Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso Prefeitura de Itanhandu – MG

Foi divulgado o edital do novo concurso Prefeitura de Itanhandu, no estado de Minas Gerais. São ofertadas 89 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 3,4 mil! As oportunidades incluem os cargos de Motorista, Operador de Máquinas Pesadas, Pedreiro, Pintor, Agente Funerário, Auxiliar de Serviços G...

Status do concurso: Encerrado

Foi divulgado o edital do novo concurso Prefeitura de Itanhandu, no estado de Minas Gerais . São ofertadas 89 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 3,4 mil!

As oportunidades incluem os cargos de Motorista, Operador de Máquinas Pesadas, Pedreiro, Pintor, Agente Funerário, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Públicos, dentre outros no nível fundamental incompleto. Já no nível fundamental completo, as chances são para Auxiliar Administrativo e Mecânico de Veículos e Máquinas Pesadas. No nível médio, os cargos são de Agente Administrativo, Auxiliar em Saúde Bucal e outros. O nível superior, as chances são para Advogado, Dentista, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médicos, Professores etc.

Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de Itanhandu – MG?

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 29 de janeiro até às 23h59min do dia 04 de março de 2020.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, IBAM .

O candidato que não tiver acesso à internet, poderá ir pessoalmente no Posto de Atendimento, localizado na Fundação Itanhanduense de Educação e Cultura Dilza Pinho Nilo, na Rua Alexandre Moreira, n° 291, Centro, no horário das 09 horas às 15 horas, de segunda a sexta-feira.

A taxa de inscrição varia nos seguintes valores:

Nível Fundamental: R$ 40,00;

Nível Médio: R$ 70,00;

Nível Superior: R$ 90,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até às 21 horas do dia 05 de março de 2020.

Vagas e salários do concurso Prefeitura de Itanhandu – MG

O certame oferta 89 vagas de caráter imediato, para os níveis fundamental (incompleto/completo), médio, técnico e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível Fundamental Incompleto: Motorista (6), Operador de Máquinas Pesadas (1), Pedreiro (1), Pintor (1), Agente Funerário (1), Auxiliar de Serviços Gerais (4), Auxiliar de Serviços Públicos (5), Bombeiro Encanador (1), Calceteiro (1), Carpinteiro (1);

Nível Fundamental Completo: Auxiliar Administrativo (5), Mecânico de Veículos e Máquinas Pesadas (1);

Nível Médio: Agente Administrativo (4), Auxiliar de Serviços Escolares (7), Auxiliar em Saúde Bucal (2), Desenhista Cadista (1), Fiscal de Meio Ambiente (1), Fiscal de Obras (1), Fiscal de Posturas (1), Fiscal Sanitário (1), Operador de Estação de Tratamento de Água/ETA (1), Orientador Social (1), Secretário Escolar (2);

Nível Técnico: Técnico de Laboratório em Análises Clínicas (1), Técnico de Prótese Dentária (1), Técnico em Eletricidade (1), Técnico em Enfermagem (2), Técnico em Informática (1), Técnico em Meio Ambiente (1), Técnico em Química (1), Técnico em Radiologia (1);

Nível Superior: Professor de Educação Básica l (5), Advogado (1), Assistente Social (2), Cirurgião Dentista/Clínico Geral (1), Cirurgião Dentista/Endodontista (1), Cirurgião Dentista/Periodontista (1), Contador (1), Educador Físico (1), Enfermeiro (2), Engenheiro Civil (1), Farmacêutico (1), Fisioterapeuta (1), Fonoaudiólogo (1), Médico Cardiologista (1), Médico Clínico Geral (1), Médico Ginecologista (1), Médico Pediatra (1), Médico Psiquiatra (1), Médico Veterinário (1), Professor de Educação Básica ll/Artes (1), Professor de Educação Básica ll/Educação Física (2), Psicólogo (2).

Os salários variam de R$ 1.034,96 a R$ 3.437,10, com jornadas de trabalho de 20 a 44 horas semanais.

Como será a prova do concurso Prefeitura de Itanhandu – MG?

A avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data prevista de 05 de abril de 2020, na cidade de Itanhandu/MG, nos seguintes períodos:

1º período: Para os cargos de Ensino Superior e Ensino Fundamental Completo, com abertura dos portões às 8 horas e fechamento às 9 horas, para início das mesmas, sendo de 3 (três) horas a duração da prova.

2º período: Para os cargos de Ensino Médio, Curso Técnico, Formação em Magistério de Nível Médio e Ensino Fundamental Incompleto, com abertura dos portões às 14 horas e fechamento às 15 horas, para início das mesmas, sendo de 3 (três) horas a duração da prova.

As provas objetivas de caráter eliminatório e classificatório se constituirão de questões objetivas de múltipla escolha. Cada questão apresentará 04 (quatro) opções de respostas (A, B, C e D).

Haverá ainda uma prova de títulos para os cargos de nível superior e uma prova prática para os cargos de Motorista e Operador de Máquinas Pesadas.

O conteúdo programático da prova irá constar as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Matemática, Informática, Legislação Municipal, Legislação Educacional, Legislação do SUS, Conhecimentos Específicos.

O concurso público terá validade de até 02 (dois) anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, por ato do Prefeito de Itanhandu.

 

Requisitos necessários para investidura nos cargos do concurso Prefeitura de Itanhandu – MG

– Ser brasileiro ou naturalizado, ou no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 12, § 1º da Constituição Federal/88; combinado com o Decreto Federal nº 70.436/72;

– Estar em pleno gozo dos direitos políticos;

– Estar quites com as obrigações militares e eleitorais;

– Ter nível de escolaridade e capacitação técnica exigida para o exercício do cargo;

– O candidato que não comprovar a escolaridade e os requisitos exigidos para o cargo, no ato da posse, será eliminado do concurso público;

– Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos até a data da posse;

– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

– Apresentar, quando se tratar de profissão regulamentada, no ato da posse, o competente registro de inscrição no respectivo órgão fiscalizador;

– Apresentar declaração de não possuir acúmulo de cargo ou emprego público, exceto aqueles admitidos constitucionalmente;

– No ato da inscrição não serão solicitados comprovantes, sendo obrigatória a sua comprovação quando da convocação para ingresso no quadro de servidores públicos do Município de Itanhandu, sob pena de eliminação.

Sobre o município de Itanhandu – MG

No princípio do século XVIII, um pequeno aglomerado de casas, circundado por várias fazendas, deu origem ao arraial de Barra do Rio Verde, que se localizava aos pés da Mantiqueira e era banhado pelos rios Verde, Passa Quatro e Ribeirão Itanhandu.

Em 1882 o arraial de Barra do Rio Verde acompanhou a chegada dos ferroviários que iniciaram a construção da estrada de ferro que ligaria o lugarejo aos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro e daria acesso a outras cidades mineiras. O tráfego foi inaugurado em 1884 e a nova estação ferroviária denominou-se Capivari, por ser escoadouro do Distrito de Santana do Capivari, integrante do município de Pouso Alto. Depois de Barra do Rio Verde, o arraial passou a ser denominado Estação de Capivari, e, somente em 1904, a população mudou a denominação da localidade para Itanhandu.

O nome Itanhandu, é de origem tupi-guarani e era chamado assim pelos índios Cataguases, porque o Rio Verde forma grandes quantidades de pedras que correm ao longo das Eras (seixos rolados) e significa ITA = pedra; NHANDU = corredeira, riscos, ema ou aranha, favorecendo as seguintes interpretações: pedras que correm ou seixos rolados, pedras riscadas ou seixos raiados, ema na pedra ou ema de pedra, aranha na pedra ou aranha de pedra. Além dessas versões, os antepassados também reconhecem para Itanhandu os significados de pássaro na pedra e, até mesmo, pássaro de pedra, argumentando o fato de haver grande quantidade de pássaros sobre as pedras do Rio Itanhandu.

Em 1911 o arraial Itanhandu passou a Distrito, pertencente ao município de Pouso Alto. Finalmente em 1923, Itanhandu torna-se município, e no ano 1940 foi elevado a Comarca. Durante o Ciclo do Ouro, foi caminho de tropas e tropeiros, por onde passavam as riquezas das minas com destino a Coroa, e na década de 30, foi resistência contra a invasão paulista ao território mineiro. Dois futuros presidentes trabalharam no local, o então Cel. Eurico Gaspar Dutra e o Tenente médico Juscelino Kubitschek, que declararia mais tarde a amigos:” Minha carreira política começou em Itanhandu”.

Acompanhe nossas

redes sociais