Compartilhar:

O que faz um Escrivão da Polícia Civil?

Redator da Nova Concursos

icone calendario 20 mar 2019

Olá concurseiro! Queremos saber, você sabe o que faz um Escrivão da Polícia Civil? A Nova Concursos preparou esse artigo com a finalidade de esclarecer tudo sobre a profissão.

Mãos à obra!

O que faz um Escrivão da Polícia Civil?

O profissional de Escrivão da Polícia Civil é responsável pela formalização e documentação do inquérito policial.

O trabalho é de extrema importância para o andamento dos processos e depoimentos na delegacia.

É necessária muita organização do profissional, é importante que saiba identificar e lidar com problemas simultâneos, além de ser atento, ter uma boa memória e raciocínio lógico.

É garantir que todos os autos que envolvem a solução de um crime sejam transformados em documentos para o inquérito policial. Tudo que está relacionado à confecção de um inquérito policial passa pela mão do Escrivão.

Além disso, o Escrivão é responsável pela guarda de todos os objetos, armas e documentos atrelados ao inquérito policial.

O Escrivão lida com todos os setores da Delegacia, ele atua como auxiliar direto do Delegado, seu trabalho costuma ser restrito à delegacia, onde realiza todo o trabalho burocrático. Quando uma pessoa chega para denunciar um crime ou de um fato qualquer, é o Escrivão quem vai elaborar o boletim de ocorrência.

O profissional deste cargo precisa ter o domínio completo da língua portuguesa e possuir agilidade em escutar e redigir ao mesmo tempo. Ele faz anotações em livros oficiais, analisa inquéritos, faz indiciamentos, prisões em flagrante e recolhe finanças. O Escrivão acompanha o inquérito policial do início ao fim.

Atribuições do Escrivão da Polícia Civil

O profissional de Escrivão da Polícia Civil precisa estar atento a todos os detalhes e fatos delatados, confira as atribuições do cargo:

♦ Cumprir as determinações legais da Autoridade Policial;

♦ Ouvir as partes envolvidas, vítimas, averiguados, autores, testemunhas, no distrito ou onde se possam encontrar, buscando a apuração dos fatos;

♦ Atender ao público com presteza valendo-se do dever de polícia;

♦ Trabalhar juntamente com o Delegado de Polícia durante a lavratura de boletins de ocorrência, flagrantes ou prisões cautelares;

♦ Cumprir mandados de prisão, ordens de serviço, autos de apreensão, de entrega, de avaliação, de acareação, de reconhecimento de pessoas ou objetos;

♦ Realizar translado, intimações, citações e notificações;

♦ Elaborar boletins de ocorrência, de prisão em flagrante delito ou medidas cautelares;

♦ Providenciar a identificação, recolhimento e soltura de presos;

♦ Fiscalizar a continuidade dos inquéritos, providenciando a sua normalidade sequencial;

♦ Orientar a escrituração dos registros nas delegacias;

♦ Colher informações de interesse policial;

♦ Encaminhar vítimas para exames de corpo de delito ou solicitar as perícias cabíveis munido das guias subscritas pelo Delegado de Polícia;

♦ Acompanhar o Delegado de Polícia nas diligências que se fizerem necessárias;

Preparar expedientes;

♦ Conduzir viaturas policiais;

♦ Participar do levantamento de local de crime;

♦ Apreender objetos, valores e instrumentos utilizados na prática de crimes e mantê-los sob custódia;

♦ Atuar nos procedimentos policiais de investigação;

♦ Cumprir medidas de segurança orgânica;

♦ Prestar assistência à Autoridade Policial;

♦ Assinar documentos que necessitem de pública;

♦ Trabalhar em serviços de inteligência policial.

Como ser um Escrivão da Polícia Civil?

É necessário preencher alguns requisitos para se tornar um Escrivão da Polícia Civil, confira:

• Ter sido aprovado, classificado, em ordem decrescente de pontuação, e nomeado na forma estabelecida no edital do concurso público;

• Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;

• Ser brasileiro nato, naturalizado ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto da Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do artigo 12, §1º, da Constituição Federal;

• Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as obrigações militares;

• Estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos;

• Possuir curso superior estabelecido como pré-requisito, a ser comprovado mediante a entrega de cópia autenticada do diploma ou certidão expedida por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.

Pensando na sua aprovação, a Nova Concursos conta com materiais exclusivos que irão auxiliar na sua preparação, para que você saia na frente dos concorrentes.

⇒ Confira o que faz um Investigador da Polícia Civil!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais