Concurso PC AM: Como foi a última prova? | Nova Concursos
Pesquisar no blog

Concurso PC AM: Como foi a última prova?

icone calendario 22 out 2021

O Governador Wilson Lima confirmou que o edital do concurso PC AM deve ser lançado ainda em outubro de 2021. Com isso, é importante começar os estudos; saiba como foi a última prova! Serão 362 vagas!

Concurso PC AM: edital vem aí

Concurseiros estão ansiosos para a publicação do edital do concurso da Polícia Civil do Estado do Amazonas, e ele deve sair ainda este mês.

A previsão foi dada pelo governador Wilson Lima, ainda em setembro. A previsão é de sejam abertas 362 vagas. Confira a possível distribuição:

  • 62 vagas para Delegado;
  • 62 vagas para Escrivão;
  • 200 vagas para Investigador; e
  • 38 vagas para Perito.

Além disso, Polícia Civil AM, que tem verba prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 e o Amazonas  vem sofrendo com a falta de funcionários na área de Segurança Pública.

Saiba como foi o Concurso PC AM

Publicado em 2009, o último concurso da Polícia Militar do Amazonas foi organizado pelo Cetam e contou com a oferta de 930 vagas!

Os cargos foram de Delegado, Escrivão, Investigador, Perito Criminal, Perito Legista e Perito Odontolegista. Foram sete etapas de avaliação, sendo:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exames médicos;
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Avaliação Psicológica;
  • Prova prática de digitação (para os cargos de Agente e Escrivão);
  • Avaliação de Títulos;

Provas objetiva e discursiva

A prova objetiva foi em caráter classificatório e eliminatório e contou com 90 questões de múltipla escolha, sendo 45 de conhecimentos gerais e 45 de conhecimentos específicos. Confira as disciplinas:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Atualidades;
  • Direito Penal, Administrativo, Constitucional;
  • Processo Penal;
  • Legislação Especial;
  • Medicina Legal;
  • Direitos Humanos.

Já a prova discursiva abordou, para o cargo de Delegado, as matérias de Direito Penal e Direito Processual Penal. Enquanto para as outras carreiras, a prova versou sobre matéria do Direito Penal.

Exames médicos

Aprovados nas provas acima, os candidatos foram submetidos aos exames médios, para avaliar a capacidade física para o TAF e atividades da carreira. Foram avaliadas as seguintes condições:

  • GERAIS: defeitos físicos, congênitos e/ou adquiridos, com debilidade e/ou perda de sentido ou de função; cirurgias mutiladoras; neoplasias malignas; doenças crônicas e/ou agudas incapacitantes;
  • ESPECÍFICOS: sopros orgânicos, arritmias cardíacas; hipotensão ou hipertensão arterial que esteja acompanhada de sintomas, que possua caráter permanente e/ou que dependa de medicação para o seu controle; vasculopatias evidentes ou limitantes; hérnias; marcha irregular e/ou uso de aparelhos ortopédicos; grandes desvios de coluna vertebral; artropatia crônica; redução dos movimentos articulares; doenças ósseas; distúrbios importantes da
    mímica e da fala; disritmia cerebral; distúrbios da sensibilidade táctil, térmica e/ou dolorosa; incoordenação motora, bem como doenças incuráveis.

Além disso, para essas avaliações, foi exigida a entrega do seguintes exames:

  • Sangue: hemograma completo e contagem de plaquetas, glicemia de jejum, tipagem sangüínea, HBS AG, VDRL; exame bioquímico do sangue: glicose, uréia, cratinina, TGO, TGP, colesterol total, HDL – colesterol e triglicerídios;
  • Urina: EAS;
  • Eletrocardiograma com laudo;
  • Radiografia do tórax em PA e perfil;
  • Exame odontológico completo;
  • Exame oftalmológico completo: acuidade visual com e sem correção, fundoscopia, motricidade ocular, tonometria, biomicroscopia e senso cromático

TAF

Depois, passados nos exames, os concurseiros participaram do Teste de Aptidão Física, em caráter eliminatório, que abrangeram flexão de braço, flexão abdominal e corrida de 12 minutos.

O teste buscou avaliar a capacidade do candidato para suportar as exigências físicas do Curso de Formação, além das tarefas típicas exigidas por cada carreira.

Avaliação psicológica

A fase da avaliação psicológica avaliou aspectos de inteligência, aptidões específicas e características de personalidade adequadas ao exercício profissional.

Vale destacar que as condições mínimas de recomendação dos cargos exigia os seguintes aspectos aos participantes:

  • Testes Psicométricos: obtenção, nos testes psicométricos, de resultados de nível mediano.
  • Testes Projetivos:
    • capacidade de manter o autocontrole. Mesmo sob condições de pressão, ter a capacidade de controlar as próprias reações para continuar a agir, apropriadamente, nas diferentes situações (equilíbrio emocional);
    • capacidade de adaptação ao meio, às normas, regras e hierarquia;
    • ausência dos indícios de: agressividade excessiva, aliada a uma dificuldade no controle impulsivo;
    • ausência dos indícios de existência de transtornos de personalidade dos tipos anti-social, boderline, esquizóide, esquizotípica, mazoquista, paranóide, sádica, ansiedade generalizada, bem como transtorno de conduta e de despersonalização, depressão, esquizofrenia, impulso sexual excessivo e roubo patológico.
    • ausência de conduta pré-psicótica;
    • ausência de indícios de uso indiscriminado de substâncias psicoativas: drogas e álcool

Prova prática de digitação

Aqui, somente os cargos de Escrivão e Investigador participaram. Eles tinham que digitar um texto predefinido de aproximadamente dois mil caracteres.

Depois de todas as fases, os aprovados e classificados passaram ainda pela avaliação de títulos, somente classificatória.

Saiba mais sobre o Concurso PC AM: Edital com 362 vagas previsto para novembro!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais