Concurso PF: Pedido de adiamento das provas enviado | Nova Concursos

Concurso Polícia Federal: Pedido de adiamento das provas é enviado!

icone calendario 14 Maio 2021

Em meio à polêmica que envolve as provas objetivas do concurso PRF, a realização dos exames do concurso PF  seguem confirmados para o dia 23 de maio de 2021. Entretanto, um pedido de suspensão foi enviado para análise da Justiça Federal do DF (TRF 1) por meio de ação civil pública.

Concurso Polícia Federal: pedido para suspensão é encaminhado

O documento que pede a suspensão das provas objetivas do concurso para a Polícia Federal foi encaminhado nesta semana para análise da Justiça Federal do DF (TRF 1) por meio de ação civil pública.

Elaborada pelo advogado José Moura, que também foi responsável por conseguir a decisão liminar que suspendia as provas objetivas do concurso para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi quem entrou com a ação pedindo também esta suspensão.

Ele usou a suspensão das provas da PRF como exemplo, afirmando que diversos candidatos relataram o desrespeito às normas sanitárias e aglomerações antes e depois da aplicação, que aconteceu no último dia 9 de maio.

Ele afirma ainda no documento que existem grandes chances da decisão em 1ª instância ser divulgada a qualquer momento, sendo ela favorável ao pedido de suspensão ou não.

Além disso, os defensores nacionais dos direitos humanos da Defensoria Pública da União (DPU) ainda analisam a possibilidade de solicitarem a suspensão das provas à justiça federal. O que aumentaria a pressão pelo cancelamento.

Se não bastasse isso, há ainda um Procurador da República que também irá entrar com o pedido de suspensão das provas, nos próximos dias, segundo informações de dentro da Procuradoria.

Concurso PF: adiamento é descartado internamente

Enquanto muitos movem ações para que o concurso seja suspenso, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federal (Fenapef), por outro lado, afirmou que a PF resolveu montar uma “operação de guerra” contra liminares e tentar manter o calendário.

Concurso PF: número de inscritos

Ao todo, 321.014 candidatos vão disputar uma das 1.500 imediatas nos cargos de Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado. Haverá ainda outras 500 vagas excedentes.

maior demanda vem de Brasília (36.337), seguida do Rio de Janeiro (33.848), São Paulo (30.686), Belo Horizonte (20.751) e Salvador (20.179). Confira a distribuição por carreira:

  • Agente: 222.304
  • Escrivão: 53.486
  • Papiloscopista: 17.567
  • Delegado: 27.657

Como serão as provas do concurso Polícia Federal?

A avaliação dos candidatos será por meio de uma prova objetiva, que será aplicada com 120 questões de certo ou errado, que é característica do Cebraspe, a banca organizadora. As disciplinas serão:

  • Português;
  • Estatística;
  • RLM;
  • Administrativo;
  • Constitucional;
  • Penal e Processual Penal;
  • Legislação Especial.

Haverá ainda alguns assuntos específicos que cairão nas avaliações, dependendo do cargo escolhido, como:

  • Agente: Informática e Contabilidade Geral;
  • Escrivão: Informática, Contabilidade Geral e Arquivologia;
  • Papiloscopista: Informática, Química, Física e Biologia;

Por outro lado, a prova para Delegados se difere bastante das outras em conteúdo, quando é cobrado:

  • Direito Administrativo;
  • Constitucional;
  • Civil e Processual Civil;
  • Empresarial;
  • Penal e Processo Penal;
  • Criminologia;
  • Previdenciário;
  • Direito Financeiro e Tributário;
  • Direito Internacional Público e Cooperação Internacional.

Confira também como será o curso de formação  do concurso Polícia Federal.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal: 557 vagas para área Administrativa!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais