• Página Inicial
  • Concurso IBGE para efetivos “o maior da história”, informa presidente do instituto!

Concurso IBGE para efetivos “o maior da história”, informa presidente do instituto!

icone calendario 16 jul 2024

O presidente do IBGE, Marcio Pochmann, afirmou que o concurso IBGE para efetivos será o maior da história em termos quantitativos.

A declaração aconteceu durante entrevista dada para a revista Focus Brasil, da Fundação Perseu Abramo, ligada ao Partido dos Trabalhadores.

O IBGE tem autorização para o preenchimento de 895 vagas de nível médio e superior, que serão ofertadas por meio do Concurso Nacional Unificado.

“Esse ano de 2023 é um ano importantíssimo, porque ele representa a retomada de concurso – e o IBGE vai fazer o seu maior concurso da história em termos quantitativos, e optou inclusive por fazer parte de um Concurso Unificado Nacional, que o Governo Federal, com o Ministério de Gestão e Inovação, está realizando”, afirmou o presidente.

A fala do presidente abre brechas para a utilização de um cadastro reserva e aproveitamento de aprovados durante o prazo de validade.

De acordo com ele, o quadro de pessoal do IBGE tem 11 mil funcionários, entretanto, apenas 4 mil são efetivos, os outros 7 mil servidores são temporários.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui   e saiba mais!

Concurso IBGE para efetivos prevê 895 vagas!

Pra quem não sabe, o Concurso Nacional Unificado é uma proposta do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos para preencher as vagas do Poder Executivo autorizadas em 2023, por meio de um único concurso.

Esse modelo ficou conhecido como “Enem dos Concursos”, e será realizado simultaneamente, no primeiro trimestre de 2024, em 179 cidades espalhadas por todo o país.

Entenda: Como vai funcionar o Concurso Nacional Unificado?

A adesão nesse modelo foi voluntária, inclusive, o MGI deu um prazo para que os órgãos manifestassem interesse em participar do certame, e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística foi um desses órgãos.

“O IBGE enviou ofício no dia 12 de setembro para o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, demonstrando interesse em aderir ao Concurso Nacional Unificado (CNU)”, citou o IBGE em nota.

Serão ofertadas 895 vagas de nível médio e superior, sendo:

  • Nível Médio
    • Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas: 300 vagas.

  • Nível Superior
    • Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas: 275 vagas;
    • Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas: 312 vagas;
    • Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas: 8 vagas.

Com base no plano de carreira e no reajuste de 9% no salário de servidores federais, as remunerações previstas para os cargos são:

  • Técnico
    • Inicial: R$ 3.997,32
  • Analista
    • Inicial: R$ 9.252,43
    • Final: R$ 11.346,61
  • Pesquisador
    • Inicial: R$ 10.234,07
    • Final: 12.707,87
  • Tecnologista
    • Inicial: R$ 9.252,43
    • Final: R$ 11.346,61

Além disso, os cargos contam com um auxílio-alimentação no valor de R$ 658,00.

Atribuições dos aprovados

Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas: Coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade; Realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa; Realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios; entre outras.

Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas: Atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências institucionais e legais a cargo do IBGE, conforme estabelecido no artigo 71, incisos II e IV, da Lei nº 11.355, de 19 de outubro de 2006.

Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas: Atividades especializadas de ensino e pesquisa científica, tecnológica e metodológica em matéria estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas: Atividades especializadas de produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Provas e etapas de seleção

As provas serão aplicadas em um único dia, sendo:

  • Provas objetivas de aplicação comum a todos os candidatos e candidatas;
  • Provas objetivas e dissertativas específicas por blocos temáticos.

Nas provas objetivas para todos os cargos serão cobradas disciplinas ligadas à valorização do ethos público, da realidade brasileira, inclusão, diversidade, direitos humanos, políticas públicas e desenvolvimento nacional.

Além de disciplinas tradicionais em concursos públicos, como conhecimentos sobre as bases constitucionais, estrutura e funcionamento do Estado e da Administração Pública, Direito Administrativo, Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico.

Por outro lado, as provas específicas por blocos temáticos abordarão temas limitados aos blocos temáticos pré-estabelecidos, numa concepção em que se busque avaliar as aptidões e competências dos candidatos.

CNU terá 6.640 vagas!

O IBGE é apenas um, dos 21 órgãos federais que aderiu ao Concurso Nacional Unificado.

Juntos, serão ofertadas 6.640 vagas de níveis médio técnico e superior. Os editais estão previstos para saírem até 20 de dezembro de 2023.

Clique aqui e confira a lista dos órgãos que vão participar do certame! 👈🏼 

Estamos antenados em torno das movimentações do concurso e todas as novidades serão publicadas no nosso blog e nas redes sociais. 🥰

Então, continue nos acompanhando para não perder nenhuma informação! 

Até a próxima! ❤️

Saiba mais sobre o Concurso IBGE 2024: Provas adiadas. 895 vagas de níveis médio e superior!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais