Pesquisar no blog

Concurso Polícia Civil SP: Deficit de policiais supera 15 mil cargos vagos, diz Sindpesp!

icone calendario 23 fev 2022

O Concurso Polícia Civil SP foi publicado, 3 editais, com oferta de 2.689 vagas para os cargos de Escrivão, Investigador e Médico Legista.

Mas segundo o Sindpesp (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo), o deficit de policiais é maior ao número de vagas ofertadas, ultrapassando um total de 15 mil servidores.

Quer saber mais detalhes? Confira as próximas informações.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova.  Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso Polícia Civil SP: 2.689 vagas ofertadas

O Concurso PC SP foi publicado, com a oferta de:

  • 1.600 vagas para Escrivão
  • 900 para Investigador
  • 189 vagas para Médico Legista

O edital para Delegado aguarda publicação.

Os interessados devem se inscrever no site da banca organizadora, Vunesp , sendo:

  • entre os dias 03/03 e 1º de abril para Escrivão e Investigador
  • 21/03 a 28/04 para o cargo de Médico Legista

As provas objetivas (preambular) e escrita, serão aplicadas nas seguintes datas:

Sindpesp deseja estabelecer diálogo com o governo sobre a PC SP

Conforme ressaltado acima, o deficit de profissionais na PC SP, ultrapassa 15 mil cargos vagos , o que tem preocupado o Sindpesp, pois a única maneira de suprir essa carência é contratando novos profissionais, conforme destaca a presidente do Sindicato, Raquel Kobashi Gallinat.

A única maneira de suprir o déficit é por meio de concurso e nomeação dos aprovados, então a publicação de um novo edital e a posse célere dos aprovados é uma prioridade do Sindpesp“, afirma Raquel.

O Sindpesp realiza um levantamento de dados desde 2017 e de acordo com representantes do órgão, essa é a primeira vez que o deficit ultrapassou a barreira de 15 mil policiais, o que representa mais de 36% de todos os cargos da Polícia Civil.

Confira detalhes do levantamento do deficit de policiais na PC SP, realizado pelo Sindicato do Delegados.

Nesse sentido, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, juntamente com outras 12 entidades representativas dos policiais civis, entregaram um ofício ao governador de São Paulo.

O documento apontava diversos problemas vivenciado nas delegacias, dentre a falta de efetivação e desvalorização salarial, como pontos importantes a serem resolvidos.

Dentre os assuntos que o Sindicato destacou como problema, estão:

  • valorização dos policiais ativos e inativos
  • melhores condições de trabalho
  • implementação de um novo plano de carreira
  • cargos e salários

Ainda de acordo com a presidente do Sindpesp, Raquel Gallinat, a entrega do documento é um pedido de abertura de diálogo para que a situação seja resolvida.

“O Governo do Estado não compartilha informações com os representantes dos policiais, por isso esse documento protocolado começa com um pedido de abertura de diálogo “, destaca Raquel

Créditos: Divulgação Sindpesp – Raquel Gallinat (Presidente do Sindicato)

Governo de SP anuncia reajuste salarial para policiais

No entanto dentre reivindicações e aguarde, o governo de São Paulo anunciou um rejuste de 20% para as forças de segurança pública e administração penitenciária do estado.

Todavia, a medida passa a valer a partir de março.

De acordo com dados do próprio estado, a medida irá beneficiar mais de 276 mil profissionais do sistema prisional e das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, inclusive aposentados e pensionistas.

“É um momento muito importante e significativo. Graças à estabilidade financeira e fiscal, podemos fazer aquilo que já desejávamos, que é o reconhecimento do funcionalismo público do Estado”, disse Doria.

Entretanto, o estado espera a confirmação do superávit orçamentário consolidado de R$ 5,9 bilhões em 2021 para posteriormente poder formalizar os reajustes.

Ademais, o projeto de lei será encaminhado para apreciação da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP).

assinatura completa
Acompanhe nossas

redes sociais