Pesquisar no blog

Concurso TJ MG: 450 aprovados em 2017 são convocados. Saiba mais!

icone calendario 18 fev 2022

Boa notícia concurseiros! O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Gilson Lemes, afirmou que 450 aprovados no concurso TJ MG de 2017 serão convocados. Veja!

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova  . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso TJ MG: como serão as convocações?

Ao todo, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais irá convocar 450 aprovados no concurso público realizado em 2017.

Assim, a informação foi confirmada pelo presidente do TJMG, Gilson Lemes, por meio de suas redes sociais.

Portanto, Gilson afirmou que as convocações serão publicadas no Diário Oficial de Justiça Eletrônico ainda nesta sexta-feira (18).

Além disso, recentemente o deputado estadual Sargento Rodrigues já tinha pedido, por meio de requerimento, a convocação dos aprovados no certame.

O deputado destacou a existência de “mais de 2.000 cargos vagos, dos quais 300 demandam imediato provimento para adequação à lotação mínima”, disse.

E o novo concurso TJ MG, quando sai?

Além das convocações, um novo edital para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais está cada vez mais perto.

Assim, o concurso já tem banca organizadora contratada, o IBFC. Portanto, a expectativa é que o edital seja publicado nas próximas semanas.

Ademais, de acordo com o projeto básico do concurso, os cargos ofertados se dividem nas seguintes especialidades:

  • Oficial Judiciário (classe D)
    • Assistente Técnico de Controle Financeiro
    • Oficial de Justiça
  • Analista Judiciário (Classe C)
    • Administrador
    • Analista
      • de Tecnologia da Informação
      • Judiciário
    • Assistente Social
    • Bibliotecário
    • Contador
    • Enfermeiro
      • Civil
      • Eletricista
      • Mecânico
    • Médico
    • Psicólogo
    • Revisor Judiciário

Requisitos do concurso TJMG

Além disso, o projeto básico ainda confirmou que os interessados em uma das vagas devem preencher alguns requisitos. Portanto, são eles:

  • Oficial Judiciário (classe D)
    • Assistente Técnico de Controle Financeiro
      • Conclusão de curso técnico de contabilidade, reconhecido por órgão governamental competente
    • Oficial de Justiça
      • Conclusão de curso de nível médio de escolaridade, reconhecido por órgão governamental competente
  • Analista Judiciário (Classe C)
    • Administrador
      • Graduação em curso de nível superior de Administração, Administração ou Gestão Pública, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso;
    • Analista de Tecnologia da Informação
      • Graduação em curso superior na área de Tecnologia da Informação, reconhecido por órgão governamental competente, com registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso. É necessário também.
    • Analista Judiciário
      • Graduação em curso de nível superior de Direito, reconhecido por órgão governamental competente
    • Assistente Social
      • Graduação em curso de nível superior de Serviço Social, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.
    • Bibliotecário
      • Graduação em curso de nível superior de Biblioteconomia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso
    • Contador
      • Graduação em curso de nível superior de Ciências Contábeis, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso
    • Enfermeiro
      • Graduação em curso de nível superior de Enfermagem, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.
    • Engenheiro Civil
      • Graduação em curso superior de Engenharia Civil, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.
    • Engenheiro Eletricista
      • Graduação em curso de nível superior de Engenharia Elétrica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.
    • Engenheiro Mecânico
      • Graduação em curso de nível superior de Engenharia Mecânica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso
    • Médico
      • Graduação em curso de nível superior de Medicina, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso
    • Psicólogo
      • Graduação em curso de nível superior de Psicologia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria
    • Revisor Judiciário
      • Graduação em curso de nível superior de Letras ou Direito, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso TJ MG: IBFC é confirmada como banca organizadora!
Acompanhe nossas

redes sociais