Concurso PGE RS: Banca definida e edital em breve | Nova Concursos

Concurso PGE RS: Banca definida e edital nos próximos dias!

icone calendario 27 ago 2021

Atenção concurseiros! O edital do concurso PGE RS (Procuradoria Geral do Rio Grande do Sul) pode sair a qualquer momento. Isso porque a banca já foi anunciada e o contrato assinado. Serão 109 vagas no total!

Concurso PGE RS: contrato com banca é assinado

Podem comemorar concurseiros! Em breve, o edital do concurso da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul será publicado.

A banca organizadora do certame foi anunciada e será a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec).

Além disso, o contrato entre a banca e o órgão também já foi assinado. O contrato foi publicado nesta sexta (27), no Diário Oficial do Estado.

Concurso PGE RS: vagas e salários

A Procuradoria Geral do Rio Grande do Sul tem autorização para preenchimento de 109 vagas.

Com isso, o próximo concurso será com 19 vagas para Procurador, 59 vagas para Analistas e 31 para Técnicos Administrativos e de Informática.

Conforme o regulamento da carreira de Procurador, publicado em julho, serão requisitos para participar da seleção:

  • ser brasileiro;
  • ter bacharel em Direito;
  • estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar; e
  • não registrar antecedentes criminais.

Para Técnico é preciso ter nível médio e curso de aperfeiçoamento na área, além da experiência de, pelo menos, um ano. Enquanto para Analistas será exigido nível superior nas áreas a serem oferecidas.

Além disso, é importante frisar que, do total de vagas, 10% será destinado às pessoas com deficiência e 16% às pessoas negras.

E, quando abertas, as inscrições deverão ocorrer pelo prazo de, no mínimo, 20 dias, podendo ser reabertas por dez dias ou mais, segundo informou a corporação.

Concurso PGE RS para Procurador terá cinco etapas de seleção

Conforme o regulamento, os inscritos para o cargo de Procurador passarão por cinco etapas de seleção.

A primeira será a prova objetiva que terá questões de Língua Portuguesa e disciplinas Jurídicas.

A segunda, uma prova escrita, será aplicada para os 200 primeiros aprovados na objetiva, que tiverem, no mínimo, 50% de aproveitamento em cada uma das áreas de conhecimento.

Vale destacar que para as vagas destinadas às pessoas com deficiência, serão habilitados os primeiros 28 candidatos e as reservadas aos negros, serão aprovados os 44 primeiros. 

fase escrita compreenderá seis provas dissertativas e uma prova de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual). Aqui, o concurseiro precisará obter:

  • 50 pontos em cada uma das provas dissertativas e 60 pontos na média aritmética; e
  • 60 pontos no trabalho jurídico.

A terceira fase terá quatro provas orais e uma prova de sustentação oral, realizadas em sessões públicas, e consistirão na arguição de conhecimentos jurídicos, abrangendo, total ou parcialmente, as matérias e as disciplinas que constarão no edital.

Além das três fases acima, os inscritos ainda passarão por sindicância sobre a vida pregressa e uma prova de títulos, valendo de zero a 100 pontos. 

Saiba mais sobre o Concurso PGE RS: Edital publicado para Técnicos e Analistas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais