Pesquisar no blog

Concurso Polícia Penal MG: Inscrições encerradas; o que fazer agora?

icone calendario 22 nov 2021

As inscrições do concurso Polícia Penal MG se encerraram ontem, dia 21 de novembro. Com isso, confira todas as dicas de preparação e estudo para esse período de tempo existente até as provas!

No último domingo, 21 de novembro, foram encerradas as inscrições do novo concurso da Polícia Penal de Minas Gerais. Dessa forma, os candidatos podem se perguntar o que fazer durante o tempo que resta até as avaliações. Portanto, conheça todas as dicas de estudo parar esse período!

Concurso Polícia Penal MG: panorama geral

Primeiramente, é importante recordar que o concurso Polícia Penal MG oferta 2.420 oportunidades de nível médio para o cargo de Policial Penal, antigo Agente Penitenciário.

Além disso, a distribuição das vagas acontece não apenas entre homens e mulheres, como também entre ampla concorrência e candidatos com deficiências. Sendo assim, confira essa divisão:

Homens – 1.944 vagas

  • 1.750 vagas para ampla concorrência
  • 194 vagas para pessoas com deficiência

Mulheres – 476 vagas

  • 428 vagas para ampla concorrência
  • 48 vagas para pessoas com deficiência

Ademais, os aprovados no concurso público contarão com uma remuneração no valor de R$4.631,25 inicialmente, além dos benefícios a serem recebidos. Também é válido destacar que as jornadas de trabalho serão de 40 horas semanais.

Quais são os requisitos do concurso?

Além disso, é extremamente importante que os candidatos do concurso da Polícia Penal de Minas Gerais estejam atentos quanto aos requisitos básicos que devem ser cumpridos para a posse do cargo.

Uma longa lista de exigências está presente no edital do concurso público. Entretanto, os requisitos principais são os seguintes:

  • Ensino médio ou curso profissionalizante, emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Ter idade mínima de 18 anos na data da posse.

Ademais, é essencial lembrar que o edital não exige limite de idade máxima para participar do processo seletivo.

Como serão as provas do concurso?

Os candidatos do concurso Polícia Penal MG serão avaliados por meio de uma série de etapas avaliativas, sob a responsabilidade do Instituto Selecon . Além disso, a primeira delas, de prova objetiva e discursiva, será aplicada no dia 16 de janeiro de 2022. Portanto, conheça todas as etapas:

  • Prova objetiva e de redação;
  • Prova de aptidão psicológica e psicotécnica;
  • Exames médicos;
  • Prova de condicionamento físico por testes específicos;
  • Comprovação de idoneidade e conduta ilibada;
  • Curso de Formação técnico-profissional.

Além disso, durante a prova objetiva os inscritos no concurso deverão responder a 60 questões sobre as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática – 5 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Direitos Humanos – 10 questões;
  • Legislação Especial – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões.

É igualmente importante mencionar que a aplicação das avaliações se dará nas cidades de Barbacena, Belo Horizonte, Curvelo, Divinópolis, Ipatinga, Governador Valadares, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Concurso Polícia Penal MG: o que fazer agora?

Uma vez que as inscrições do concurso da Polícia Penal de Minas Gerais já se encerraram, os concurseiros podem se perguntar o que é preciso fazer nesse período até a realização das avaliações, em 16 de janeiro.

Primeiramente, é necessário que os candidatos comecem a formular uma rotina de estudos para que aproveitem ao máximo o tempo que possuem até a data das primeiras provas.

Para isso, é importante que o candidato reserve algumas horas de seu dia a dia para o estudo dos conteúdos programáticos presentes no edital. Também é necessário que o melhor método de estudo seja utilizado, para que o tempo de preparo seja efetivo.

Ademais, são diversos os métodos de estudos existentes atualmente, de forma que os inscritos podem utilizar vários deles até que encontrem aquele que se enquadre melhor em sua rotina e absorção dos conteúdos.

Dentre os métodos mais conhecidos estão os mapas mentais, as tabelas, os resumos e a Técnica Pomodoro . Cada um deles estrutura o tempo de estudo e a maneira de se estudar em si de uma forma diferente, de forma que os candidatos poderão descobrir o que melhor funciona para si.

Além disso, é igualmente importante que a rotina do concurseiro também possua momentos de lazer, visto que o desgaste mental e emocional não são saudáveis e prejudicam o candidato na busca por seus objetivos.

Nesse sentido, também é essencial que boas noites de sono façam parte do dia a dia dos inscritos no concurso, para que o corpo e a mente possuam a energia necessária para os estudos.

Ademais, para contribuir com essa questão outro ponto importante é a alimentação. Em outras palavras, é necessário que os candidatos adotem uma dieta mais saudável e rica em alimentos que ajudem na memória e na concentração.

Portanto, utilizando de todas essas dicas os inscritos no concurso Polícia Penal MG poderão aproveitar de maneira efetiva o tempo restante até a realização das primeiras provas.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Penal MG (Agepen MG): Edital publicado com 2.420 vagas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais