Concurso Prefeitura de São Carlos – SP: Vagas na Educação!

Já está disponível o edital do novo concurso Prefeitura de São Carlos, no estado de São Paulo. As oportunidades são para nível superior, com salários de até R$ 5,6 mil! » Prepare-se com a Apostila Prefeitura de São Carlos - SP + 3 BÔNUS (GRÁTIS) « Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de São Carlos – SP? As inscrições ficarão...

Status do concurso: Encerrado

Última Notícia

Concurso Prefeitura de São Carlos – SP: Últimas horas para se inscrever!

As inscrições estão abertas para o novo concurso Prefeitura de São Carlos – SP. Oportunidades para níveis médio e superior, com salários de até R$ 5,4 mil!

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

07/05/2018

Concurso Prefeitura de São Carlos – SP: Inscrições para todos os níveis terminam hoje!

A Prefeitura de São Carlos (SP) está com inscrições abertas para 43 vagas. Oportunidades para todos os níveis e salários que alcançam R$ 5,4 mil!

Continuar lendo

Já está disponível o edital do novo concurso Prefeitura de São Carlos, no estado de São Paulo. As oportunidades são para nível superior, com salários de até R$ 5,6 mil!

» Prepare-se com a Apostila Prefeitura de São Carlos – SP + 3 BÔNUS (GRÁTIS) «

Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de São Carlos – SP?

As inscrições ficarão disponíveis até às 14h do dia 21 de maio de 2019.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, CKM.

A taxa de inscrição tem o valor fixo de R$ 23,55, devendo ser paga até o dia 21 de maio de 2019.

Vagas e salários

O certame oferta 97 vagas, para nível superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

♦ Nível Superior: Diretor de Escola (60), Diretor Adjunto de Escola (12), Coordenador Pedagógico (15), Supervisor de Ensino (10).

Os salários variam de R$ 4.545,00 a R$ 5.622,00, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Nova-são-carlos

Requisitos para investidura nos cargos

– Ser aprovado neste Concurso Público;

– Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas do Decreto Federal70.436/72;

– Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos;

– Estar em dia com as obrigações:

a) eleitorais;

b) militares (para os candidatos do sexo masculino);

– Estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos;

– Possuir habilitação legal para o exercício do emprego;

– Ter condições de saúde física e mental compatíveis com o exercício do emprego ou função, de acordo com prévia inspeção médica oficial, na forma da Lei;

– Não registrar antecedentes criminais, no âmbito Estadual e Federal, nos locais em que teve domicílio, nos últimos 5 (cinco) anos;

– Atender as condições, escolaridade e requisitos prescritos para o emprego.

Como será a prova do concurso Prefeitura de São Carlos – SP?

A avaliação dos candidatos será mediante prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data de 16 de junho de 2019, na cidade de São Carlos/SP.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora a partir do dia 11 de junho de 2019.

Haverá ainda prova de títulos como critério de avaliação dos candidatos.

A Prova Objetiva será composta por 50 (cinquenta) questões com 05 opções de respostas (a,b,c,d,e) cada, com apenas uma opção correta. A Prova Objetiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.

A prova será realizada no período matutino e vespertino, tendo duração mínima de 01 (uma) hora e máxima de 03 (três) horas.

O conteúdo programático da prova consistirá nas seguintes disciplinas:

Diretor de Escola

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais: 10 questões;

– Legislação Educacional: 10 questões;

– Conhecimentos Básicos da Educação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões;

Diretor Adjunto de Escola

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais: 10 questões;

– Legislação Educacional: 10 questões;

– Conhecimentos Básicos da Educação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões;

Nova-catedral

Coordenador Pedagógico

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais: 10 questões;

– Legislação Educacional: 10 questões;

– Conhecimentos Básicos da Educação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões;

Supervisor de Ensino

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais: 10 questões;

– Legislação Educacional: 10 questões;

– Conhecimentos Básicos da Educação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões;

O prazo de validade do presente Concurso Público será de 02 (dois) anos, contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, a critério da Administração.

Atribuições dos cargos

Diretor de Escola

– Dirigir a unidade escolar de modo a garantir a consecução dos objetivos do processo educacional e a integração de todos os elementos componentes da equipe técnico administrativa e dos docentes que atuam na unidade;

– Efetivar a gestão da unidade escolar, promovendo a gestão democrática da educação, abrangendo a participação dos educandos, da família e de todos os envolvidos nas atividades de ensino, por meio das Instituições Auxiliares da Escola (IAEs), Associações de Pais e Mestres (APMs), Conselhos de Escola (CEs) e Grêmios Estudantis (GEs), para promover condições para integração escola-comunidade;

– Cumprir e fazer cumprir as disposições legais relativas à organização didática, administrativa e disciplinar da escola, bem como normas e diretrizes emanadas de autoridades superiores;

– Coordenador e controlar os serviços administrativos da unidade, o funcionamento da secretaria escolar, o fornecimento de dados indicadores para análise e planejamento global, o horário de atividades e funcionamento de sua unidade educacional;

– Realizar ações visando o monitoramento de frequência dos alunos;

– Propor a criação e supressão de classes, em face da demanda escolar;

– Exercer o poder disciplinar, de forma a preservar o cumprimento do Código de Ética do Servidor Público Municipal, utilizando-se de admoestações verbais e expressas e, quando necessário, comunicar os superiores hierárquicos para adoção de providências para instauração de eventual processo disciplinar;

– Cuidar para que o prédio e suas instalações sejam mantidos em boas condições de segurança e higiene bem como propor reformas, ampliações e provimento de material necessário ao seu funcionamento;

– Promover a gestão transparente dos recursos financeiros recebidos pela unidade escolar prestando contas às instituições competentes;

– Coordenar e integrar a equipe técnica administrativa e docente da unidade escolar, garantindo a elaboração do Projeto Político Pedagógico;

– Assegurar as condições necessárias para o atendimento aos alunos com necessidades educacionais especiais;

– Cumprir e fazer cumprir as diretrizes educacionais do Município, o Estatuto da Educação e o Código de Ética do Servidor e outras determinações inerentes ao emprego;

– Exercer atribuições que lhe forem diretamente cometidas pelo superior imediato;

Diretor Adjunto de Escola

– Substituir o Diretor de Escola em suas ausências e impedimentos legais;

– Assessorar o Diretor de Escola no desempenho das atribuições que lhe são próprias;

– Exercer atribuições que lhe forem diretamente cometidas pelo superior imediato;

– Responder pela direção da unidade escolar no horário que lhe é confiado;

– Intender de modo a garantir a consecução dos objetivos do processo educacional e a integração de todos os elementos componentes da equipe técnico administrativa, e dos docentes que atuam na unidade escolar;

– Auxiliar na gestão da unidade escolar, promovendo a gestão democrática da educação, abrangendo a participação dos educandos, da família e de todos os envolvidos nas atividades de ensino, por meio das Instituições Auxiliares da Escola (IAEs), Associações de Pais e Mestres (APMs), Conselhos de Escola (CEs) e Grêmio Estudantis (GEs), para promover condições para integração escolar-comunidade;

– Cumprir as disposições legais relativas à organização didática, administrativa e disciplinar da escola, bem como normas e diretrizes emanadas de autoridades superiores;

– Realizar ações visando o monitoramento de frequência dos alunos, no horário que lhe é confiado pela direção;

Nova-sc

Coordenador Pedagógico

– Coordenar a elaboração, implementação e avaliação do Projeto Pedagógico das Unidades Educacionais, tendo em vista os desafios do cotidiano escolar, as modalidades e turnos em funcionamento, visando à melhoria da qualidade da educação, em consonância com as diretrizes educacionais;

– Elaborar o plano de trabalho da Coordenação Pedagógica e cronograma de reuniões com a equipe docente para a Gestão Pedagógica das Unidades Educacionais, indicando metas, estratégicas de formação, acompanhamento e avaliação dos docentes, a fim de compor os Planos de Ensino dos Professores, tendo em vista as Diretrizes Educacionais para cada nível e modalidade de ensino;

– Possibilitar acesso e conhecimento dos diferentes recursos pedagógicos e tecnológicos disponíveis, garantindo a instrumentalização dos educadores quanto à organização e uso dos mesmos;

– Identificar, junto a Equipe Escolar, casos de educandos que apresentem dificuldades escolares realizando os encaminhamentos necessário;

– Garantir a efetivação da Educação inclusiva;

– Promover a implementação, acompanhamento e a avaliação dos Programas e Projetos nos diferentes níveis e modalidades, conforme diretrizes educacionais;

– Promover ações que favoreçam a significação do papel docente, do discente, da instituição educativa e da família, respeitando a autoria, a autonomia e a diversidade dos envolvidos;

– Articular estratégicas e ações que viabilizem a integração entre escola e comunidade;

– Participar das diferentes instâncias de tomada de decisão dos recursos financeiros, materiais e humanos das Unidades Educacionais;

– Planejar e participar da Hora do Trabalho Pedagógico Coletivo e Individual (HTPC/HTPI) garantindo o cumprimento dos mesmos;

– Executar outras atribuições relacionadas ao exercício de suas funções de acordo com determinação superior;

Supervisor de Ensino

– Orientar, acompanhar e avaliar a implementação das diretrizes da Política Educacional Nacional, Estadual e Municipal da rede pública, conveniada e privada, considerando as especificidades locais;

– Elaborar o plano de trabalho da Supervisão Escolar, indicando metas, estratégias de acompanhamento e avaliação das U.Es., com vistas a analisar os impactos da política educacional na melhoria das aprendizagens dos alunos e das condições de trabalho da Equipe Técnica e Docente da U.E.;

– Orientar, acompanhar e avaliar a implementação do Projeto Pedagógico das unidades educacionais de sua região, emitindo um parecer conclusivo para homologação;

– Apoiar a gestão nas unidades educacionais de sua região, indicando possibilidades e necessidades às autoridades superiores, informando sobre as reais condições de funcionamento das UEs sob sua supervisão, sugerindo medidas para solucionar ou minimizar os problemas existentes;

– Diligenciar para que a demanda educacional seja atendida, de acordo com as determinações legais;

– Supervisionar as dependências, instalações, equipamentos, recursos humanos, documentação e materiais de unidades escolares privadas, em processo de autorização de funcionamento, de acordo com o capítulo III, arts. 6º e 7º, da Resolução do Conselho Municipal de Educação nº 004/06;

– Orientar a equipe gestora e administrativa da Unidade Escolar quanto ao preenchimento correto dos impressos e formulários;

» Prepare-se com a Apostila Prefeitura de São Carlos – SP + 3 BÔNUS (GRÁTIS) «

– Validar a relação dos alunos concluintes do Ensino Fundamental, (regular e EJA) na Secretaria Escolar Digital ou correspondente; incentivar a integração escola-comunidade;

– Planejar, organizar e participar do processo de remoção, atribuição de turmas, classes e/ou aulas.

Acompanhe nossas

redes sociais