PM AL: Após suspeitas de fraude órgão se manifesta | Nova Concursos

Concurso PM AL: Após suspeitas de fraude corporação se manifesta!

icone calendario 15 set 2021

Depois da Secretaria de Planejamento, agora foi a vez da Polícia Militar de Alagoas se manifestar sobre o possível fraude envolvendo o concurso PM AL . Enquanto a novela não se resolve, os resultados foram publicados!

Concurso PM AL: corporação se manifestou

O concurso da Polícia Militar de Alagoas segue indefinido, depois que um possível fraude foi apontado. Depois da Secretaria de Planejamento, a Polícia Militar também se manifestou sobre o caso.

Em nota publicada nesta semana, a Polícia Militar se eximiu de qualquer responsabilidade sobre o possível fraude e jogou a situação para a banca organizadora, o Cebraspe.

Segundo a nota, a corporação afirmou que não participa das primeiras fases do concurso, que é de responsabilidade da banca, como as provas escritas, exames físicos e psicotécnicos. Confira a nota:

“O Comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas vem a público esclarecer que, diante das informações veiculadas sobre uma possível fraude no concurso público que oferta vagas para soldado e oficial da PMAL, que esta Instituição não participa da fase inicial do certame e que a coordenação, elaboração, execução e correções das provas objetivas, bem como exames físicos e psicotécnicos, ficam a cargo e gestão da empresa organizadora, neste caso a CEBRASPE, e esta Corporação apenas tem participação a partir da fase de entrega da documentação. A PMAL destaca que confia plenamente nas investigações conduzidas pela SSP e Polícia Civil, e espera que os fatos sejam em breve esclarecidos, e resolvidos conforme a legislação em vigor”.

Concurso PM AL: O que disse a Seplag?

Antes da PM, a Secretaria de Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas (Seplasd), havia se manifestado sobre o assunto.

Em nota publicada nas redes sociais, a secretaria afirmou que entrou em contato com as autoridades policiais e a banca, para que seja feita uma apuração das informações repassadas sobre o suposto esquema de fraude.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) informa que já entrou em contato com as autoridades policiais e com o Cebraspe, banca responsável pela organização do concurso da Polícia Militar de Alagoas, para que seja feita a apuração das informações repassadas sobre um suposto esquema de fraude no certame.

Também nesse sentido, comunica que, caso haja comprovação de que algum candidato fez uso de meio ilícito durante a realização das provas, ou que não cumpre os demais requisitos previstos nas outras etapas do concurso, todas as medidas administrativas e judiciais serão aplicadas.

A Seplag reforça que ainda não há comprovação da ocorrência e que, assim que houver qualquer deliberação sobre o caso, tornará público a todos os candidatos.

A Secretaria ressalta que está atenta e vem acompanhando de perto todas as tratativas relacionadas ao certame, no intuito de assegurar a sua lisura e, também, de garantir que o melhor quadro de candidatos seja, de fato, selecionado para apoiar o desenvolvimento do estado de Alagoas”

Concurso PM AL: resultados já foram publicados

Enquanto nada é resolvido sobre o possível fraude, os resultados finais das provas objetivas já foram divulgados na última sexta-feira (10).

O resultado provisório da prova discursiva também foi divulgado no mesmo dia. O documento está disponível no site do Cebraspe.

Vale lembrar que o prazo para apresentar recursos contra os resultados segue aberto até a próxima sexta-feira, 17 de setembro.

As provas foram realizadas no dia 15 de agosto para vagas de Soldado e Oficial, com questões de Conhecimentos Básicos e Específicos.

Quem será considerado reprovado?

Os candidatos devem se atentar, pois será considerado reprovado e eliminado do concurso, o que:

  • obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos P1;
  • obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos P2;
  • obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas

Fora isso, só serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos ao Cargo de Oficial Combatente aprovados nas provas objetivas e classificados até a 156ª posição, respeitados os eventuais empates na última colocação.

Próximas fases do concurso PM AL

Além das provas, os concurseiros passarão por outras diversas etapas de avaliação, que são:

  • teste de aptidão física;
  • avaliação médica das condições de saúde física e mental;
  • avaliação psicológica;
  • comprovação documental;
  • investigação social; e
  • exame toxicológico.

Quanto ganham os policiais da PM de Alagoas?

O concurso da PM de Alagoas  oferta, ao todo, 1.060 vagas, sendo 1.000 para Soldados e 60 para Oficiais. As duas carreiras exigem Ensino Médio.

Os salários para o cargo de Soldado são de R$ 4.250,06 (após o curso de formação), enquanto para os Oficiais, o vencimento é de R$ 8.099,94.

Saiba mais sobre o Concurso PM AL: Edital é suspenso temporariamente!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais