Pesquisar no blog

Novo concurso Câmara de Criciúma SC conta com edital publicado e oferta de vagas para cargos de nível superior.

As oportunidades são para dois cargos, sendo cada um com uma vaga efetiva e para provimento imediato.

Como realizar a inscrição para o concurso Câmara de Criciúma – SC?

Os interessados já podem realizar as inscrições que foram abertas no dia 13 de outubro e vão até as 16h do dia 11 de novembro de 2021.

Para participar, basta acessar o site da Unesc , a organizadora do certame. O candidato deverá preencher todos os dados para cadastro, de forma correta e atualizada.

Em seguida, será preciso imprimir o boleto bancário e quitar a taxa de R$ 100,00, obrigatória e comum a todos os cargos. O pagamento deve ser feito até o último dia de inscrição.

Já a isenção da taxa poderá ser solicitada por doadores de sangue e de medula óssea. O prazo para solicitar vai até o dia 27 de outubro.

Concurso Câmara de Criciúma – SC: carreira

Vagas e remuneração

Câmara de Criciúma, município de Florianópolis, capital de Santa Catarina oferta ao todo 2 vagas, sendo 1 para o cargo de Auditor Contábil e 1 para Tesoureiro, ambos de nível superior, sendo elas:

  • Auditor Contábil – uma vaga
  • Tesoureiro – uma vaga

 

Em ambos, o salário inicial é de R$ 10.361,60. De acordo com o edital, os servidores fazem jus a vale-alimentação de R$ 380,00 e contam com plano de carreira. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Requisitos básicos

  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse.
  • Não ter sido demitido por ato de improbidade ou exonerado – a bem do serviço público, mediante decisão transitada em julgado em qualquer esfera governamental.
  • Não possuir vínculo com qualquer órgão ou entidade da Administração Pública que impossibilite acumulação de cargos, empregos e funções, ressalvados os casos contidos nas alíneas “a”, “b” e “c”, inc. XVI, art. 37, da Constituição Federal, inclusive no que concerne à compatibilidade de horários.
  • Não ser aposentado por invalidez ou ter aposentadoria especial para o mesmo cargo/emprego, nem estar em idade de aposentadoria compulsória.

 

Além dos especificados acima, para concorrer ao cargo de Auditor Contábil, é preciso ter curso de graduação em Ciências Contábeis, com registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). Para Tesoureiro, basta ter graduação em qualquer área.

Atribuições

O que faz o auditor contábil?

Classificação e escrituração da contabilidade de acordo com as normas e princípios contábeis vigentes; garantir a prestação qualitativa dos serviços de contabilidade em geral, organizando e executando a análise das contas; planejar os serviços contábeis especializados sistematizando os registros para atender as exigências legais e necessidades administrativas; elaboração dos balancetes mensais, do Balanço Anual e demonstração de resultados, aplicando as normas contábeis, para apresentar resultados parciais e gerais da situação patrimonial, econômica, orçamentária e financeira; escrituração dos registros fiscais e elaboração das guias de informação e de recolhimento dos tributos; atender as demais exigências previstas em atos normativos, bem como eventuais procedimentos de fiscalização tributária; orientação e controle da aplicação dos preceitos da CLT bem como aqueles atinentes à Previdência Social, PIS, FGTS e outros aplicáveis as relações de emprego; atender dentro dos prazos estabelecidos as informações ao Executivo e Legislativo Municipal, ao Estado através de seus órgãos de controle, principalmente ao Tribunal de Contas (E-sfinge) e ao Governo Federal através de seus órgãos de controle (SICONFI); Ministério da Previdência Social e dos Regimes Próprios de Previdência; participar de reuniões, treinamento e aperfeiçoamento do processo de trabalho; responsabilizar-se pelas finanças da Câmara de Vereadores, efetuando pagamentos dos débitos e recebimentos dos créditos; controlar os saldos bancários, as aplicações financeiras e os resgates dos recursos; providenciar o aceite de títulos, recolhimentos de impostos, taxas e encargos sociais; emitir e assinar cheques e ordens de pagamentos juntamente com o Presidente da Câmara Municipal; providenciar junto às instituições financeiras ou órgãos públicos as alterações do responsável pelo Poder Legislativo; executar outras tarefas de sua área de competência.

O que faz o tesoureiro?

Controlar os saldos bancários, as aplicações financeiras e resgates, as obrigações financeiras e de registros das contas de débitos e créditos; administrar, juntamente com a Contabilidade, as disponibilidades financeiras, controlando os valores; enviar à Contabilidade boletins sobre o comportamento das receitas e despesas; responsabilizar-se pelos pagamentos e recebimentos, custodias de bens, valores e operações de câmbio, controlando datas de vencimento, garantia e afins; providenciar o aceite de títulos, recolhimentos de impostos, taxas de encargos sociais; emitir cheques, ordens de pagamentos, borderôs e controlar pagamentos; assinar cheques, juntamente com o Presidente da Câmara Municipal; executar outras tarefas de sua área de competência, definidas no Regimento Interno; cuidar dos assentos individuais dos servidores, arquivando os prontuários existentes; manter em dia assentamento sobre a vida funcional dos servidores; comunicar as faltas ocorridas, bem como sugerir a aplicação de penalidades; estudar as questões relativas a direitos e vantagens, deveres e responsabilidades do pessoal e dar parecer a respeito; confeccionar as folhas de pagamento.

Como será a prova do concurso Câmara de Criciúma – SC?

Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas escritas, marcada para ocorrer no dia 5 de dezembro. As avaliaçãoes terão caráter eliminatório e/ou classificatório.

Prova Objetiva

A prova objetiva valerá 10,0 pontos e será composta de 45 questões, sendo 10 de Língua Portuguesa, 05 de Informática Básica, 05 de Conhecimentos Gerais, 10 de Legislação Comum e de 15 de conhecimentos específicos para o cargo e abordará os conteúdos programáticos especificados e quantificados no Anexo I do Edital.

A nota em cada questão da prova objetiva, feita com base nas marcações do cartão de respostas, seguirá o disposto no quadro abaixo, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática Básica – 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais – 5 questões;
  • Legislação Comum – 10 questões; e
  • Conhecimentos Específicos – 15 questões.

 

O concurso da Câmara de Criciúma terá prazo de validade de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final e podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Acompanhe nossas

redes sociais