Pesquisar no blog

Concurso TJ ES: nova seleção é esperada!

Atenção, concurseiros! Um novo concurso TJ ES (Tribunal de Justiça do Espírito Santo) deve ser iniciado em 2022, de acordo com o presidente do Tribunal.

Segundo o desembargador Fabio Clem, o presidente do TJ, novas seleções são necessárias por conta da quantidade de vacâncias que afetam o órgão. Saiba mais sobre os preparativos!

 

Concurso TJ ES: presidente do Tribunal comenta sobre novo certame

O novo presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo , o desembargador Fabio Clem de Oliveira, tomou posse na última quinta-feira, 16 de dezembro, e já falou sobre seus planos para o TJ. Uma de suas intenções é realizar seleções nos próximos anos em que estará à frente do órgão público.

A expectativa é de que os estudos para o certame sejam iniciados já no primeiro semestre do próximo ano, porém o edital deve ficar mesmo para o final de 2022 ou para 2023, como afirma Fabio Clem:

O ano que vem nós não temos a possibilidade de fazer o concurso, mas nós temos a possibilidade de plantar a necessidade desse concurso, licitar uma empresa para fazer e, quem sabe, até o final do ano a gente possa fazer?

Outra intenção mencionada por Oliveira é a digitalização dos servidores do TJ, porém até para realizar essa ação será necessário novas seleções. Isso porque o Tribunal vem sofrendo, já há anos, com a falta de servidores.

Dessa forma, é importante se manter atento, pois em breve novas notícias sobre o possível concurso devem ser divulgadas!

Concurso TJ ES: deficit de servidores

Em novembro deste ano, o desembargador Oliveira já havia mencionado a falta de servidores no TJ do Espírito Santo . A informação é que desde 2016, quando foi instaurado o PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada), o deficit é de cerca de 800 funcionários.

Fábio Clem também comentou sobre o número de profissionais que estão em abono permanência, ou seja, quase prontos para a aposentadoria. De acordo com o presidente, esses funcionários são 362. Em outras palavras, o deficit de funcionários, que já é alto, continuará aumentando nos próximos meses.

Sendo assim, ele frisou durante seu discurso que sabe da importância de repor o quadro de pessoal, tanto de juízes, quanto de servidores da área de apoio.

Temos consciência do déficit no quadro de servidores com o qual o Poder Executivo também convive”, apontou. “A categoria com mais déficit é o primeiro grau de jurisdição, são os funcionários dos fóruns. As atenções serão voltadas principalmente para preencher cargos no primeiro grau de jurisdição”, completou ele.

Ou seja, um novo concurso é de extrema necessidade, uma vez que essa falta de funcionários afeta diretamente nas áreas jurisdicionais.

Quanto recebe um funcionário do TJ ES?

Segundo a tabela de remunerações, os Técnicos do TJ começam suas carreiras recebendo R$ 4.393,66, porém os vencimentos podem chegar a R$ 9.139,78 com o passar do tempo.

Enquanto isso, os Analistas Judiciários, recebem R$ 6.333,02 de início, e os Analistas Judiciários Especiais já iniciam suas carreiras com vencimentos de R$ 9.053,59.

Última seleção do Tribunal

Por fim, vale comentar sobre o último concurso TJ ES, que aconteceu em 2010 e teve a oferta de 455 vagas para o cargo de Analista Judiciário.

Na época, as exigências eram que os candidatos tivessem formação no Ensino Médio ou Ensino Superior, a depender da área de atuação. No caso do nível superior, as áreas ofertadas foram de Administração, Análise de Banco de Dados, de Sistemas, de Suporte, bem como Arquitetura e Arquivologia.

Além dessas, também foram ofertadas oportunidades para as áreas de:

  • Comunicação Social;
  • Contabilidade;
  • Direito;
  • Economia;
  • Enfermagem;
  • Engenharia Civil, Elétrica ou Mecânica;
  • Estatística;
  • Informática;
  • Letras;
  • Medicina do Trabalho;
  • Pedagogia
  • Psicologia;
  • Serviço Social;
  • Taquigrafia;
  • Comissário da Infância e da Juventude;
  • Direito;
  • Execução Penal; e
  • Oficial de Justiça Avaliador.

 

Enquanto isso, para o nível médio, as vagas foram para as carreiras nas áreas de Técnico em Informática, em Contabilidade, em Edificações, além de Técnico em Eletrônica, em Mecânica e em Telecomunicações.

No total, a banca Cebraspe, que esteve à frente da organização do certame, registrou cerca de 51.400 inscrições, o que gerou uma concorrência de 113 candidatos por vaga. E como um concurso TJ ES não acontece há mais de dez anos, podemos esperar, portanto, uma grande concorrência, assim como foi em 2010.

Acompanhe nossas

redes sociais