Concurso Ministério da Economia: Banca é definida; edital iminente!

Concurso Ministério da Economia: Banca organizadora definida; edital com 100 vagas temporárias iminente!

icone calendario 15 fev 2021

Extrato de contrato com banca é divulgado e edital do concurso Ministério da Economia pode ser publicado nos próximos dias. Saiba mais!

Novidades no concurso do Ministério da Economia

O edital do certame do Ministério da Economia, que contará com 100 vagas temporárias, deve ser publicado nos próximos dias. Isso porque, nesta quarta-feira, 13, foi divulgado o extrato de contrato entre a pasta e banca organizadora.

Esse costuma ser o último processo antes da publicação de um edital . No dia 31 de dezembro, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) foi definido como organizador.

Serão ofertadas 100 vagas para os cargos de Analista, Agente e Coordenador, que possuem salários de R$ 3.800,00 para Analista e R$ 6.130,00 para as demais funções.

  • Coordenador de Análise de Prestação de Contas – 04
  • Agente de Apoio de Prestação de Contas – 08
  • Analista de Prestação de Contas – 48
  • Analista de Instauração de Tomada de Contas Especial – 40

De acordo com o documento, o Instituto ficará responsável por organizar e realizar o processo seletivo para a contratação, por tempo determinado, de 100 profissionais de níveis médio e superior.

Pela portaria autorizativa, divulgada em outubro de 2020, a seleção deve ser aberta até abril de 2021. Como os últimos concursos para a pasta saíram antes dos prazos estipulados, é provável que o edital seja publicado ainda neste primeiro trimestre.

Concurso Ministério da Economia será o terceiro

O próximo edital, com 100 vagas, será o terceiro a ser publicado pelo Ministério da Economia. Antes dele, em outubro de 2020, a pasta ofertou 39 oportunidades temporárias.

As vagas foram de nível superior, nas áreas de Direito (37 vagas) e Arquivologia (duas). Nos dois casos, além da graduação, os candidatos deveriam ter experiência profissional superior a três anos ou título de pós-graduação, mestrado ou doutorado.

O processo seletivo tem o Cebraspe como organizador. Os vencimentos são de R$ 6.130,00 para jornada de 40 horas. Os aprovados irão atuar até 1º de dezembro de 2022, quando o prazo de validade do contrato terminará.

Antes desse concurso , o Ministério da Economia divulgou o seu primeiro edital , em agosto do ano passado. Na época, foram ofertadas 350 vagas temporárias, nos seguintes cargos:

  • especialista em gestão de projetos (50 vagas);
  • especialista em infraestrutura de Tecnologia da Informação-TI (50);
  • especialista em ciência de dados (50);
  • especialista em segurança da informação e proteção de dados (50);
  • especialista em análise de processos de negócios (50);
  • especialista em experiência do usuário (50); e
  • especialista em desenvolvimento de software (50).

Para concorrer, era necessário ter nível superior em Informática, Computação ou graduação em qualquer área de formação, além de pós-graduação em Informática ou Computação e experiência profissional superior a cinco anos ou título de mestrado ou doutorado na área.

O certame também foi organizado pelo Cebraspe. O prazo de duração dos contratos será de, no máximo, quatro anos.

Já os profissionais aprovados e contratados terão uma remuneração de R$ 8.300 para jornada de 40 horas.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais