Compartilhar:

O que faz um Investigador da Polícia Civil?

Redator da Nova Concursos

icone calendario 20 mar 2019

Olá concurseiros! A Nova Concursos preparou com exclusividade esse artigo sobre o que faz um Investigador da Polícia Civil, para tirar qualquer dúvida sobre a carreira.

Confira!

O que faz um Investigador da Polícia Civil?

O trabalho de um Investigador da Polícia Civil começa quando se inicia as investigações para que a autoria de uma infração penal seja descoberta, ou seja, quando um crime for cometido.

A Polícia Civil instaura um inquérito para apurar o autor responsável pelo ato, o Investigador é responsável por buscar e investigar provas e indícios praticados na infração.

É muito importante o papel do Investigador dentro do inquérito policial, passando a investigar indícios e provas subjetivas e objetivas afim de esclarecer a autoria do crime e todas as pessoas relacionadas ao mesmo.

O trabalho é bastante minucioso e exige uma grande responsabilidade do profissional, o Investigador passa a ser um garimpeiro de provas para a investigação policial, dessa maneira para esclarecer a infração penal que foi cometida.

Para ser um Investigador da Polícia Civil é preciso ter algumas qualidades pessoais que são exigidas no concurso para ingresso, é fundamental que o candidato tenha uma boa formação, bons princípios éticos, bons conhecimentos culturais e um bom raciocínio lógico.

Atribuições de um Investigador da Polícia Civil

O cargo de Investigador da Polícia Civil contém algumas atribuições, sendo elas:

♦ Cumprir os despachos do Delegado de Polícia;

♦ Proceder pesquisas para o estabelecimento das causas, circunstâncias e autoria das infrações penais e administrativas;

♦ Cumprir diligências, dar cumprimento à mandados de prisão e de busca e apreensão;

♦ Participar na gestão de dados, informações e conhecimentos pertinentes à atividade investigativa e na execução de prisões;

♦ Executar as ações necessárias para a segurança policial;

♦ Expedir, mediante requerimento e despacho da autoridade policial, certidões e traslados;

♦ Executar a busca pessoal, a identificação criminal e datiloscópica de pessoas (na ausência do Papiloscopista Policial) para captação dos elementos indicativos de autoria de infrações penais;

♦ Coletar dados objetivos e subjetivos pertinentes aos vestígios encontrados em bens, objetos e em locais de cometimento de infrações penais para os fins de apuração de infrações penais;

♦ Registrar boletins de ocorrência, pesquisar antecedentes criminais e emplacamentos de veículos;

♦ Atender o público pessoalmente e por telefone nos plantões policiais.

Investigador PC

Investigação de um crime

Para solucionar um crime cometido, é de extrema importância estar atento a todos os fatos e detalhes.

Vamos pegar como exemplo um roubo de carro com morte, confira as etapas da investigação:

• Primeiramente deve-se chamar a Polícia Militar que atuará no momento do crime para tentar fazer a prisão em flagrante. Caso não haja possibilidade, os policiais militares farão o primeiro reconhecimento e o isolamento da área, para preservar as provas, chamando a Polícia Civil para investigar o caso;

• Na cena do crime cometido, a Polícia Civil recolhe depoimentos de testemunhas e, os peritos, provas para análise em laboratório. Se o proprietário do veículo não for a vítima fatal, o mesmo faz um Boletim de Ocorrência para garantir seus direitos, caso o automóvel seja utilizado na prática de outros crimes posteriormente;

• Já na delegacia, a Polícia Civil abre uma investigação, ou seja, instaura um inquérito, se for necessário são tomados outros depoimentos e utilizados recursos como retrato falado. Os peritos farão seu trabalho de polícia científica, realizando os exames de balística, pesquisas em banco de dados e necropsia;

• O Inquérito Policial reúne os laudos e detalhes de toda a investigação, com a conclusão que a Polícia chegou sobre o caso. A Polícia tem até 30 dias para conceder o primeiro parecer ao Ministério Público. Se a investigação não for o suficiente para denunciar o autor, a Polícia Civil pode solicitar um prazo maior para as investigações;

• Quando o autor do crime é identificado, o Delegado solicita uma denúncia ao Ministério Público contra o suspeito e pede sua prisão preventiva. Se o MP achar que o relatório está completo, é enviando uma solicitação ao Juiz, que poderá aceitar ou não a denúncia;

• Caso a investigação policial seja inconclusiva depois de muito tempo, o inquérito pode ser arquivado. No entanto, o mesmo pode ser reaberto, mesmo que anos depois, caso surja novas provas apresentadas;

• Se for aceita, o inquérito se transforma em uma ação penal, passando por todo o processo de julgamento até a sentença final. Os mandados de prisão que forem expedidos são de responsabilidade da Polícia Civil para serem cumpridos.

A Nova Concursos conta com materiais exclusivos que irão auxiliar na preparação dos seus estudos, para que você conquiste sua vaga e seja um vencedor.

⇒ Confira como ser um Policial Civil!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais