Concurso MP TO: Órgão realiza estudos para publicar novo edital. Confira!

Concurso MP TO: Órgão realiza estudos para divulgar novo edital. Confira!

Foi confirmado pelo Ministério Público do Tocantins, que já iniciou estudos para a realização do novo concurso MP TO. Órgão tem um deficit de 102 cargos, edital irá suprir essas vacâncias. Desse quantitativo, 76 cargos vagos são para Técnicos e Analistas Ministeriais. As carreiras exigem os níveis médio/técnico e superior, respectivame...

Status do concurso: Previsto

Foi confirmado pelo Ministério Público do Tocantins, que já iniciou estudos para a realização do novo concurso MP TO. Órgão tem um deficit de 102 cargos, edital irá suprir essas vacâncias.

Desse quantitativo, 76 cargos vagos são para Técnicos e Analistas Ministeriais. As carreiras exigem os níveis médio/técnico e superior, respectivamente. Os demais 26 cargos vagos são de Promotor de Justiça. A função requer o nível superior em Direito e, pelo menos, três anos de atividade jurídica!

Realização do novo concurso MP TO

Foi confirmado pelo Ministério Público do Tocantins, que já desenvolve estudos para a realização do novo concurso MP TO. A tendência é que as vagas sejam para Promotores de Justiça e carreiras da área de Apoio, como Técnicos e Analistas Ministeriais.

“O Ministério Público desenvolve estudos para realização dos certames. No entanto, ainda não existe previsão da publicação de editais”, salientou o órgão.

O novo concurso MP TO está previsto no PLOA 2021 (Projeto de Lei Orçamentária Anual), do Estado do Tocantins. O texto, que está em tramitação na Assembleia Legislativa do Tocantins, apresenta reserva para divulgação do edital de ingresso de membros e servidores no Ministério Público.

Vale ressaltar, que a reserva no PLOA não é garantia que o certame ocorra. Todavia, indica que o concurso MP TO está no radar do governo estadual para que seja autorizado e realizado. Além disso, o próprio Ministério Público do Tocantins já iniciou os estudos para a publicação do edital.

Conforme os dados até o mês de outubro, o órgão acumula um deficit de 102 cargos em sua estrutura. Desse quantitativo, 76 cargos vagos são para Técnicos e Analistas Ministeriais. As carreiras exigem os níveis médio/técnico e superior, respectivamente, a depender da especialidade.

Os salários iniciais são de R$ 3.948,74 para Técnico Ministerial e R$ 7.185,20 para Analista Ministerial. Os valores foram consultados no Portal da Transparência do MP TO, referentes ao mês de outubro.

Os demais 26 cargos vagos são de Promotor de Justiça. A função requer o nível superior em Direito e, pelo menos, três anos de atividade jurídica. A remuneração inicial é de R$ 28.884,20.

Outro indício para realização do novo concurso MP TO é que, no dia 10 de dezembro, foi divulgado o resultado da seleção de remoção interna para membros. Esse procedimento é realizado quando servidores têm a chance de mudar o local de trabalho.

Sobre o MP TO

O Ministério Público do Estado do Tocantins foi criado no dia da instalação do próprio Estado do Tocantins, em 1º de janeiro de 1989, por meio da Medida Provisória nº 1, documento que institui a primeira estrutura organizacional do poder Executivo estadual.

Enquanto a Constituição Federal havia recém conferido ampla autonomia ao Ministério Público brasileiro, o MP do Tocantins foi instituído como órgão diretamente vinculado à governadoria, sem nenhuma prerrogativa, inclusive cabendo ao Governador escolher livremente o Procurador-Geral de Justiça. Esta situação foi corrigida no ano seguinte, quando, com muita tenacidade, o MPTO conseguiu intervir na redação da Constituição Estadual, que viria a ser promulgada em 5 de outubro de 1989, garantindo sua autonomia administrativa e financeira e a independência funcional de seus membros.

Com a transferência da Capital do Estado, em janeiro de 1990, o Ministério Público do Tocantins mudou-se para a cidade de Palmas, instalando-se em uma construção improvisada, de paredes de madeirite, telhado de amianto e piso de cimento grosso. Era nessas condições que também ficavam sediadas instituições como o Tribunal de Justiça e o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Últimos concursos MP TO

No ano de 2012, o Ministério Público do Tocantins realizou seus últimos concursos MP TO para ingresso de efetivos. No total, foram ofertadas 81 vagas de caráter imediato, mais formação de cadastro reserva, para os cargos de Técnicos e Analistas Ministeriais em diversas especialidades.

Na época, os salários foram de R$ 1.223,99 a R$ 3.715,98. A banca organizadora responsável pela execução do certame, foi a COPESE (Comissão Permanente de Seleção).

Os candidatos inscritos foram avaliados por meio de provas objetivas de Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos.

Ainda em 2012, o órgão também divulgou o edital do concurso MP TO para a carreira de Promotor. A oferta foi de 15 vagas, e os ganhos eram de R$ 19.643,93. A banca organizadora do certame foi o Cebraspe.

Os concorrentes ao cargo de Promotor foram avaliados por: prova objetiva, duas provas discursivas, inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e exames de sanidade física e mental, prova oral e avaliação de títulos.

O regime de contratação dos servidores foi o estatutário, que assegurou a estabilidade. A validade do concurso MP TO foi de 02 (dois) anos, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

Histórico de Notícias

15/06/2021

Concurso MP TO: É autorizado para Promotor de Justiça!

Um novo concurso MP TO foi autorizado para realização, dessa vez para Promotor de Justiça. Confira mais informações sobre os concursos públicos do MP TO.

Continuar lendo
09/04/2021

Concurso MP TO: Orçamento autorizado para novo certame!

Boa notícia concurseiros! Foi autorizado um novo orçamento para o novo concurso MP TO. A seleção prevê vagas para cargos de Técnico, Analista e Promotor.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais