Compartilhar:

Concurso TJDFT: Presidente solicita análise de déficit nos cargos do tribunal!

icone calendario 26 set 2019

O Concurso TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios), já iniciou uma análise dos cargos vagos no órgão, segundo informações da Assessoria de Imprensa.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

De acordo com o Departamento, o Presidente do órgão, Desembargador Romão Cícero de Oliveira, informou às unidades competentes pela produção de certames o quantitativo de cargos vagos atualmente na corporação. Essas unidades precisarão realizar uma análise e acompanhamento da situação.

Contudo, ainda não há orçamento disponível para a realização de um novo certame que vise suprir as vacâncias do órgão. No total, soma-se 388 cargos vagos, sendo 193 para Analistas, 193 para Técnicos e 02 para Auxiliares, esses dados estão disponíveis no Portal de Transparência do órgão e foram atualizados no dia 30 de agosto de 2019.

Remuneração do concurso TJDFT

A carreira de Auxiliar contém a exigência de possuir nível fundamental. O salário é de R$ 3.890,68, já incluso o salário base de R$ 1.621,12 e a Gratificação por Atividade Judiciária (GAJ) no valor de R$ 2.269,56.

O cargo de Técnico contém o requisito de possuir nível médio, a remuneração é de R$ 7.591,36, já incluso o salário base de R$ 3.163,01 e a Gratificação por Atividade Judiciária (GAJ) de R$ 4.428,29.

Já o cargo de Analista exige nível superior, contendo uma remuneração de R$ 12.455,30, sendo composto pelo vencimento base de R$ 5.189,71 e a GAJ de R$ 1.265,59.

Último concurso TJDFT

O último certame, ocorreu em 2015, com uma oferta de 80 vagas para os cargos de Técnicos e Analistas, para os níveis médio e superior.

Para Técnicos, foram oferecidas oportunidades na Área Administrativa e nas especialidades de Enfermagem e Programação de Sistemas. Já para Analista as oportunidades foram destinadas para a Área Judiciária, sem especialidade e para Oficial de Justiça Avaliador Federal.

Foram disponibilizadas vagas nas áreas de Odontologia (Dentística), Medicina (Psiquiatria, Pediatria, Neurologia, Ginecologia-Obstetrícia e Clínica Médica), Suporte em Tecnologia da Informação, Psicologia, Biblioteconomia e Análise de Sistemas.

Formas de avaliação do concurso TJDFT 2015

O certame teve como banca organizadora a Cebraspe (Cespe/UnB). Todos os candidatos foram submetidos a provas objetivas (de caráter eliminatório e classificatório).

A prova objetiva foi composta por 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

As disciplinas cobradas na categoria de Conhecimentos Básicos, foram distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Ética no Serviço Público;
  • Atualidades.

Dependendo do cargo escolhido, o conteúdo programático se diferenciava. Além dessa etapa, foi aplicada uma prova discursiva para todos os candidatos, versando sobre a disciplina de Conhecimentos Específicos, no qual deveria elaborar um texto dissertativo, com máximo de 30 linhas.

O certame teve validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, isto é, o órgão não tem seleção válida, com isso é necessário haver um novo processo para preencher os cargos vagos no órgão.

Saiba mais sobre o Concurso TJDFT

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais