Pesquisar no blog

Concurso Nacional Unificado passa pela primeira retificação. Confira as alterações!

icone calendario 19 jan 2024

Concurso Nacional Unificado (CNU) sofreu sua primeira retificação, mudando divisão de cargos por vagas, requisitos, eixos temáticos, salários e mais. São 6.640 vagas para todos país!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

O que mudou no edital do Concurso Nacional Unificado?

Portanto, os editais do Concurso Público Nacional Unificado sofreram as suas primeiras retificações, com mudanças importantes. Por isso, fique atento concurseiro!

Assim, as alterações estiveram anunciadas em edição extra do Diário Oficial da União na última quinta-feira, 18 de janeiro. Lembrando que o CNU foi publicado dia 10/01.

Além disso, o documento está assinado pela ministra Esther Dweck. Nele, o Ministério da Gestão e Inovação anuncia as mudanças por bloco temático.

O IBGE foi o órgão que mais sofreu mudança em seu edital. No bloco 1, a alterações é para a carreira de Tecnologista, com modificações em requisitos e distribuição de vagas. 

Já no bloco 8, a retificação edital CNU foi nos pesos dos eixos e na distribuição das vagas e ajuste salarial para o cargo de Técnico.

Entretanto, ainda houveram mudanças em outros cargos, como nos salários (Especialista em Indigenismo da Funai) e o Analista em Ciência e Tecnologia.

No caso do Mapa, a mudança foi na modificação no quadros dos cargos e um ajuste salarial em algumas especialidades. No bloco 4, há algumas mudanças do cargo de AFT.

Retificação CNU : Confira aqui todas as mudanças!

Federações do Mapa fazem protestos contra CNU

Portanto, o Ministério da Agricultura e Pecuária (CNU), por meio das suas federações, tem feito vários protestos contra os editais do Concurso Unificado. 

Assim, as categorias repudiam a, segundo eles, falta de conteúdo específico na seleção. Um ofício esteve encaminhado ao Ministério Público Federal.

Além disso, o conselho ainda critica a defasagem na quantidade de auditores-fiscais, médicos veterinários e zootecnistas. Por isso, o CFMV solicita que sejam tomadas providências!

Por fim, o presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo, alegou que o “banco de aprovados” é ilegal e o recrutamento se daria de forma genérica, sem atender o disposto nas leis.

“A existência de um ‘banco de aprovados’, além de ilegal, poderá vir a justificar pleitos futuros por efetivação no cargo, visto que os contratados temporariamente estarão exercendo as mesmas atribuições de servidores efetivos, e recrutados pelo mesmo processo, em total desvirtuamento do instituto da contratação temporária e em detrimento do mesmo, situação que será agravada pelo fato de a seleção se dar em caráter genérico, ou seja, mediante ‘concurso unificado’ que não atende ao disposto na Carta Magna e nas Leis de regência do cargo”, reforçou o presidente.

Inscrições estão abertas para o Concurso Nacional Unificado

Assim, a inscrição deve ser realizada no site do MGI ! Ela começou neste dia 19 de janeiro, mas o site está com instabilidade. Por isso, se atente e não desista!

Aliás, a inscrição seguirá aberta até dia 9 de fevereiro. Para se inscrever, o candidato deve acessar sua conta no aplicativo Gov.br. 

“A conta Gov.br garante a correta identificação de cada cidadão que acessa os serviços digitais do governo. Serão aceitos todos os níveis de conta na plataforma (ouro, prata ou bronze)”, explicou o MGI.

Além disso, primeiramente é preciso escolher um dos 8 blocos temáticos. Depois, deve optar pelo cargo e especialidade, indicando a ordem de preferência de ocupação do cargo e a cidade de realização da prova.

Posteriormente, é preciso pagar uma taxa de R$ 60 para cargos de nível médio e de R$ 90 para nível superior. Lembrando que a banca da seleção é a Fundação Cesgranrio  .

Para os que não conseguem fazer a inscrição online, haverá suporte presencial nas agências do Banco do Brasil e dos Correios, nas 220 cidades de aplicação das provas.

Mais de um cargo

Ademais, o CNU permitirá a inscrição para a disputa por vagas para mais de um cargo. Isso desde que dentro do mesmo bloco temático, com taxa de inscrição única.

Assim, ao concorrer a mais de um cargo, o candidato deverá classificar as vagas de interesse por ordem de preferência para definir a prioridade em uma possível chamada, que será baseada na nota alcançada.

“Somente é possível se inscrever para cargos dentro do mesmo bloco temático, ou seja, o candidato pode escolher todos os cargos ou só um, mas deve levar em consideração os requisitos exigidos para cada cargo como, por exemplo, curso superior específico para preencher a vaga. Além disso, a ordem de preferência dos cargos escolhidos deve ser feita de forma cuidadosa, porque será levada em consideração no momento do chamamento. Será possível alterar o bloco até a data final do período da inscrição”, disse a ministra. 

Posso me inscrever em mais de um bloco?

Não. A inscrição deverá ser feita apenas para um bloco temático! Pode se inscrever em dois cargos, como explicado acima, mas apenas dentro de um mesmo bloco.

Como adiantado, a seleção CNU contará com oferta de 6.640 vagas para níveis médio e superior, em diferentes órgãos federais. A remuneração pode chegar até R$ 22.921,71, além dos benefícios.

Cadastro reserva será ampliado para o dobro das vagas ofertadas!

São oportunidades para 21 órgãos públicos federais (órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional). Veja os blocos temáticos:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias – 727 vagas;
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação – 597 vagas;
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas – 530 vagas;
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor – 971 vagas;
  • Bloco 5- Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – 1.016 vagas;
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação – 359 vagas;
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública – 1.748 vagas; e
  • Bloco 8 – Nível Intermediário – 692 vagas.

Acesse a divisão das vagas e os cargos   de cada blocos temáticos do CNU.

Quais salários os aprovados no CNU vão receber?

Segundo o governo, o banco de candidatos aprovados em cadastro de espera poderá ser usado para processos de contratação temporária.  Confira como ficará os salários de cada área:

  • Infraestrutura, Exatas e Engenharia: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80
  • Tecnologia, Dados e Informação: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80
  • Ambiental, Agrário e Biológicas: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80
  • Trabalho e Saúde do Servidor: R$ 4.407,90 a R$ 22.921,71
  • Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: R$ 5.488,70 a R$ 11.186,69
  • Setores Econômicos e Regulação: R$ 7.736,77 a R$ 20.924,80
  • Gestão Governamental e Administração Pública: R$ 6.761,72 a R$ 9.252,40
  • Nível Intermediário: R$ 4.008,24 a 8.469,89

Como serão as provas do Concurso Unificado?

Assim, a prova será realizada no dia 5 de maio de 2024 e contará com avaliações objetivas específicas e dissertativas, por área de atuação.

Ainda, a expectativa do Governo é que 3,5 milhões de candidatos se inscrevam no concurso. A força de trabalho estimada é de 350 mil pessoas.

Além disso, o documento citou ainda que 94,6% da população deve ficar até 100 quilômetros de distância dos locais de prova.

Por fim, as avaliações acontecerão em dois turnos, manhã e tarde, será aplicada em 220 cidades do país e estarão a cargo da Fundação Cesgranrio. Veja:

  • Matutino
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais com 20 questões + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;
    • Nível médio: provas objetivas com 20 questões.
  • Vespertino
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos com 50 questões;
    • Nível médio: provas objetivas com 40 questões.

ATENÇÃO: As matérias para estudo e divisão das questões você encontra dentro de cada um dos editais. Neles também é possível consultar requisitos e atribuições de cada carreira.

Tira-dúvidas sobre o concurso unificado (CNU)!

Quer estude para o Concurso Nacional Unificado?

Se você quer ser aprovado no Concurso Unificado (CNU),  não perca tempo e comece a estudar agora mesmo e com materiais de qualidade.

Pensando em garantir a melhor preparação para você, produzimos cursos online que vão direto ao ponto, com videoaulas, plano de estudos, além de tutorias para você tirar todas as suas dúvidas.

Todos os cursos elaborados por professores especialistas que são referência no mercado e possuem ampla experiência em concursos públicos.

Além disso, contam com todas as disciplinas gerais e específicas de cada eixo temático que estarão cobrados em sua prova. Clique aqui para saber mais!

Sendo assim, confira abaixo mais materiais da NOVA para sua preparação no CNU:

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais