Pesquisar no blog

Concurso Seed AP: Comissão organizadora formada e preparativos iniciados!

Foram iniciados os preparativos para um novo concurso Seed AP (Secretaria de Estado de Educação do Amapá) para efetivos. A comissão organizadora já foi formada e estuda as necessidades do órgão.

Além disso, o grupo possui até 60 dias para realizar as análises das carências da Secretaria, de forma a passar todas as informações ao governo do estado, que decidirá se autorizar ou não o processo seletivo. O último concurso foi realizado em 2012.

 

Concurso Seed AP: comissão organizadora formada

Na última sexta-feira, 15 de outubro, foi formada e divulgada no Diário Oficial a comissão organizadora para o novo concurso Seed AP. Os membros ficarão responsáveis por averiguar o deficit de funcionários na rede de ensino do estado. São eles:

  • Dannielsom Thomptsom de Souza Miranda
  • Helizangela Carmo de Lima
  • Arnanda de Cassia de Oliveira da Silva
  • Fabiano Macial da Silva
  • Lourival da Costa Furtado
  • Claudio Afonso Soares

 

Além disso, o grupo possui até 60 dias para concluir tais estudos iniciais, para que a partir disso o governo do Amapá discuta a autorização do concurso e demais detalhes, como os cargos a serem contemplados no edital.

Ademais, se o concurso for aprovado a comissão ficará responsável também por criar o edital e cuidar do procedimento de escolha e contratação da banca organizadora.

MP AP questiona as contratações da Seed AP desde 2017

O Ministério Público do Amapá vem questionando desde 2017 as contratações realizadas pela Secretaria de Estado de Educação. Isso porque os funcionários eram contratados sem a ocorrência de um concurso público.

Além disso, as consequências para tais contratações indevidas eram as de que os servidores não recebiam os mesmos direitos daqueles que eram efetivos, além de não receberem nem mesmo uma cópia de seus contratos.

Ademais, alguns professores relataram também o salário inferior e a supressão do 13º e das férias, ainda que estivessem trabalhando tanto quando os servidores efetivos da Secretaria.

Sendo assim, o novo concurso pretende substituir o grande número de servidores que fazem parte do órgão em caráter temporário. O Ministério Público determinou, no início deste ano, que a seleção ocorresse em até 180 dias.

No entanto, esse período finalizou no mês de agosto e somente agora, em outubro, a Secretaria iniciou os procedimentos para o processo seletivo.

Quais são os cargos previstos para o concurso?

Uma vez que os preparativos para o concurso Seed AP acabam de ser iniciados, são poucas as informações já disponíveis. Entretanto, o que se prevê é que a nova seleção ofereça vagas para o Magistério e para servidores da Área de Apoio.

Além disso, o governador Waldez Góes, reeleito em 2019, inseriu a Educação entre as suas prioridades, juntamente com a Saúde e a Segurança Pública. No entanto, somente agora os projetos vêm saindo do papel.

Último concurso Seed AP

O último concurso da Secretaria de Estado de Educação do Amapá foi realizado em 2012 sob a organização da Fundação Universa, quando foram ofertadas 43 vagas para cargos técnicos na área da educação e 1.339 vagas para Professores.

Para a área técnica, as oportunidades eram para Auxiliar Educacional nos campos de Administração ou Instrutor Musical, nas áreas de Acordeon, Baixo Elétrico, Flauta Doce, Piano, Saxofone, Trompete e Violão. Nesse caso, as jornadas de trabalho eram de 40 horas semanais e os salários eram de R$1.110,09.

Além disso, para a carreira de Professor, que contava com um grande quantitativo de vagas, as oportunidades estavam distribuídas entre as seguintes áreas:

  • Professores Indígenas de 1º ao 5º ano
  • Cultura Indígena
  • Língua Materna
  • Artes
  • Ciências
  • Ensino Religioso
  • Filosofia
  • Física
  • Geografia
  • História
  • Língua Espanhola
  • Língua Francesa
  • Educação Especial
  • Educação Física
  • Língua Inglesa
  • Língua Portuguesa e Literatura
  • Biologia
  • Matemática
  • Química
  • Sociologia
  • Professores Músicos de Canto Lírico e de Clarinete, Contrabaixo Acústico, Corepetidor, Fagote, Flauta Doce, Flauta Transversal, Oboé, Percussão, Piano, Saxofone, Trombone, Trompa, Viola, Violão, Violino e Violoncelo

 

Para tais cargos, as remunerações eram de R$1.321,54 para 40 horas semanais de jornada de trabalho, além de 100% de regência de classe.

Provas do último concurso

Durante a seleção, os inscritos passaram por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, com questões sobre Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos. Para o edital de Auxiliar Educacional (Administração e Instrutor Musical), as disciplinas cobradas, bem como o conteúdo programático das avaliações foram as seguintes:

Conhecimentos Básicos para todos os cargos:
Língua Portuguesa: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Coesão e coerência. 4. Figuras de linguagem. 5. Ortografia. 6. Acentuação gráfica. 7. Emprego do sinal indicativo de crase. 8. Formação, classe e emprego de palavras. 9. Sintaxe da oração e do período. 10. Pontuação. 11. Concordância nominal e verbal. 12. Colocação pronominal. 13. Regência nominal e verbal. 14. Equivalência e transformação de estruturas. 15. Paralelismo sintático. 16. Relações de sinonímia e antonímia.
Microinformática: 1. Sistema Operacional Windows 7. 2. Microsoft Word 2007. 3. Microsoft Excel 2007. 4. Microsoft PowerPoint 2007. 5. Conceitos, serviços e tecnologias relacionados a Internet e a correio eletrônico. 6. Internet Explorer 8 e Microsoft Office Outlook 2007. 7. Noções relativas a softwares livres. 8. Noções de hardware e de software para o ambiente de informática.
Atualidades: 1. Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como desenvolvimento sustentável, ecologia, tecnologia, energia, política, economia, sociedade, relações internacionais, educação, saúde, segurança, artes e literatura e suas vinculações históricas. 2. Atualidades e contextos históricos, geográficos, sociais, políticos, econômicos e culturais referentes ao Amapá.

Conhecimentos Específicos:
Auxiliar Educacional – Administração: 1. Gestão de documentos: protocolo, organização, arquivo e alfabetização. 2. Ciclo vital dos documentos. Elaboração de ofícios e correspondências. 3. Técnicas de agendamento. 4. Formas de tratamento. 5. Abreviações de tratamento de personalidades, seletividade de documentações e pautas de reuniões. 6. Redação oficial; correspondência e redação técnica. 7. Ética profissional. 8. Relações públicas e interpessoais.
Instrutor de Música: 1. Formação, propriedades físicas e característica do som. 2. Elementos da Música, convenções gráficas e sinais usados: notação musical, pentagrama, claves (Sol, Do, Fá), sinais de dinâmica, acento métrico, fermata, ligaduras, ponto de aumento, barra de compasso, sinais de alteração (acidentes) Ornamentos. 2.1. Elementos rítmicos: métrica, figuras e valores de notas e pausas, fórmulas rítmicas. Compassos simples, compostos e correspondente, Quiáltera, sincopa e contratempo, ritmo inicial: tético, atético e anacrúsico, andamento e dinâmica. 2.2. Elementos melódicos: formas musicais, intervalos melódicos, frases e terminologia musical. 2.3. Elementos harmônicos: princípios básicos de estruturação musical, noções de harmonia funcional, série harmônica, ciclos da quinta, classificação geral e inversão dos intervalos, armadura de clave, tonalidades maiores e menores, tons e semitons naturais, semitom cromático e diatônico, tons vizinhos, Escalas-Graus, formação das escalas maiores e menores (forma primitiva, harmônica e melódica), escalas diatônicas e cromáticas, (modo maior e menor), escalas relativas e homônimas, Escala geral. Acordes: formação, classificação, Inversão e estados dos acordes. 3. História da Música – movimentos Estético-musicais da Pré-história ao Modernismo, tendências atuais da Música Popular Brasileira e as características dos movimentos Bossa Nova e Tropicalismo.

Vale destacar que 5% do número total de oportunidades foi reservada para candidatos PcDs (pessoas com deficiência), desde que a deficiência fosse compatível com o cargo a ser exercido.

Acompanhe nossas

redes sociais