Pesquisar no blog

Concurso TSE Unificado: Seleção será pauta de reunião nos próximos dias!

Iago Almeida

icone calendario 03 ago 2023

Concurso TSE Unificado  tem edital previsto para agosto de 2023; mas, o prazo será cumprido? Nos próximos dias, uma reunião tratará sobre a seleção; veja!

Editais do concurso TSE saem em 2023 ou não?

Esta dúvida vem acontecendo desde que o edital foi anunciado, ainda no começo do ano. Certo é que o Tribunal Superior Eleitoral segue preparando um novo concurso  unificado da Justiça Eleitoral.

Entretanto, não há ainda nenhum prazo para que ele possa ser publicado, isso porque antes ele tinha sido anunciado para agosto, mas deve atrasar.

Na próxima semana, a seleção será tratada durante o 82º Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), que acontece de 17 a 19 de agosto, no Espírito Santo. 

Vale destacar que a pauta do 82º Coptrel ainda vai se finalizar, mas já é certo que o concurso será um dos principais assuntos.

Recentemente surgiram informações nas redes sociais de que o tribunal teria desistido de realizar o concurso unificado, por não encontrar tempo hábil para aplicação de provas em 2023.

Edital no segundo semestre ou só em 2024? Entenda!

Segundo as informações, que rodaram no dia 27 de julho, bancas teriam alegado dificuldades na oferta de prédios para a aplicação das avaliações nas capitais. Mas, o TSE desmentiu!

“A informação não procede. O setor responsável nos informou que não há, no momento, quaisquer novidades sobre a realização do concurso. Reiteramos que as atualizações sobre o certame virão com a publicação da respectiva resolução que trata do tema, que será amplamente divulgada nos canais de comunicação do Tribunal”, informou, em nota oficial.

Presidentes do TRE’s pedem cronograma da seleção!

Primeira reunião repercute 

Na última quarta-feira (26/08), a Fenajufe esteve reunida com Rui Moreira, diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral e também tratou sobre o concurso.

Assim, os dirigentes expuseram preocupação com a demora do edital unificado e com o preenchimento dos cargos vagos a tempo para as eleições municipais de 2024.

“A categoria tem acompanhado a pauta há meses e cobra uma posição definitiva. Além disso, mencionaram notícia que circulou em alguns estados de que o concurso não seria mais realizado centralizadamente“, disse a Fenajufe.

Por isso, a Fenajufe informou que o TSE espera a conclusão de uma consulta técnica a empresas, para formalizar uma decisão administrativa, nos próximos 15 dias.

Concurso TSE: quais as vantagens do edital unificado?

Lembrando que o concurso unificado funciona com um único edital publicado com vagas para o TSE e para os Tribunais Regionais Eleitorais que manifestem interesse em preencher cargos vagos.

Mas, haverão duas carreiras contempladas, então, dois editais da maneira descrita acima: um para técnico judiciário e outro para analista judiciário. Confira porque o edital unificado seria válido:

  • Concorrência dividida: com um único edital, os candidatos não podem tentar a prova para outros estados. Menor concorrência.
  • Conteúdo e nível de prova padronizados: todos os candidatos serão submetidos ao mesmo conteúdo e ao mesmo nível de dificuldade nas provas.
  • Evita conflitos de datas: risco menor com o TSE responsável pela organização do concurso
  • Banca única: a contratação de uma única banca organizadora permite um foco mais direcionado no perfil da banca.
  • Previsão de edital mais rápida: a divulgação de um edital abrangente pelo TSE para todos os estados pode agilizar o processo.

E quais as desvantagens? Veja abaixo:

  • Menos editais publicados: a consolidação das vagas em um único edital resulta em menos oportunidades.
  • Menos provas aplicadas: com apenas uma prova, o candidato tem somente uma chance de passar na seleção
  • Limitação na diversidade de bancas: caso o candidato tenha dificuldades com o perfil da banca escolhida pelo TSE, não há outras alternativas.

Quantos tribunais participarão do concurso TSE unificado?

De acordo com a secretária de Gestão de Pessoas do tribunal, Thayanne Fonseca, ao todo 25 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) manifestaram interesse em participar do novo concurso

Um deles é o TRE do Rio de Janeiro, mas que disse não tem certeza sobre sua participação, pois conta com seleção válida até este ano, podendo ter novas nomeações em breve. 

“Justamente pela validade do atual concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE RJ), cuja vigência vai até novembro deste ano, ainda não está confirmada a nossa participação no certame da Justiça Eleitoral”, disse o órgão.

TRE CE solicita vagas para Polícia Judiciária Eleitoral!

Requisitos e salários

Lembrando que o número de vagas ainda não está confirmado, mas ambos os cargos citados acima têm como requisito, no momento, o nível superior completo. Veja os salários:

  • Técnicos judiciários: R$8.046,86, sendo R$3.352,86, de vencimento básico e R$4.694 de Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ); 
  • Analistas judiciários: R$13.202,64, sendo R$5.501,1 de vencimento básico e R$7.701,54 de Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ). 

Além disso, já está confirmado que, além das vagas imediatas, também deverão se formar cadastros reserva, para utilização durante a validade do certame.

Concurso TSE Unificado: Provas anteriores para praticar!

Saiba mais sobre o Concurso TSE Unificado: Vagas confirmadas. Edital em breve!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais