Concurso CRESS SE: Edital publicado; Inscrições até fevereiro de 2021!

Concurso CRESS SE: Edital publicado; Inscrições até fevereiro de 2021!

Edital do concurso Cress SE foi oficialmente publicado! As inscrições já começaram e vão até as 23h59 do dia 08 de fevereiro de 2021. O certame oferece vagas para candidatos de níveis médio e superior, com salários que chegam a R$ 2,9 mil. Novo concurso CRESS SE O Conselho Regional de Serviço Social da 18ª Região, em Sergipe, vai rea...

Status do concurso: Encerrado

Edital do concurso Cress SE foi oficialmente publicado! As inscrições já começaram e vão até as 23h59 do dia 08 de fevereiro de 2021.

O certame oferece vagas para candidatos de níveis médio e superior, com salários que chegam a R$ 2,9 mil.

Novo concurso CRESS SE

O Conselho Regional de Serviço Social da 18ª Região, em Sergipe, vai realizar o seu novo certame Cress SE. O edital foi publicado na manhã desta segunda-feira, 21 de dezembro, no site da banca organizadora, o Instituto Quadrix.

Ao todo, o concurso CRESS SE seleciona para o preenchimento de 29 vagas, sendo quatro imediatas e 25 em cadastro de reserva. 

A seleção contará com oportunidades em cargos dos níveis médio e superior, sendo eles:

  • Nível médio: assistente administrativo; e
  • Nível superior: assistente social/agente fiscal, coordenador geral e diretor técnico.

Os aprovados, no cargo de assistente, terão remuneração de R$ 1.629,31. Já a remuneração para as carreiras de nível superior será de R$ 2.900. 

Além dos ganhos iniciais, os contratados receberão auxílio-transporte e auxílio saúde.

Todas as oportunidades serão para atuação em Aracaju, capital de Sergipe. 

Inscrições do concurso Cress SE

Os interessados no certame Cress SE já podem se inscrever por meio do  site do Instituto Quadrix , organizador. As inscrições ficarão abertas até as 23h59 do dia 8 de fevereiro de 2021.

Para participar da seleção , é necessário pagar uma taxa de R$ 48 (nível médio) ou R$ 55 (nível superior). Candidatos inscritos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e doadores de medula óssea podem solicitar a isenção.

Os pedidos de isenção serão aceitos entre os dias 21 e 25 de dezembro, no  site do Instituto Quadrix.

Como será a prova do concurso Cress SE ?

Os candidatos da seleção Cress SE serão avaliados por uma única etapa, a prova objetiva. O exame é previsto para o dia 14 de março, a partir das 14h.

A prova será composta por 120 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos, 30 de Conhecimentos Complementares e 60 de Conhecimentos Específicos. Os dois primeiros terão as seguintes disciplinas:

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática; e 
  • Raciocínio Lógico e Matemático.

Conhecimentos Complementares

  • Legislação e Ética na Administração Pública; e
  • Noções de Direito Administrativo.

O candidato será considerado aprovado caso, cumulativamente, obtiver nota igual ou superior a dez pontos em Conhecimentos Básicos, dez pontos em Conhecimentos Complementares e 21 pontos na parte Específica.

O resultado final está previsto para o dia 19 de abril. O certame Cress SE ficará válido por dois anos, após a homologação, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos.

 

Sobre os cargos

Conforme consta no edital, confira a seguir as atribuições e requisitos de cada cargo ofertado no certame Cress SE:

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 

a)  Requisitos: Certificado, devidamente  registrado,  de  conclusão  de  curso  de  nível  médio,  expedido  por  instituição  de  ensino  reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

b) Descrição sumária das atividades e atribuições:Realizar atendimento a profissionais, de modo presencial, por telefone e mail, nas suas  necessidades  de  registro,  tesouraria  e  outros,  orientando-os  ao  procedimento  que  atenda  a  sua  demanda;  Encaminhar providências  junto  aos  setores  do  Conselho; Orientar  pessoas  físicas  e  jurídicas em  suas  necessidades  junto  ao  Conselho; Informar  e esclarecer  a  profissionais  quanto  a  documentos  e  procedimentos  referentes  a  processos  solicitados; Protocolar Denúncias Ética  e  de fiscalização;Atender a  profissionais  e prestar informações  sobre  débitos  e  parcelamentos  em  conformidade  com  as  normas estabelecidas;Organizar  e  arquivar  processos  e  documentos do  setor  de  trabalho;Manter  a  organização  do  ambiente  de  trabalho; Classificar/protocolar  documentos  e  correspondências  recebidas  e  encaminhá-las aos  setores  competentes;Atender a  profissionais para  a  requisição  de inscrição  originária,  inscrição,  cancelamento  de  registro,  transferência  de  registro,  apostilamento,  emissão  de documento  de  identidade  profissional e  outros pertinentes  ao  setor;Atender  pessoa  jurídica  com  a  finalidade  de  registro; Registrar processos em livros próprios; Preparar listas e materiais para a realização de eventos e cursos; Formalizar acordos estabelecidos para o pagamento de anuidades; Gerar  boletos e/ou utilizar cartão de crédito para pagamento;Organizar e realizar o envio anual de boletos da  anuidade  vigente;  Monitorar  o  cumprimento  de  pagamento  estabelecido  em  Termos De  Confissão  de  Dívida; Elaborar  ofícios  e preparar correspondências relativas ao setor de trabalho; Atender ligações telefônicas e redirecionar para setores solicitados; Atualizar dados cadastrais de assistentes sociais e orientá-los a informar quaisquer alterações de seus dados; Atualizar boletos para pagamento; Emitir declarações solicitadas por profissionais;Operar máquina copiadora e  providenciar  reprodução de material necessário ao setor de trabalho; Realizar a convocação de profissionais para a entrega de Documento De Identidade Profissional(DIP); Cadastrar e organizar o  acervo  bibliográfico;  Manter  o  controle  de  empréstimo  de  acervo  bibliográfico; Dar  apoio  logístico  às atividades  de  reuniões, assembleias,  eventos,  cursos  e  outros; Efetuar  o  controle  de  estoque  de  publicações  de  materiais  de  campanha  e  de  divulgação; Protocolar  e distribuir  correspondências  aos  setores  do  Conselho; Realizar  lançamentos  e  atualizar  dados  no  sistema  de  cadastro;Realizar  pesquisas  cadastrais  nos  programas  existentes quando  solicitados; Monitorar  o  repasse  de  valores realizados  por  operadoras de  cartão  de  crédito;Realizar  baixa  diária  de  pagamentos  de  boletos; Negociar  com  profissionais  formas  de  pagamentos  de  débitos; Emitir  relatórios  de  pesquisa  nos  sistemas  operacionalizados; Realizar  juntada  de  documentos  em  processos; Controlar  a  utilização  e níveis  de  estoque de  material  e  apoio  utilizados; Elaborar  relatórios  solicitados  pelos  setores  do  Conselho;  Organizar  e  realizar procedimentos  de  cobrança  na  via  administrativa  ou  judicial;Realizar  procedimentos  de  registro  de  inadimplentes  em  cartórios; Encaminhar via e mail boletos de anuidade para profissionais; Atenderá profissionais nas solicitações de informações sobre débitos e envio  de  boletos; Cumprir  o  cronograma mensal de  envio  de  boletos  agendados  para  pagamento; Realizar  transações  com  cartão  de crédito;Transmitir ou  receber  documentos; Utilizar programas e recursos de informática necessários ao desempenho das atribuições; Organizar equipamentos e materiais de trabalho para realização das atividades;Realizar lançamento de inadimplentes na Dívida Ativa; Encaminhar  para  a  coordenação  geral  o  controle  de  requerimentos  de  transferência  realizadas  no  período; Organizar  e  executar procedimentos  de  envio  de  correspondências de  cobrança; Participar  de  ações  de  qualificação  profissional  promovidas  pelo  conjunto CFESS-CRESS; Realizar outras atividades inerentes ao setor.

ASSISTENTE SOCIAL -AGENTE FISCAL 

a) Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de  ensino  superior  reconhecida  pelo  Ministério  da  Educação  (MEC).  Registro  ativo  e  adimplente  no  Conselho  Regional  de Serviço Social (CRESS).Disponibilidade para trabalhos externos (locais de trabalhos dos assistentes sociais) e de viagens intermunicipais e interestaduais. 

b) Descrição sumária das atividades e atribuições:Participar como membros integrantes, de todas as reuniões e atividades que forem pertinentes à Comissão de Orientação e Fiscalização (COFI); Propor e realizar atividades preventivas de orientação e discussão junto aos profissionais e instituições, em consonância com as diretrizes  da  PNF  e  plano  de  ação  da  COFI;Organizar,  prontuários,  documentos  e  qualquer  expediente  ou  material  pertinente  ao exercício da fiscalização; Dar encaminhamentos às rotinas da comissão, propondo providências, esclarecendo e orientando o Assistente Social, instituições, usuários e outros, sobre procedimentos e dúvidas suscitadas; Realizar visitas rotineiras de fiscalização em entidades públicas  e  privadas  prestadoras  de  serviços  específicos relativos  ao  Serviço  Social  ou que possuam setores denominados “Serviço Social”; Realizar visitas de averiguação de irregularidades em entidades públicas e privadas prestadoras de serviços específicos relativos ao Serviço Social ou naquelas que possuam em seus quadros funcionais pessoas exercendo ilegalmente atribuições de Assistente Social; Preencher o termo de fiscalização no final da visita, apresentando-o  ao  entrevistado  para  leitura  e  aposição  de  sua  assinatura,  deixando cópia  na  instituição;  Caso  haja  impedimento  da ação  fiscalizadora,  solicitar  a  identificação  da  pessoa  responsável  pela  obstrução  e,  ainda  no  caso  desta  se  negar,  descrever suas características  físicas  e  solicitar  a  presença  de  testemunhas  que  também serão identificadas  no  termo; Verificar,  nas  visitas  de fiscalização, se as atribuições relativas ao Serviço Social estão sendo executadas por Assistente Social regularmente inscrito no CRESS, e, em  caso  contrário,  tomar  as  medidas  cabíveis;Verificar  as  condições  físicas,  técnicas  e  éticas  no  exercício  profissional  do  Assistente Social,  tendo  como  referência  a  Lei  8662-93,  a  Resolução  CFESS  493-06  e  outros  instrumentos  normativos  expedidos  pelo  CFESS; Realizar  visitas  de  fiscalização  mesmo  no  caso  de  ausência  do  Assistente  Social  por  motivo  de  demissão,  exoneração  ou  afastamento, podendo  solicitar  permissão  para  adentrar  a  instituição,  entrevistar  pessoas,  inspecionar  as  instalações,  verificar  o  material  técnico utilizado  e  solicitar  cópias  de  documentos  que  tenham  relação  direta  ou  indireta  com  o  exercício  profissional  do  Assistente  Social;Realizar a lacração de material sigiloso caso inexista profissional habilitado para substituir o Assistente Social demitido, exonerado ou 15 afastado por qualquer motivo, mediante solicitação do Assistente Social que está se desvinculando da instituição, da própria instituição ou  por  constatação  da  necessidade  de  lacração  observada  na  visita  de  fiscalização; Descrever  no  Termo  De  Visita  De  Fiscalização  E Orientação todo fato constatado,relatando qualquer irregularidade que comprometa a qualidade dos serviços profissionais prestados, anotando  nome,  endereço  e  número  de  RG  das  pessoas  envolvidas  e  testemunhas  se  houver;Remeter  todos  os  relatórios  de fiscalização  com  constatação  de  irregularidades  à  apreciação  da  COFI,  para  as  providências  cabíveis;  Elaborar  e  remeter  à  COFI relatórios  mensais  de  atividades  de  visitas  rotineiras  de  fiscalização  para  apreciação,  discussão  e  encaminhamentos;  Propor, em reuniões da COFI, medidas cabíveis e notificação a profissionais, pessoas e instituições, após análise da situação constatada nas visitas;Assessorar  a  Diretoria  sobre  questões  referentes  ao  exercício  profissional  do  Assistente  Social;Supervisionar  estagiário  de  Serviço Social; Realizar  levantamentos  e  mapeamentos  de  dados  sobre  o  exercício  profissional solicitados pelos  Conselhos  Regional  e  Federal de Serviço Social; Participar de capacitações promovidas pelo Conselhos Regional e Federal de Serviço Social; Realizar outras atividades correlatas ao cargo.

COORDENADOR GERAL

a)  Requisitos: Diploma,  devidamente  registrado,  de  conclusão  de  curso  de  graduação  de  nível  superior  em Administração,  fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).Registro ativo e adimplente no Conselho Regional de Administração (CRA).

b) Descrição sumária das atividades e atribuições: Coordenar as atividades do setor administrativo e tesouraria; Desenvolver políticas de gestão de recursos humanos; Acompanha avaliará qualidade dos serviços prestados por pessoas jurídicas contratadas; Realizar e acompanhar procedimentos licitatórios; Realizar pagamento de contas da entidade; Emitir cheques para as assinaturas de ordenadores de  despesas da  entidade; Realizar  despesas  de  natureza  de  pronto  atendimento; Prestar  informações  e  realizar  repasse  financeiro devido a outros Regionais; Monitorar repasse financeiro devido por outros Regionais;Encaminhar ações de prevenção de acidentes de trabalho; Monitorar o cumprimento  de  cláusulas  contratuais  por  pessoa  jurídica;Organizar  e  executar  a  agenda  administrativa-financeira da entidade; Controlar estoque e venda de agendas; Realizar o controle de equipamentos, materiais e publicações; Realizar o controle do acervo documental da entidade; Dar providências de viagens e hospedagem de Conselheiros, funcionários e convidados em eventos/ou atividades programadas; Dar providências para o envio de correspondências para profissionais; Desenvolver e implantar novos  métodos e  rotinas  de trabalho;  Elaborar  e  expedir  correspondências;  Elaborar  planos  de  trabalhos; Acompanhar  e  conferir extratos de contas bancárias da entidade; Fornecer dados à Assessoria Contábil para a elaboração da  proposta orçamentária e  outras peças  contábeis;  Gerar  arquivo  da  anuidade  do  exercício  em  conformidade  com  as  deliberações  da  Direção  e  normas  vigentes;Gerenciar  o  banco  de  horas,  nos  termos  do  regulamento e  emitir  relatório  do  registro  de  ponto;  Monitorar  índices  e  percentuais  de adimplência  e  inadimplência; Monitorar  a  evolução  da  arrecadação  da  entidade;Propor  à Diretoria  medidas  necessárias  à  entidade;Monitorar  prestações  de  contas  de  eventos  e  dos  relatórios  de  viagens;  Operar  módulos  e  sistemas  de  informática  utilizados  pelo Conselho; Organizar documentos e arquivos da entidade; Planejar Ações De Capacitação profissional conforme setores de trabalho; Realizar compra de passagens rodoviárias e aéreas;Redigir normas e manuais de procedimentos técnicos-administrativos; Realizar de registro de  inadimplentes  em  cartórios  de  protesto;  Representar  o  Conselho,  mediante  procuração,  em  instituições  bancárias, judiciárias  e  outras;  Zelar  pelo  controle  e conservação dos  bens  móveis  e  imóveis;Contratar serviços de  manutenção,  a  fim  de aumentar  a  vida  útil  dos  bens  e  mantê-los em  bom  estado  de  funcionamento;  Providenciar  publicações  de  editais  de  interesse  do Conselho;  Encaminhar  processos  administrativos  para  a  análise  das  comissões; Dar  conhecimento de  atos  administrativos  e  normas regulamentares; Elaborar  relatórios  para  fins  de  prestação  de  contas  da  entidade;  Assessorar tecnicamente Diretoria  e assessores  da instituição; Orientar  e  coordenar tecnicamente  atividades  de planejamento; Estabelecer  normas  de organização  e  arquivamento  de documentos; Atualizar dados do portal de transparência; Operar o sistema de banco de dados do Conselho; Realizar procedimentos de compra de materiais e equipamentos conforme forma definida pela direção; Controlar e/ou executar outras atividades referentes à sua área de atuação.

DIRETOR TÉCNICO 

a) Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição  de  ensino  superior  reconhecida  pelo  Ministério  da  Educação  (MEC).  Registro  ativo  e adimplente  no  Conselho  Regional  de Serviço Social (CRESS).

b) Descrição sumária das atividades e atribuições: Assessorar a Diretoria e demais setores, em assuntos relacionados às demandas da entidade; Acompanhar  a  agenda  de  atividades  da Diretoria Cientificando-a  e  garantindo  a  participação  dos  conselheiros; Assessorar  e acompanhar a representatividade do CRESS nos Conselhos de Políticas Públicas;Elaborar relatório de representatividade nas instâncias de  controle  social para  a  Diretoria; Participar  da  elaboração  do calendário  anual  de  atividades  das  comissões; Elaborar  e  encaminhar convites para as atividades  das  comissões e  outros  eventos  do  CRESS;Participar  do  planejamento do  Plano  Trienal da  entidade; Participar  de  reuniões  com Diretoria  e  Conselho  Pleno  para  avaliação  de  ações  realizadas; Monitorar a  execução  das  atividades  do planejamento do seu âmbito de atuação; Atender a profissionais presencialmente ou por outros meios e fazer a interlocução atinentes; Acompanhar  as  atividades de  apoio  logístico  à realização  de  reuniões do  Conselho  e de  Comissões; Coordenar  e  acompanhar  a operacionalização  das  ações  administrativas  e  políticas  com  norte  no  Projeto  Ético  Político  do  Assistente  Social,  tendo  em  vista  o interesse da categoria e  da sociedade; Dar encaminhamento às deliberações da diretoria e frentes de trabalho  do CRESS; Organizar e expedir  materiais  de  campanhas  educativas  e  outras; Elaborar  editais  para  convocação  de  assembleias  ordinárias  e  extraordinárias, com a obrigatória visita da assessoria jurídica; Elaborar ofícios, informativos e relatórios, de acordo com as necessidades e deliberações da Diretoria,Conselho Pleno e Conselho Fiscal; Realizar Encaminhamentos Das Comissões Permanente de Ética e de Instrução; Integrar Comissões por deliberação da Diretoria, que estejam no âmbito de competência do cargo;Organizar agenda para a execução local das ações  deliberadas  nos  encontros  do  conjunto  CFESS-CRESS;Acompanhar  e  assessorar  a  realização  de  eventos;Elaborar  relatório  de atividades das comissões Relatório Anual; Orientar sobre  o  fornecimento de informações  de tramitação de processos disciplinares 16 éticos; Orientar  usuários  e  profissionais  quanto  aos  procedimentos  e  fluxos  para  denúncias  éticas  e  outras  demandas;Participar  da organização e realização de eventos promovidos pelo CRESS; Participar de reuniões das comissões, quando solicitado; Participar e lavrar atas  de  reuniões  de  Diretoria  e  Conselho  Pleno,  sempre  que  solicitado;Preparar  processos  de  inscrição  da  entidade  para  pleitos  nos Conselhos de  Políticas  Públicas;Realizar  contatos  com  instituições  para  desenvolvimento  de  atividades  de  interesse  do  CRESS, conforme  orientações da  Diretoria;Subsidiar  a  construção  de  pautas  para  as  reuniões  de  Diretoria  e  Conselho  Pleno,  com  exposição sumária da temática a ser discutida; Executar outras atribuições de natureza e requisitos similares ao cargo.

 

Requisitos básicos para a investidura nos cargos do Concurso CRESS SE

Confira a seguir quais são as exigências para que o candidato tome posse dos cargos ofertados:

  • Conhecer e cumprir as determinações do edital e ter sido aprovado e classificado no Concurso Público, dentro do número de vagas;
  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º, artigo 12, da Constituição da República Federativa do Brasil;
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, na data da contratação;
  • Apresentar, quando da convocação, os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o exercício do cargo, constante do Anexo I do edital, bem como outros documentos que se fizerem necessários à época da contratação;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos políticos;
  • Apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Apresentar declaração de que não acumula cargo ou função pública, ou proventos de inatividade, ressalvadas as possibilidades de acumulação lícita previstas no inciso XVI do artigo 37 da Constituição Federal;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições correspondentes ao cargo;
  • Não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade das esferas federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal.

Sobre o CRESS SE

O Serviço social é uma profissão de nível superior que surgiu no Brasil em 1936. O profissional da área, o Assistente Social, atua intervindo diretamente nos problemas sociais por meio das políticas públicas.  Enquanto o poder público tem a obrigação legal de garantir os direitos sociais, o assistente social contribui com a viabilização do acesso a esses direitos, seja por meio da democratização das informações, seja pelo acesso concreto aos serviços públicos. Um dos principais compromissos da atuação do assistente social é, também, fortalecer as lutas da classe trabalhadora.

Antes de ser criado o Conselho Regional de Serviço Social, os assistentes Sociais do Estado de Sergipe eram atrelados ao Conselho Regional de Assistentes Sociais – CRAS 5ª Região/Bahia. O distanciamento físico constituía-se em um forte impeditivo à participação mais efetiva da categoria representada pela Delegacia de Sergipe.

Diante desse cenário, foi discutido e aprovado em reunião extraordinária em 14 de junho de 1983, o processo de transformação de Delegacia em Conselho Regional de Assistentes Sociais de Sergipe. Esse desmembramento foi ratificado pelo Conselho Federal de Assistentes Sociais – CFAS, através da resolução n° 171, de 26 de agosto de 1983. Foi então criado, oficialmente, o Conselho Regional de Assistentes Sociais da 18ª Região.

Com a aprovação da lei de regulamentação da profissão, em junho de 1993, é modificada a nomenclatura das entidades CFAS para CFESS – Conselho Federal de Serviço Social e de CRAS para CRESS – Conselho Regional de Serviço Social, com as funções precípuas de normatizar, orientar, defender e fiscalizar o exercício profissional.

Conteúdo Programático do concurso Cress SE

 CONHECIMENTOS BÁSICOS.

 LÍNGUA  PORTUGUESA: 1  Compreensão  e  interpretação  de  textos  de  gêneros variados.  2  Reconhecimento  de  tipos  e  gêneros textuais.  3  Domínio  da  ortografia  oficial.  4  Domínio  dos  mecanismos  de  coesão  textual.  4.1  Emprego  de  elementos  de  referenciação, substituição  e  repetição,  de  conectores  e  de  outros  elementos  de  sequenciação  textual.  4.2  Emprego  de  tempos  e  modos  verbais.  5 Domínio  da  estrutura  morfossintática  do  período.  5.1  Emprego  das  classes  de  palavras.  5.2  Relações  de  coordenação  entre  orações  e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5  Concordância  verbal  e  nominal.  5.6  Regência  verbal  e  nominal.  5.7  Emprego  do  sinal  indicativo  de  crase.  5.8  Colocação  dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura  de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e  níveis de formalidade.  7  Correspondência oficial  (conforme  Manual  de  Redação  da  Presidência  da  República).  7.1  Aspectos  gerais  da  redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA:1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática:  tipos  de  computadores,  conceitos  de  hardware  e  de  software,  instalação  de  periféricos.  2  Edição  de  textos,  planilhas  e apresentações (ambiente Microsoft Office,versões 2010, 2013 e 365). 3 Noções de sistema operacional (ambiente Windows, versões 7, 8 e 10). 4 Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 5 Programas de navegação: Mozilla Firefox e Google Chrome. 6 Programa de correio eletrônico. 7 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 8 Conceitos de organização  e  de  gerenciamento  de  informações,  arquivos,  pastas  e  programas.  9  Segurança  da  informação:  procedimentos  de segurança.  10  Noções  de  vírus,  worms  e  pragas  virtuais.  11  Aplicativos  para  segurança  (antivírus,  firewall,  antispyware  etc.).  12 Procedimentos de backup.

RACIOCÍNIO   LÓGICO   E   MATEMÁTICO: 1   Operações,   propriedades   e   aplicações   (soma,   subtração,   multiplicação,   divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números   naturais,   inteiros,   racionais   e   reais)   e   operações   com   conjuntos.   6   Razões   e   proporções   (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

CONHECIMENTOS COMPLEMENTARES 

LEGISLAÇÃO E ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: 1  Ética e função pública. 2 Ética no setor público. 3 Lei nº  8.429/1992 e suas alterações.  4  Lei  nº  9.784/1999  e  suas  alterações  (Processo  administrativo).  5  Acesso  à  Informação:  Lei  nº  12.527/2011;  Decreto  nº 7.724/2012. E todas as alterações das legislações citadas.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1  Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza,  fins  e  princípios.  2  Organização  administrativa  do  Estado.  3  Administração  direta  e  indireta.  4  Agentes  públicos:  espécies  e classificação,  poderes,  deveres  e  prerrogativas,  cargo,  emprego  e  função  públicos.  5  Poderes  administrativos.  6  Atos  administrativos: conceitos,  requisitos,  atributos,  classificação,  espécies  e  invalidação.  7  Controle  e  responsabilização  da  administração:  controle administrativo, controle judicial, controle legislativo, responsabilidade civil do Estado

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

ASSISTENTE  ADMINISTRATIVO  (CÓDIGO  200): Noções  de  Administração  Pública:  1  Princípios  fundamentais  que  regem  a Administração Federal: enumeração e descrição. 2 Administração Federal: administração direta e indireta, estruturação, características e  descrição  dos  órgãos  e  entidades  públicos.  3  Os  Ministérios  e  respectivas  áreas  de  competência.  4  Os  poderes  e  deveres  do administrador público. Noções de Arquivologia: 1 Conceitos fundamentais de arquivologia. 2 Gerenciamento da informação e a gestão de  documentos.  2.1  Diagnósticos.  2.2  Arquivos  correntes  e  intermediário.  2.3  Protocolos.  2.4  Avaliação  de  documentos.  2.5  Arquivos permanentes.  3  Tipologias  documentais  e  suportes  físicos.  3.1  Microfilmagem.  3.2  Automação.  3.3  Preservação,  conservação  e restauração  de documentos. Organização:  1  Conceito  e  tipos  de  estrutura  organizacional.  2  Relações  humanas,  desempenho profissional, desenvolvimento de equipes de trabalho. 3 Noções de cidadania e relações públicas. 4 Comunicação. 5 Redação oficial de documentos oficiais. Protocolo: recepção, classificação, registro e distribuição de documentos. Expedição de correspondência: registro e encaminhamento.

ASSISTENTE SOCIAL -AGENTE FISCAL: 1 Resoluções CFESS nºs. 393/1999; 443/2003; 493/2006; 533/2008; 556/2009; 557/2009;  568/2010;  569/2010;  572/2010;  588/2010;  590/2010;  582/2010;  651/2011;  660/2013;  792/2017;  845/2018.  2  Código  de Ética  Profissional  (Resolução  CFESS  nº  273/1993).  3  Código  Processual  de  Ética.  4  Código  Processual  Disciplinar  (Resolução  nº  CFESS 657/2013). 5 Lei nº 8.662/1993 de Regulamentação da Profissão atualizada pela Lei nº 12.317/2010. 6 Política Nacional de Estágio-PNE. 7  Política  Nacional  de  Fiscalização –PNF  (Resolução  CFESS  nº  512/2007).  8  Diretrizes Curriculares  do  Serviço  Social.9  Conhecimentos gerais  da  profissão  de  Assistente  Social.  História  do  serviço  social.  10  Dimensões  políticas  e  práticas  do  profissional.  11  Atuação  do serviço  social  na  administração  de  políticas  sociais  (estado  e  políticas sociais).  12  Planejamento  em  serviço  social.  13  Os  desafios  da formação  profissional  no  contexto  da  acumulação  flexível:  demandas  do  mercado  de  trabalho  e  necessidades  sociais.  Fundamentos 18 sócios  históricos  e  debate  contemporâneo  da  profissão:  a  questão  social.  14  O  debate teórico-metodológico  contemporâneo.  15 Instrumentalidade/documentação (pareceres e relatórios, outros). 16 Estado e  políticas sociais (questões teóricas e históricas; Projeto Ético  Político  Profissional;  Trabalho  e  Serviço  Social.  17  Teoria  crítica  dos  direitos  humanos.18  Gênero,  diversidade,  raça  e  políticas afirmativas.  19  Estatuto  da  Criança  e  do  Adolescente,  medidas  de  proteção,  medidas  socioeducativas.  20  Estatuto  do  Idoso.  21 Lei Maria  da  Penha.  22  Política  Nacional  de  Assistência  Social  (PNAS);  NOB/SUAS  e  Lei  Orgânica  da  Assistência  Social  (LOAS).  23  Sistema Único de Saúde. 24 A  questão social e suas expressões no Brasil contemporâneo. 25 Fundamentos Teóricos-Metodológicos do Serviço Social.  26  O  Serviço  Social  e  as  políticas  sociais:  assistência  social,  previdência  social,  educação,  trabalho,  habitação,  saúde  e  questão urbana e sociojurídica. 27 Intersetorialidade, interdisciplinaridade e trabalho em rede.

COORDENADOR  GERAL: Noções  de  Administração  Pública:  1  Princípios  fundamentais  que  regem  a Administração Federal: enumeração e descrição. 2 Administração Federal: administração direta e indireta, estruturação, características e descrição dos órgãos  e  entidades  públicos.  3  Os  Ministérios  e  respectivas  áreas  de  competência.  4  Os  poderes  e  deveres do  administrador  público. Orçamento  Público:  1  Princípios  orçamentários.  2  Noções  de  administração  financeira. Organização:  1  Conceito  e  tipos  de  estrutura organizacional.   2   Noções   de   arquivamento   e   procedimentos   administrativos.   3   Relações   humanas,   desempenho   profissional, desenvolvimento de equipes de trabalho. Conhecimentos básicos em Administração de Patrimônio, Materiais e Logística: 1 Compras e contratações públicas (legislação sobre licitações), coleta de preços, gestão e controle de estoque, distribuição de material, inventário de bens patrimoniais.

DIRETOR  TÉCNICO: 1  Resoluções  CFESS  nºs.  393/1999;  443/2003;  493/2006;  533/2008;  556/2009;  557/2009; 568/2010;   569/2010;   572/2010;   588/2010;   590/2010;   582/2010;   651/2011;660/2013;   792/2017;   845/2018.   2   Código   de   Ética Profissional  (Resolução  CFESS  nº  273/1993).  3  Código  Processual  de  Ética.  4  Código  Processual  Disciplinar  (Resolução  nº  CFESS 657/2013). 5 Lei nº 8.662/1993 de Regulamentação da Profissão atualizada pela Lei nº 12.317/2010.6 Política Nacional de Estágio-PNE. 7  Política  Nacional  de  Fiscalização –PNF  (Resolução  CFESS  nº  512/2007).  8  Diretrizes  Curriculares  do  Serviço  Social.  9  Conhecimentos gerais  da  profissão  de  Assistente  Social.  História  do  serviço  social.  10  Dimensões  políticas  e  práticas  do  profissional.  11  Atuação  do serviço  social  na  administração  de  políticas  sociais  (estado  e  políticas  sociais).  12  Planejamento  em  serviço  social.  13  Os  desafios  da formação  profissional  no  contexto  da acumulação  flexível:  demandas  do mercado  de  trabalho  e  necessidades  sociais.  Fundamentos sócio  históricos  e  debate  contemporâneo  da  profissão:  a  questão  social.  14  O  debate  teórico-metodológico  contemporâneo.  15 Instrumentalidade/documentação (pareceres e relatórios, outros). 16 Estado e políticas sociais (questões teóricas e históricas; Projeto Ético  Político  Profissional;  Trabalho  e  Serviço  Social.  17  Teoria  crítica  dos  direitos  humanos.  18  Gênero,  diversidade,  raça e  políticas afirmativas.  19  Estatuto  da Criança  e  do  Adolescente,  medidas  de  proteção,  medidas  socioeducativas.  20  Estatuto  do  Idoso.  21  Lei Maria  da  Penha.  22  Política  Nacional  de  Assistência  Social  (PNAS);  NOB/SUAS  e  Lei  Orgânica  da  Assistência  Social  (LOAS).  23  Sistema Único de Saúde. 24 A  questão social e suas expressões no Brasil contemporâneo. 25 Fundamentos Teóricos-Metodológicos do Serviço Social.  26  O  Serviço  Social  e  as  políticas  sociais:  assistência  social,  previdência  social,  educação,  trabalho,  habitação,  saúde  e  questão urbana e sociojurídica.  27 Intersetorialidade, interdisciplinaridade e trabalho em  rede. Noções de  Administração Pública: 1 Princípios fundamentais que  regem a Administração Federal: enumeração e  descrição. 2 Administração Federal: administração direta e indireta, estruturação,  características  e  descrição  dos  órgãos  e  entidades  públicos.  3  Os  Ministérios  e  respectivas  áreas  de  competência.  4  Os poderes e deveres do administrador público.

Acompanhe nossas

redes sociais