Compartilhar:

Concurso CRN9 MG: SAIU EDITAL com 560 vagas!

Foi publicado o edital do novo concurso CRN9 MG (Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região). As oportunidades são para níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 4,7 mil! Como fazer a inscrição do concurso CRN9 MG? As inscrições ficarão abertas até às 23h59min do dia 06 de outubro de 2019. Para se inscrever o...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Número de vagas 560
Salário De R$ 1.383,00 até R$ 4.732,00
Data de inscrição 12/08/2019 a 06/10/2019
Escolaridade Nível Fundamental, Nível Médio, Nível Superior, Nível Técnico
Estado Minas Gerais
Organizadora Instituto Quadrix
Valor da inscrição De R$ 40,00 a R$ 60,00
Data da prova 27/10/2019
Edital Arquivos

Última Notícia

Imagem Concurso CRN9 MG: Inscrições do certame foram prorrogadas!

Concurso CRN9 MG: Inscrições do certame foram prorrogadas!

Nesta última terça-feira (24), foram prorrogadas as inscrições do Concurso CRN9 MG. O certame oferta 560 vagas, para níveis fundamental, médio e superior.

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

13/09/2019

Concurso CRN9 MG: Saiu o resultado definitivo de candidatos isentos!

O concurso CRN9 MG (Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região) em Minas Gerais, divulgou a relação dos candidatos isentos da taxa de inscrição.

Continuar lendo

Foi publicado o edital do novo concurso CRN9 MG (Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região). As oportunidades são para níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 4,7 mil!

Como fazer a inscrição do concurso CRN9 MG?

As inscrições ficarão abertas até às 23h59min do dia 06 de outubro de 2019.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, Instituto Quadrix.

A taxa de inscrição varia nos seguintes valores:

Nível Fundamental: R$ 40,00;

Nível Médio: R$ 50,00;

Nível Superior: R$ 60,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 24 de setembro de 2019.

Vagas e salários do concurso CRN9 MG

O certame oferta 560 vagas, sendo 02 vagas de caráter imediato, mais 558 vagas para formação de cadastro reserva, nos níveis fundamental, médio e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível fundamental: Auxiliar Operacional (25CR);

Nível Médio: Assistente Administrativo (1+ 154CR), Auxiliar Administrativo (50CR), Auxiliar de Contabilidade (25CR), Assistente Técnico em Nutrição e Dietética (50CR), Assistente de Informática (25CR).

Nível Superior: Nutricionista Assistente Técnico (25CR), Nutricionista Fiscal (1+ 204CR).

Os salários variam de R$ 1.383,00 a R$ 4.732,00, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Benefícios

a) Vale Refeição, no valor de R$ 675,62 por mês;

b) Vale Alimentação, no valor de R$ 149,33 por mês;

c) Reembolso de Plano de Saúde (Médico, Hospitalar e Odontológico) para os funcionários do CRN9 não sendo estendido aos dependentes e limitados aos seguintes valores conforme faixas etárias: até 43 anos de idade: valor máximo de reembolso mensal é de R$ 463,00; de 44 a 49 anos de idade: valor máximo de reembolso mensal é de R$ 689,00; a partir de 50 anos de idade: valor máximo de reembolso mensal é de R$ 791,00;

d) Vale transporte, conforme legislação.

Como será a prova do concurso CRN9 MG?

A avaliação dos candidatos será mediante prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data provável de 27 de outubro de 2019, no turno da tarde, com duração de 4 horas.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, Instituto Quadrix, a partir do dia 22 de outubro de 2019.

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 120 (cento e vinte) itens, valerá 120,00 pontos e avaliará as habilidades e os conhecimentos do candidato.

Cada área de conhecimento será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item. Haverá, no cartão-resposta, para cada item, duas áreas de marcação: a área designada com a letra C, que deverá ser preenchida pelo candidato caso julgue o item CERTO, e a área designada com a letra E, que deverá ser preenchida pelo candidato caso julgue o item ERRADO.

Haverá ainda prova discursiva para os cargos de níveis médio e superior. Além de avaliação de títulos para os cargos de nível superior.

O conteúdo programático da prova consistirá nas seguintes disciplinas:

Nível Fundamental

– Conhecimentos Gerais: 100 questões.

Nível Médio

– Conhecimentos Básicos: 40 questões;

– Conhecimentos Complementares: 30 questões;

– Conhecimentos Específicos: 50 questões.

Nível Superior

– Conhecimentos Básicos: 40 questões;

– Conhecimentos Complementares: 30 questões;

– Conhecimentos Específicos: 50 questões.

O prazo de validade do concurso público é de 2 (dois) anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado, 1 (uma) única vez, por igual período, por conveniência administrativa.

Requisitos mínimos para contratação do concurso CRN9 MG

– Conhecer e cumprir as determinações deste edital e ter sido aprovado e classificado no Concurso Público, dentro do número de vagas;

– Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º, artigo 12, da Constituição da República Federativa do Brasil;

– Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, na data da contratação;

– Apresentar, quando da convocação, os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o exercício do cargo, bem como outros documentos que se fizerem necessários à época da contratação;

– Estar em dia com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos políticos;

– Apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexo masculino;

– Apresentar declaração de que não acumula cargo ou função pública, ou proventos de inatividade, ressalvadas as possibilidades de acumulação lícita previstas no inciso XVI do artigo 37 da Constituição Federal;

– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições correspondentes ao cargo;

– Não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade das esferas federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal.

Acompanhe nossas

redes sociais