratamento de áudio; e
  • Programar as emissões de rádio via Internet.

 

Analista Legislativo – Jornalismo

  • Redigir notícias e promover a divulgação das atividades desenvolvidas pela Assembleia Legislativa;
  • Organizar e coordenar entrevistas;
  • Divulgar através do órgão de imprensa os trabalhos e atos de interesse da Assembleia Legislativa e dos Deputados;
  • Fazer seleção, revisão e preparo definitivo das 3 matérias jornalísticas a serem divulgadas em jornais, revistas, rádio, televisão e Internet, assessoria de imprensa e quaisquer outros meios de comunicação com o público.

 

Etapas avaliativas

Ademais, vale destacar, por fim, que os candidatos do último concurso ALESC foram avaliados por meio de provas objetivas e, no caso de nível superior, avaliação de títulos.

Nesse sentido, durante as provas objetivas os inscritos responderam a questões acerca de Língua Portuguesa, Aspectos Históricos, Geográficos, Econômicos e Sociais, Noções de Direito e Estudos Sociais, além de Conhecimentos Específicos.

Sobre a ALESC

História do Legislativo Catarinense começa no longínquo dia 12 de agosto de 1834, quando as Assembleias Legislativas Provinciais foram criadas, substituindo os Antigos Conselhos Gerais. O número de deputados era fixado de acordo com a densidade populacional. Como Santa Catarina figurava entre as províncias de pequeno porte, a representação ficou com apenas vinte legisladores. Esse número prevaleceu durante 47 anos, ou seja, até 1881, quando a Lei número 3.039 aumentou a representação para vinte e dois deputados, e posteriormente para quarenta deputados em meados dos anos 50. A eleição ocorreu pela primeira vez em 09 de novembro de 1834, para o mandato que terminaria em 1837.

A instalação, como nas demais províncias, aconteceu em 1º de março de 1835. Quanto ao local onde funcionou pela primeira vez o Legislativo Catarinense, os dados históricos são contraditórios.

Finalmente, em 17 de setembro de 1910, o então Governador Gustavo Richard (nome da atual avenida que ladeia os fundos do atual prédio da Assembleia), inaugurava a primeira sede do Legislativo Catarinense. Mas, uma espécie de “Karma de Aluguel” acompanhava o Poder. Em 16 de setembro de 1956, faltando um dia para completar 46 anos de inauguração, o prédio foi devorado por um incêndio que não só o destruiu, como à maior parte dos documentos, espelho de uma tradição de 125 anos.

Voltou, então, o Legislativo a hospedar-se num quartel, dessa vez, o da Polícia Militar do Estado, depois de uma brevíssima passagem pelo Teatro Álvaro de Carvalho. Permaneceu no quartel durante 14 anos e, em 14 de dezembro de 1970, o então Governador Ivo Silveira inaugurou a segunda sede do Poder Legislativo, situada na atual rua Jorge Luz Fontes, número 310, em frente à Praça da Bandeira, onde está devida e espaçosamente instalado.

Missão

Representar a sociedade catarinense, promovendo o estado democrático de direito.

Visão

Ser referencial de excelência na representação da sociedade.

Valores

Ética, honestidade, igualdade, liberdade de expressão, respeito e transparência.

 

Acompanhe nossas

redes sociais