Pesquisar no blog

Concurso Polícia Penal PE: Aprovada criação de 2 mil cargos. Veja!

icone calendario 20 out 2022

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou o projeto de lei que prevê a criação de 2 mil novos cargos para a Polícia Penal do Estado. A decisão pode contribuir para aprovados no concurso Polícia Penal PE . Veja detalhes!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Concurso Polícia Penal PE: o que muda com a aprovação?

Sendo assim, a Polícia Penal do Estado de Pernambuco  passará a ter 4 mil cargos efetivos de Policial Penal.

Isso porque foram criados mais 2 mil cargos através de um Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 3673/2022.

Primeiro, a proposta foi avaliada na Comissão de Administração Pública e depois aprovada pelo pleito da Assembleia Legislativa do estado de Pernambuco (Alepe).

Ademais, a primeira e segunda votação ocorreram nesta quarta-feira (19). Entretanto, o texto agora segue para sanção do governador Paulo Câmara, que é o autor do projeto de lei. 

Portanto, deste número, do total de cargos agora serão 3,5 mil agentes do gênero masculino e outros 500 do gênero feminino.

Além disso, o projeto ainda autoriza a convocação de candidatos aprovados no concurso de 2018.

Concurso Polícia Penal PE está em andamento

Portanto, o resultado final das provas objetivas do concurso Polícia Penal do Estado de Pernambuco  já foi publicado. Assim, confira clicando aqui !

Publicado em 2021, o concurso agora está na etapa de investigação social. 

Ao todo, 17.909 candidatos foram inscritos, segundo a banca Cebraspe, para a oferta 200 vagas de nível superior.

Ademais, os aprovados contarão com remunerações iniciais no valor de R$ 3.900,00 para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

É igualmente importante destacar que para concorrer a uma das oportunidades também é necessário que os concurseiros possuam a Carteira Nacional de Habilitação na categoria “B”.

Demais etapas e curso de formação

Assim, a primeira etapa do concurso foi a aplicação das provas objetiva e discursiva, que aconteceram em abril deste ano.

Depois, os inscritos passaram por Exames médicos; Exames de aptidão física; Avaliação psicológica; até chegar a fase atual, de Investigação social.

Além disso, haverá ainda um curso de formação, onde o concorrente poderá ser eliminado ou classificado, de acordo com o desempenho.

Ademais, o curso para os aprovados no concurso terá, a princípio, 500 vagas, ou seja, mais que as 200 previstas no edital.

Vale destacar ainda que o governo autorizou a formação de duas turmas: uma com 350 candidatos e outra com 150.

Sendo assim, a previsão do próprio governo e também da Polícia Penal é que as aulas sejam iniciadas no mês de dezembro.

Posteriormente, caso o projeto de lei que aumenta o efetivo da corporação seja sancionado, novas turmas devem ser iniciadas no curso de formação. 

assinatura completa

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Penal PE: Edital publicado com 200 vagas!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais