Concurso Guarda de Campo Bom – RS

Saiu o edital do novo concurso Guarda Municipal de Campo Bom, no estado do Rio Grande do Sul! São 20 vagas para o cargo, que conta com requisito de nível médio de escolaridade e salários de R$ 2,5 mil. Além do nível de escolaridade, o candidato precisa atender uma série de outros requisitos, como idade mínima e máxima, altura mínima e ...

Status do concurso: Encerrado

Materiais disponíveis

Saiu o edital do novo concurso Guarda Municipal de Campo Bom, no estado do Rio Grande do Sul! São 20 vagas para o cargo, que conta com requisito de nível médio de escolaridade e salários de R$ 2,5 mil.

Além do nível de escolaridade, o candidato precisa atender uma série de outros requisitos, como idade mínima e máxima, altura mínima e possuir carteira de habilitação.

Como fazer a inscrição no concurso Guarda Municipal de Campo Bom?

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 17 de fevereiro até o dia 5 de março de 2020. Os interessados deverão se inscrever por meio do site da banca organizadora, a Fundatec . O valor da taxa de inscrição é de R$ 60,00.

O prazo de vencimento do boleto é até o dia informado no boleto.

Quem pode fazer o concurso Guarda de Campo Bom RS?

As oportunidades são as seguintes:

  • Guarda Civil Municipal (20 vagas).

São 18 vagas direcionadas para homens e duas para mulheres.

O cargo conta com requisito de nível médio de escolaridade, além de outros, como:

  • idade mínima igual ou superior a 21 anos e idade máxima de 30 anos completados até o último dia de inscrição;
  • altura mínima, descalço e descoberto e sem meias, de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres;
  • Carteira Nacional de Habilitação com categoria mínima “AB”.

O salário tem o valor de R$ 2.500,00 em jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O que faz um Guarda Municipal de Campo Bom?

  • Executar patrulhamento administrativo ostensivo, preventivo, uniformizado e aparelhado, na proteção à população, bens, serviços e instalações do município;
  • cumprir a lei e as ordens emanadas das autoridades competentes;
  • tomar conhecimento das ordens existentes a respeito das suas tarefas, ao iniciar qualquer serviço, para o qual se encontre escalado;
  • estar atento durante a execução de qualquer serviço;
  • tratar com atenção e urbanidade as pessoas com as quais, em razão de serviço, entrar em contato, ainda quando estas procederem de maneira diversa;
  • atender com presteza as ocorrências para as quais for solicitado e/ou defrontar-se;
  • elaborar boletim de ocorrências, relatórios de serviço e guias de entrega;
  • proceder à revista pessoal quando necessário e principalmente por ocasião de prisão em flagrante delito;
  • zelar pelo armamento, munição, equipamento de radiocomunicação, viaturas e demais utensílios destinados à consecução das suas atividades;
  • zelar pela sua apresentação individual e pessoal;
  • reportar imediatamente ao setor competente ou autoridade, toda ocorrência que tenha atendimento;
  • operar equipamentos de comunicações e conduzir viaturas, conforme escala de serviço ou quando necessário;
  • prestar colaboração e orientar o público em geral, quando necessário;
  • apoiar e garantir as ações fiscalizadoras e o funcionamento dos serviços de responsabilidade do Município;
  • executar atividades de socorro e proteção às vítimas de calamidades públicas, participando das ações de defesa civil;
  • cumprir fielmente as ordens emanadas de seus superiores hierárquicos;
  • colaborar com os diversos órgãos públicos, nas atividades que lhe dizem respeito;
  • apoiar e orientar no controle do trânsito municipal de pedestres e veículos na área de suas atribuições ou quando necessário;
  • colaborar na prevenção e combate de incêndios e no suporte básico da vida, quando necessário;
  • efetuar a segurança de dignitários;
  • zelar pelos equipamentos que se encontre em escala de serviço, levando ao conhecimento de seu superior qualquer fato que dependa de serviços especializados para reparo e manutenção;
  • efetuar prisões em flagrante delito;
  • utilizar armamento de fogo ou não-letal;
  • fazer uso da força, de forma moderada, quando necessário;
  • apoiar ações de outras entidades;
  • conduzir veículos automotores;
  • operar equipamento de rádio transmissão e de informática;
  • atuar em salas de operação de videomonitoramento;
  • atender de forma inexcusável eventos emergenciais, independente de horário e condição climática;
  • exercer as funções de Diretor ou Inspetor da Guarda Municipal;
  • outras decorrentes da natureza especial da função e do cargo.

Quais são os requisitos para investidura no cargo do concurso Guarda de Campo Bom?

  • ser brasileiro nato;
  • estar quites com o serviço militar e obrigações eleitorais;
  • encontrar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis;
  • não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com nova investidura em cargo público;
  • ter no mínimo, 21 (vinte e um) anos e, no máximo, 30 (trinta) anos, na data final das inscrições ao concurso;
  • não possuir antecedentes criminais;
  • não responder a processos criminais;
  • não ser destinatário direta ou indiretamente de ação de execução pela Fazenda Pública Municipal de Campo Bom, Estadual ou Federal;
  • ter estatura mínima de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para candidato do sexo masculino e 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para candidatos do sexo feminino;
  • possuir o certificado de conclusão do Ensino Médio ou de escolaridade superior a esta;
  • possuir Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, na categoria “A” e “B”, com data de validade vigente, sem nenhum impedimento para conduzir veículo;
  • não estar respondendo processo de suspensão ou cassação da sua habilitação para dirigir;
  • comprovar, preliminarmente, capacidade física, motora, sensorial, psicológica e de saúde em geral, compatível com a função, que será aferida durante a realização das etapas desse concurso;
  • não ostentar tatuagens, em local visível do corpo, que simbolize apologia à violência contra pessoas ou organizações ou contrarie os bons costumes e a moral.

Provas do concurso Guarda de Campo Bom RS

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, previstas para o dia 29 de março de 2020, na cidade de Campo Bom (RS).

A estrutura das provas será a seguinte: Língua Portuguesa (10 questões com peso 2,50), Matemática/Raciocínio Lógico (10 questões com peso 2,50), Legislação (10 questões com peso 2,50) e Conhecimentos Específicos (25 questões com peso 2,50).

Haverá ainda um Teste de Aptidão Física, Exames de Saúde, Avaliação Psicológica, Investigação Social e Curso de Formação de Guarda Civil Municipal.

Os exercícios cobrados no Teste de Aptidão Física são:

  • Teste de Corrida;
  • Teste de Flexão de Tronco;
  • Teste de Flexão sobre o solo;
  • Teste de Barra Fixa.

Confira o conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa: 1. Leitura e compreensão de textos: 1.1 Assunto. 1.2 Estruturação do texto. 1.3 Ideias principais e secundárias. 1.4 Relação entre as ideias.1.5 Efeitos de sentido. 1.6 Figuras de linguagem. 1.7 Recursos de argumentação. 1.8 Informações implícitas: pressupostos e subentendidos. 1.9 Coesão e coerência textuais. 2. Léxico: 2.1 Significação de palavras e expressões no texto. 2.2 Substituição de palavras e de expressões no texto. 2.3 Estrutura e formação de palavras. 3. Aspectos linguísticos: 3.1 Relações morfossintáticas. 3.2 Ortografia: emprego de letras e acentuação gráfica sistema oficial vigente (inclusive o Acordo Ortográfico vigente, conforme Decreto 7.875/12). 3.3 Relações entre fonemas e grafias. 3.4 Flexões e emprego de classes gramaticais. 3.5 Vozes verbais e sua conversão. 3.6 Concordância nominal e verbal. 3.7 Regência nominal e verbal (inclusive emprego do acento indicativo de crase). 3.8 Coordenação e subordinação: emprego das conjunções, das locuções conjuntivas e dos pronomes relativos. 3.9 Pontuação.
  • Matemática: PARTE 1: 1. Conjuntos Numéricos: Números naturais, inteiros, racionais, irracionais e reais: Operações fundamentais (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação) propriedades das operações, múltiplos e divisores, números primos, mínimo múltiplo comum, máximo divisor comum. 2. Razões e Proporções – grandezas direta e inversamente proporcionais, divisão em partes direta e inversamente proporcionais, regra de três simples e composta. Sistema de Medidas: comprimento, capacidade, massa e tempo (unidades, transformação de unidades), sistema monetário brasileiro. 3. Calculo algébrico: monômios e polinômios 4. Funções: Ideia de função, interpretação de gráficos, domínio e imagem, função do 1º grau, função do 2º grau– valor de máximo e mínimo de uma função do 2º grau. 5. Equações de 1º e 2º graus. Sistemas de equações de 1º grau com duas incógnitas. 6. Triângulo retângulo: relações métricas no triângulo retângulo, teorema de Pitágoras e suas aplicações, relações trigonométricas no triangulo retângulo. 7. Teorema de Tales 8. Geometria Plana: cálculo de área e perímetro de polígonos. Circunferência e Círculo: comprimento da circunferência, área do círculo. 9. Noções de Geometria Espacial – cálculo do volume de paralelepípedos e cilindros circulares retos. 10. Matemática Financeira: porcentagem, juro simples 11. Estatística: Cálculo de média aritmética simples e média aritmética ponderada 12. Aplicação dos conteúdos acima listados em resolução de problemas. PARTE 2: 1. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Diagramas lógicos. 2. Proposições e conectivos: Conceito de proposição, valores lógicos das proposições, proposições simples, proposições compostas. Operações lógicas sobre proposições: Negação, conjunção, disjunção, disjunção exclusiva, condicional, bicondicional. 3. Construção de tabelas-verdade. Tautologias, contradições e contingências. Implicação lógica, equivalência lógica, Leis De Morgan. Argumentação e dedução lógica. 4. Sentenças abertas, operações lógicas sobre sentenças abertas. Quantificador universal, quantificador existencial, negação de proposições quantificadas. 5. Argumentos Lógicos Dedutivos; Argumentos Categóricos.
  • Legislação: 1. Estatuto do Servidor do Município; 2. Lei Orgânica; 3. Estatuto Nacional da Igualdade Racial (Lei FederaI nº 12.288/2010). 4. Estatuto Estadual da Igualdade Racial (Lei Estadual nº 13.694/2011). 5. Constituição Federal de 1988: a) Princípios fundamentais da Constituição da República (Arts. 1° ao 4°). b) Direitos e Garantias Fundamentais: Direitos e Deveres individuais e Coletivos; Direitos Sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos (Arts. 5° a 16º). c) Da organização Político-Administrativa (Arts. 18 e 19). d) Secretaria Municipal de Ordem Pública da união (Arts. 20º a 24º). e) Dos Estados Federados (Arts. 25º a 28º). f) Dos Municípios (Arts. 29º a 31º). g) Normas Constitucionais relativas a Administração Pública e ao Servidor Público (Arts. 37º a 41º). h) Princípios Constitucionais da Administração Pública (art. 37). i) Princípios constitucionais de natureza ética: moralidade, impessoalidade, probidade, motivação e publicidade (Arts. 37º a 77º). j) Organização dos Poderes (Arts. 44º a 135º). k) Da Segurança Pública (Art. 144). 6. Constituição Estadual do Rio Grande do Sul. 7. Lei Federal nº 8.429/1992 – Lei de improbidade Administrativa. Código de Posturas (Lei Municipal nº 1.606/1994).
  • Conhecimentos Específicos: 1. Direitos Humanos e Cidadania. 2. Estatuto da Criança e do Adolescente. 3. Estatuto do Idoso. 4. Lei Maria da Penha. 5. Direito Penal: crime, contravenção penal, licitude e culpabilidade, espécies de crime: dos crimes contra a pessoa, dos crimes contra o patrimônio, dos crimes contra os costumes, dos crimes contra a saúde pública, dos crimes contra a administração pública. 6. Abuso de Autoridade (Lei nº 13.869/2019). 7. Sistema Nacional de Armas. 8. Lei antidrogas. 9. Direitos do consumidor. 10. Código de Trânsito Brasileiro. 11. Estatuto Geral das Guardas Municipais (Lei nº 13.022/2014). 12. Gestão integrada de fiscalização e segurança urbana. 13. Videomonitoramento: função, atribuição, competência da guarda municipal. 14. Sistema Único de Segurança Pública (Lei nº 13.675/2018). 15. Lei dos Juizados Especiais Criminais (Lei Federal nº 9.099/1995 – Art. 60 e seguintes). 16. Lei de Contravenções Penais (Decreto Lei nº 3.688/1941). 17. Plano de Carreira da Guarda Municipal (Lei Municipal nº 4.933/2019).
Acompanhe nossas

redes sociais