Concurso MAPA: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento!

O concurso MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) solicitou ao Governo um aval para realizar novos certames com mais de 1,7 mil vagas. Concurso MAPA solicita abertura de edital O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, enviou um pedido ao Governo para um novo concurso MAPA. São solicitados 1.744 vagas, d...

Status do concurso: Previsto

Materiais disponíveis

Última Notícia

Imagem Concurso MAPA: Órgão anuncia AgroNordeste, mas déficit ainda é alto!

Concurso MAPA: Órgão anuncia AgroNordeste, mas déficit ainda é alto!

O concurso MAPA anunciou as diretrizes estabelecidas para o Plano de Ação do Nordeste (AgroNordeste). Porém, as saídas no órgão triplicaram.

Continuar Lendo

Apostilas MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Histórico de Notícias

08/08/2019

Concurso MAPA: Órgão solicita certame com mais de 1,7 mil vagas!

O concurso MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) solicitou ao Governo um aval para realizar novos certames com mais de 1,7 mil vagas.

Continuar lendo

O concurso MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) solicitou ao Governo um aval para realizar novos certames com mais de 1,7 mil vagas.

Concurso MAPA solicita abertura de edital

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, enviou um pedido ao Governo para um novo concurso MAPA. São solicitados 1.744 vagas, distribuídas em diversas carreiras, incluindo também o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), vinculado à pasta.

A informação foi divulgada pela Assessoria de Imprensa do MAPA, que ainda disse estar protocolando um pedido para nomear candidatos aprovados do último concurso, realizado no ano de 2017.

Dessa maneira, o pedido do MAPA está em análise no Ministério da Economia, caso seja autorizado pelo ministro Paulo Guedes, será oficializado por meio de publicação no Diário Oficial da União.

Como o pedido ainda está na dependência de um aval do Governo, ainda não há previsão para que os próximos editais sejam divulgados, porém a solicitação do órgão é vista com caráter de urgência.

O regime de contratação do MAPA é o estatutário, garantindo uma estabilidade empregatícia ao servidor. Outro atrativo no concurso, são os salários oferecidos.

MAPA também solicita concurso Inmet

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, também solicita ao Governo a abertura de um concurso público para o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), vinculado à pasta.

O órgão solicita 242 vagas para cargos de níveis médio e superior. Confira os cargos solicitados que estão sob análise do Ministério da Economia:

Entre os pedidos enviados ao Governo, é solicitado a autorização para convocar mais candidatos aprovados no concurso que está em validade. O MAPA pede a nomeação de mais 150 Auditores Fiscais Federais Agropecuários, além dos 300 já convocados.

O cargo exige graduação na respectiva área, o salário tem o valor de R$ 15.042,71, já incluso o auxílio-alimentação de R$ 458,00, com jornadas de trabalho de 40 horas.

Déficit de 2.500 servidores no concurso MAPA

No ano de 2018, o MAPA enviou um pedido de concurso para 555 vagas. As oportunidades solicitadas foram para o cargo de Auditor Fiscal Agropecuário, nas especialidades de Engenheiro Agrônomo (100 vagas), Zootecnista (10 vagas), Químico (3 vagas) e Farmacêutico (2 vagas).

Além disso, a demanda também incluía as funções de Agente de Atividades Agropecuárias (200 vagas), Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produto de Origem Animal (100 vagas), Economista (10 vagas), Estatístico (10 vagas), Analista Técnico Administrativo (80 vagas) e Agente Administrativo (40 vagas).

O pedido foi protocolado no mês de maio e depois foram feitas reivindicações dos sindicatos de auditores fiscais federais agropecuários. O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) se mobilizou com demandas como a realização de concurso e equiparação com outras carreiras de Auditores.

Foi informado pela categoria que o déficit era de 2.500 servidores no MAPA. Porém, esse número atualmente deverá ser ainda maior em decorrência do tempo e possíveis aposentadorias já previstas. Estavam em falta 1.600 profissionais só na área de Fiscalização Animal.

O que faz um Auditor Fiscal Federal Agropecuário do MAPA?

A categoria é uma das mais importantes no segmento alimentício do país. Ela atua nas áreas de auditoria e fiscalização, desde a fabricação de insumos, como vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos, até o produto final, como sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites etc.), laticínios, ovos e carnes.

Embora essa função exista no serviço público federal há mais de 140 anos, a carreira só foi oficializada em 2000. Existem 2.700 fiscais na ativa entre Engenheiros Agrônomos, Farmacêuticos, Químicos, Médicos Veterinários e Zootecnistas que exercem suas funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras.

Sobre o MAPA

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é responsável pela gestão das políticas públicas de estímulo à agropecuária, pelo fomento do agronegócio e pela regulação e normatização de serviços vinculados ao setor. No Brasil, o agronegócio contempla o pequeno, o médio e o grande produtor rural e reúne atividades de fornecimento de bens e serviços à agricultura, produção agropecuária, processamento, transformação e distribuição de produtos de origem agropecuária até o consumidor final.

Assim, o Ministério da Agricultura busca integrar sob sua gestão os aspectos mercadológico, tecnológico, científico, ambiental e organizacional do setor produtivo e também dos setores de abastecimento, armazenagem e transporte de safras, além da gestão da política econômica e financeira para o agronegócio. Com a integração do desenvolvimento sustentável e da competitividade, o Mapa visa à garantia da segurança alimentar da população brasileira e a produção de excedentes para exportação, fortalecendo o setor produtivo nacional e favorecendo a inserção do Brasil no mercado internacional.

Para a consecução de seus objetivos, o Mapa conta com uma estrutura fixa de cinco secretarias, 27 superintendências estaduais e suas respectivas unidades, uma rede de seis laboratórios, além de duas vinculadas, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), que abrigam cerca de 11 mil servidores espalhados por todo o Brasil.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) são empresas públicas que atuam sob ingerência e coordenação do Mapa. Também são entes descentralizados do ministério, organizados sobre a forma de sociedades de economia mista, as Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S.A (Ceasa/MG), a Companhia de Armazéns e Silos de Minas Gerais (Casemg) e a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp). Além disso, o ministério coordena as ações e políticas de 28 Câmaras Setoriais e 8 Câmaras Temáticas relacionadas aos diversos setores produtivos do agronegócio brasileiro.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento é organizado em secretarias, responsáveis pelos diferentes setores do agronegócio nacional.

Missão

Promover o desenvolvimento sustentável da agropecuária e a segurança e competitividade de seus produtos.

Visão

Ser uma instituição moderna e ágil, que promova o fortalecimento dos produtores rurais e a qualidade dos produtos agropecuários até 2019.

Valores

Comprometimento, Eficiência e Eficácia, Estratégia, Foco no Cliente, Inovação, Liderança, Organização, Respeito, Trabalho em Equipe e Transparência.

Último concurso MAPA

O último concurso MAPA teve seu edital publicado no ano de 2017. Na ocasião foram ofertadas 300 vagas efetivas no cargo de Auditor Fiscal Federal Agropecuário na área de Médico Veterinário.

Para concorrer na carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário, é preciso que o candidato tenha nível superior completo com formação em Medicina Veterinária.

A banca organizadora responsável pela execução do concurso foi a ESAF (Escola de Administração Fazendária).

O certame contou com 19.165 candidatos inscritos na disputa de 300 vagas ofertadas. Uma concorrência de aproximadamente 64 candidatos por vaga.

Ampla concorrência

– 225 vagas;

– 17.404 inscritos;

– 77 candidatos x vaga.

Candidatos Deficientes

– 15 vagas;

– 223 inscritos;

– 15 candidatos x vaga.

Candidatos Negros

– 60 vagas;

– 1.528 inscritos;

– 25 candidatos x vaga.

A avaliação dos candidatos foi composta por 3 (três) etapas, sendo:

1ª etapa: Prova Objetiva de conhecimentos gerais e específicos;

2ª etapa: Prova Discursiva;

3ª etapa: Prova de Títulos.

O conteúdo programático da prova objetiva englobou as seguintes disciplinas:

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Língua Inglesa ou Espanhola: 5 questões;

– Direito Constitucional, Direito Administrativo e Ética Pública: 10 questões;

– Informática Básica: 5 questões;

– Conhecimentos Específicos: 40 questões.

As provas foram realizadas nas cidades de Aracaju/SE, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PA, Macapá/AP, Maceió/AL, Manaus/AM, Natal/RN, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Recife/PE, Rio Branco/AC, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES.

A prova discursiva teve o valor de 100 pontos, consistindo no desenvolvimento de um Estudo de Caso, com mínimo de 45 linhas e máximo de 60 linhas.

No mês de junho do ano passado, foi publicada no Diário Oficial da União uma portaria autorizando a nomeação de 300 candidatos aprovados no concurso MAPA de 2017. As nomeações ocorreram entre os meses de julho e dezembro de 2018.

Acompanhe nossas

redes sociais