Compartilhar:

Concurso Polícia Federal (PF): avança no MPDG e terá o dobro de efetivo!

icone calendario 27 mar 2018

Boa notícia para os concurseiros! O processo do concurso da Polícia Federal para os cargos de Delegado, Perito, Agente, Escrivães e Papiloscopistas avançou na Divisão de Concursos no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

O objetivo do certame é duplicar o número do efetivo da Polícia Federal nas fronteiras do país, segundo informou o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que ressaltou a dificuldade do trabalho: “É preciso lembrar que a fronteira do Brasil é a terceira maior do mundo, com 17 mil km de extensão divididos com 10 países”.

» Aumente suas chances de reforçar o efetivo com a Apostila da Polícia Federal! «

Previsão edital PF

Com essas informações, é possível esperar que a portaria de autorização seja publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União. Após essa etapa, normalmente o prazo máximo para a divulgação do edital do concurso é de seis meses, colocando setembro como limite para o Concurso da PF 2018.

Serão 500 novas oportunidades. A Polícia Federal divulgou uma proposta, enviada ao Planejamento, na qual solicitava a seguinte divisão:

– 220 vagas de Agente;
– 140 vagas de Delegado;
– 50 de Peritos;
– 60 de Escrivães;
– 30 de Papiloscopistas.

Saiba mais sobre a divisão dos cargos clicando aqui!

Quem pode concorrer aos cargos?

Os cargos exigem diferentes escolaridades. Confira abaixo:

Agente, Escrivão e Papiloscopista:
– Curso tecnólogo ou superior em qualquer área de formação

Delegado:
– Graduação em direito

Perito:
– Graduado em áreas específicas (ainda não divulgadas)

Como são os salários?

O salário inicial para as vagas de Agente, Escrivão e Papiloscopista é de R$ 12.441,26. Já para os cargos de Delegado e Perito, o valor é de R$ 23.130,48.

Como serão as provas da PF?

Normalmente, os concursos da Polícia Federal são organizados pelo Cebraspe. Os inscritos são avaliados por meio de provas objetivas, discursivas, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (exclusivo de escrivão), avaliação de títulos, prova oral (exclusiva para delegado) e curso de formação profissional.

A prova objetiva abrangeu matérias como Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Noções de Administração, Noções de Contabilidade, Noções de Economia, Noções de Direito (Penal Processual Penal, Administrativo e Constitucional), e Legislação Especial. As provas são aplicadas em todas as capitais do país.

Quer saber como estudar para Direito Constitucional e Direito Administrativo da PF? Clique AQUI!

O último concurso foi realizado em 2015, para o cargo de Agente. Nos demais cargos, não acontece um novo concurso desde 2012, deixando uma defasagem de pessoal devido à aposentadorias e exonerações.

» Aumente suas chances de reforçar o efetivo com a Apostila da Polícia Federal! «

Nova Concursos tem ajudado há mais de 8 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

Saiba mais sobre o Concurso PF 2019: Novo certame terá vagas de nível médio e superior!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais