Pesquisar no blog

Concurso TJ SP: Provas neste domingo (31), confira as orientações!

icone calendario 29 out 2021

Chegou o fim de semana de aplicação das provas do concurso TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), que acontecem neste domingo, 31 de outubro! Confira as orientações. São 845 vagas para Escrevente!

Concurso TJ SP: orientações para as provas deste domingo

As avaliações objetivas do concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo serão aplicadas neste domingo, dia 31 de outubro. Confira informações importantes!

Local de prova

Para conferir os locais de aplicação das provas, basta o concurseiro entrar no link da banca organizadora, a Vunesp .

Recomendações

Devido às recomendações e medidas de combate ao Coronavírus, o(a) candidato(a) deverá:

  • Se estiver com sintomas de COVID-19 ou se teve contato com alguém doente ou com suspeita de COVID-19, não comparecer ao local de prova;
  • comparecer e permanecer no local de prova fazendo uso de máscara de proteção facial com cobertura total de nariz e boca. Não será permitida a entrada, nem a permanência no local de prova, de candidato que estiver sem a máscara (Decreto Estadual nº 64.959, de 4 de maio de 2020);
  • comparecer, com 30 (trinta) minutos de antecedência do horário abaixo fixado, ao respectivo local de prova;
  • dirigir-se imediatamente à sua respectiva sala de prova para a correspondente identificação. Será proibida a permanência de candidatos e de outras pessoas no saguão, área externa ou corredores do local de prova;
  • se responsabilizar pelo acondicionamento e/ou descarte de seu material de proteção utilizado (máscaras, luvas, etc.), seguindo as recomendações dos órgãos de saúde. Não será permitido o descarte desse material no local da prova.
  • Recomenda-se, ainda, que o(a) candidato(a) leve para a sala de prova:
    • máscaras adicionais, de acordo com o período de duração de sua prova, considerando as recomendações dos órgãos de saúde;
    • álcool em gel a 70% para uso pessoal;
    • garrafa ou utensílio para acondicionamento de água (haja vista que os bebedouros somente poderão ser acionados para enchimento dessa(e) garrafa/utensílio), não sendo permitido beber água diretamente do bebedouro.

O que é proibido na aplicação?

Será eliminado do concurso quem for surpreendido durante a aplicação da prova em comunicação com outras pessoas e/ou realizando qualquer espécie de consulta a códigos, livros, manuais, impressos, anotações e/ou outro material que não tenha sido fornecido pela banca.

Também será proibido portar armas; usar protetor auricular, calculadora, boné, gorro, chapéu e óculos de sol; utilizar o telefone celular e similar durante a aplicação da prova.

Os aparelhos devem permanecer desligados e acondicionados em embalagem específica, que será fornecida pela Vunesp.

Número de inscritos

Segundo informações da banca, 90.758 inscrições foram direcionadas para a comarca de São Paulo capital, que disponibiliza 400 vagas. No total, a banca registrou 223 mil participantes.

Horários

A aplicação das provas está marcada para ter início às 13h, com os portões abrindo às 12h e fechando às 13h. Se atente aos horários e não se atrase!

Como serão as provas?

Aplicados em caráter eliminatório e classificatório, os exames objetivos contarão com um total de 100 questões, com as disciplinas:

  • 1ª etapa de avaliação – provas objetivas
    • Bloco I: Língua Portuguesa – 24 questões
    • Bloco II: Conhecimentos em Direito – 40 questões
      • Direito Penal
      • Direito Processo Penal
      • Direito Processo Civil
      • Direito Constitucional
      • Direito Administrativo
      • Normas da Corregedoria
    • Bloco III: Conhecimentos Gerais – 36 questões
      • Atualidades
      • Matemática
      • Informática
      • Raciocínio Lógico

O gabarito será divulgado quando?

Os gabaritos preliminares das provas serão divulgados no dia 3 de novembro, pelo portal da Vunesp.

Quem quiser entrar com recurso contra as respostas fornecidas pela organização poderá efetuar a reclamação entre os dias 4 e 8 de novembro.

Vale destacar ainda que os candidatos habilitados farão uma prova prática , que será composta por duas atividades (formatação e digitação).

Concurso TJ SP: O que é preciso para ser Escrevente?

Além da escolaridade, que é exigido o nível médio, a carreira de Escrevente pede ainda vários outros requisitos, sendo eles:

  • ser brasileiro nato, naturalizado ou ser português equiparado a brasileiro;
  • ter 18 anos de idade completos até a data da posse;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • estar em dia com as obrigações do Serviço Militar;
  • não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, a Administração, a fé pública, os costumes e os previstos na Lei nº. 11.343 de 23.08.2006;
  • não ter sido condenado por ato de improbidade previsto na Lei nº 8.429/92;
  • ter concluído, até a data da posse, o Ensino Médio;
  • gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • possuir na data da posse os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo e preencher as exigências para a posse previstas na Lei Estadual nº 10.261/1968 com suas atualizações.
  • ser aprovado nas etapas do concurso TJ SP

Concurso TJ SP oferta 845 vagas

O concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo está ofertando 845 vagas em todas as comarcas do estado, para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário.

Do total de oportunidades, 400 vagas são para a capital, 60 para a grande São Paulo e 385 distribuídas por todo o Estado, interior e litoral.

Além disso, o edital prevê que 5% das vagas fiquem reservadas para PcDs e 20% para candidatos negros.

O cargo conta com salário inicial de R$ 4,9 mil, que somados os benefícios podem chegar a R$ 6,9 mil. Confira a distribuição das vagas por região, clicando aqui .

Saiba mais sobre o Concurso TJ SP 2021: Edital publicado com 845 vagas para Escrevente!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais