Pesquisar no blog

Concurso Indea MT: Formada nova comissão organizadora!

Um novo concurso Indea MT (Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso) pode ser realizado em breve! Ademais, uma nova comissão organizadora já foi formada para que isso aconteça.

Além disso, vale destacar que o concurso é previsto desde 2018, quando o Instituto já possuía um grande deficit. No entanto, o edital nunca foi publicado.

 

Situação atual do concurso Indea MT

Primeiramente, é importante recordar que um concurso Indea MT é previsto desde 2018. Nessa época, a carência de pessoal do Instituto já era grande, de forma que hoje em dia o número de cargos vagos deve ser ainda maior.

Além disso, uma comissão organizadora havia sido formada na época. Entretanto, uma vez que o edital não foi publicado e não existiram avanços, uma nova comissão precisou ser definida.

Ademais, os nomes dos novos membros já foram divulgados, de forma que o que se espera é que os trâmites tenham avanços em breve. Eventualmente, uma banca organizadora deverá ser contratada para que o edital possa ser publicado.

Comissão organizadora do concurso Indea MT

Com o objetivo de avançar nos processos para a publicação de um novo edital, foi publicado nesta quinta-feira, 18 de novembro, por meio do Diário Oficial do Estado do Mato Grosso , a portaria que nomeia a nova comissão organizadora.

Além disso, o grupo ficará responsável por desenvolver uma minuta e comandar o processo de escolha e contratação da banca organizadora, além de acompanhar todos os processos da nova seleção.

Sendo assim, conheça os membros da nova formação:

Presidente

  • Ronaldo de Assis Medeiros, Matrícula 109787, Engenheiro Agrônomo, Fiscal Estadual de Defesa Agropecuária e Florestal, INDEA/MT.

 

Membros

  • Luiz Gustavo Tarraf Caran, Matrícula 126608, Advogado do DETRAN, Diretor de Administração Sistêmica, INDEA/MT;
  • João Marcelo Brandini Nespoli, Matrícula 79640, Médico Veterinário, Fiscal Estadual de Defesa Agropecuária e Florestal, INDEA/MT;
  • Fabio Cândido da Rosa, Matrícula 110062, Técnico em Agropecuária, Agente Fiscal de Defesa Agropecuária e Florestal I, INDEA/ MT;
  • Isabel Cristina Melon de Souza Neves, Matrícula 203879, Analista Administrativa da Área Meio, SEPLAG/MT;
  • Adriana Aparecida de Queiroz Rezende, Matrícula 96568, Profissional Técnico de Nível Médio em Serviços de Saúde do SUS – Gerente de Recrutamento e Seleção, SEPLAG/MT.

 

Último concurso Indea MT

É igualmente importante destacar que o último concurso do Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso aconteceu em 2009, há mais de 10 anos. Consequentemente, o número de deficits do órgão deve ser cada dia maior.

Ademais, as oportunidades ofertadas na época foram para cargos de níveis médio e superior, sendo eles:

  • Fiscal de Defesa Agropecuário (nível superior)
  • Agente Fiscal de Defesa Agropecuário e Florestal I (nível médio)
  • Analista Administrativo (nível superior)
  • Agente Fiscal de Defesa Agropecuário e Florestal II (nível médio)

 

Além disso, o cargo de Fiscal de Defesa Agropecuário contou com vagas para as carreiras de Engenheiro Agrônomo e Médico Veterinário. Nesses casos, foi necessário que os candidatos possuíssem o nível superior na área, bem como o registro no Conselho Regional.

Por outro lado, para Analista Administrativo estavam disponíveis as áreas de Advogado e Analista de Sistema. Ademais, para os cargos de nível superior os ganhos eram de R$2.731,50.

Por sua vez, as remunerações para as carreiras de nível médio possuíam o valor de R$1.165,12. É importante lembrar que os cargos contavam com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Quais eram as atribuições dos cargos?

Também é essencial que os concurseiros interessados no novo concurso Indea MT saibam quais eram as atribuições das carreiras oferecidas pelo último edital, afinal, é possível que algumas delas estejam presentes na nova seleção.

Sendo assim, confira quais eram as funções desemprenhadas em cada cargo:

Fiscal de Defesa Agropecuário: São atribuições do cargo de Fiscal de Defesa Agropecuária Florestal do Governo: atividades específicas nas áreas de medicina veterinária, Engenharia agronômica, engenharia florestal, biológica, química, necessárias ao desenvolvimento dos programas e projetos agropecuários do INDEA/MT, que exijam formação de nível superior específica.

Agente Fiscal de Defesa Agropecuário e Florestal I: São atribuições do cargo de Agente Fiscal de Defesa Agropecuária Florestal I Governo: atribuições inerentes às atividades específicas nas áreas de defesa e na inspeção agropecuária e florestal, com formação de nível médio e, se necessário, habilitação específica na área de atuação.

Analista Administrativo: São atribuições do cargo de Analista de Defesa Agropecuária Florestal do Governo: atividades específicas e que consiste em dar assessoria técnica especializada nas áreas de economia, administração, jurídica, finanças, contabilidade, estatística, serviço social, psicologia, biblioteconomia, análise de sistemas, entre outros, necessárias ao desenvolvimento dos programas e projetos agropecuários do INDEA/MT, que exijam formação de nível superior específica.

Agente Fiscal de Defesa Agropecuário e Florestal II: São atribuições do cargo de Agente Fiscal de Defesa Agropecuária Florestal II Governo: atribuições inerentes às atividades específicas na área administrativa agropecuária, que exijam formação de nível médio e, se necessário, habilitação específica na área de atuação.

 

Quais eram os requisitos do último concurso?

Além disso, puderam participar do último concurso público do Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso aqueles que cumpriam cumulativamente com os requisitos básicos abaixo:

  • ter nacionalidade brasileira e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º do artigo 12 da Constituição Federal e na forma do disposto no artigo 13 do Decreto n. 70.436, de 18 de abril de 1972;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • estar em dia com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • estar em gozo dos direitos políticos;
  • comprovar, por ocasião da posse, o nível de escolaridade exigido para o cargo/perfil profissional;
  • possuir aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por exame realizado por junta médica oficial vinculada à Secretaria de Estado de Administração/MT;
  • ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da posse;
  • não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;
  • apresentar certidão comprobatória de registro no respectivo Conselho de Classe, quando requisito para o cargo, não estar cumprindo penalidade imposta após regular processo administrativo, que o impeça, ainda que temporariamente, de exercer a profissão (suspensão, etc.), bem como estar inteiramente quite com as demais exigências legais do órgão fiscalizador do exercício profissional;
  • apresentar outros documentos que se fizerem necessários por ocasião da convocação para a posse.

 

Como foram as provas do concurso de 2009?

Em suma, os candidatos do último concurso Indea MT foram avaliados por uma única etapa avaliativa, sendo ela de prova objetiva. Além disso, os inscritos de nível médio responderam a 50 questões, enquanto os de nível superior responderam a 60.

Ademais, as disciplinas cobradas na avaliação foram as de Língua Portuguesa, História e Geografia do Mato Grosso e Conhecimentos Específicos.

 

Acompanhe nossas

redes sociais