Pesquisar no blog

TSE Unificado terá banca definida e divulgada nos próximos dias!

icone calendario 28 nov 2023

Está próximo de sair a banca organizadora do concurso TSE Unificado , isso ainda em 2023. Todos os TRE’s pediram adesão na seleção; veja!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Quando sai o edital do concurso TSE Unificado?

Muito em breve sai o edital do concurso  unificado do TSE, que terá adesão de todos os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

Isso porque o diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rogério Galloro, confirmou que está concluído o estudo técnico preliminar da seleção.

Além disso, ele confirmou que a banca organizadora estará anunciada ainda em 2023, por isso, o edital deve sair no começo de 2024.

Ademais, o prazo foi passado durante o 83º Encontro do Colégio dos Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), realizado dia 25/11 em Recife, em Pernambuco. 

A ata do encontro foi disponibilizada nesta segunda-feira, 27 de novembro. Galloro também reafirmou que o concurso é uma das principais questões do Tribunal atualmente.

Confira a ata do encontro!

“Existe um quadro comum de falta de servidores em todos os tribunais do país, o que gera uma sobrecarga de responsabilidades e adoecimento do quadro de pessoal. De forma inédita teremos um concurso unificado, e isso precisa compreender as realidades regionais. Debatemos modalidades de contratações de cibersegurança e situação de implantação, eleições informatizadas, cenários que possibilitem reduzir filas durante as eleições 2024”, disse ele durante o encontro.

Todos os TREs vão participar da seleção unificada do TSE?

Segundo o TSE, todos os 27 Tribunais Regionais Eleitorais do país solicitaram adesão ao concurso unificado e devem participar.

Entretanto, os tribunais com editais ainda vigentes não poderão participar do concurso . Sendo assim, no momento, quatro TREs estão com editais ainda válidos. Veja quais são:

  • Tribunal Regional Eleitoral do Pará (edital vigente até 19 de agosto de 2024)
  • Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (edital vigente até 12 de fevereiro de 2024)
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (edital vigente até 17 de novembro de 2023)
  • Tribunal Regional Eleitoral de Tocantins (edital vigente até 20 de agosto de 2024)

Portanto, o tribunal do Rio de Janeiro poderá entrar, mas os outros três correm risco de ficar de fora! Veja os cargos vagos, liberados em documento pelo TSE.

Com isso, o edital está cada vez mais perto de sair! Serão ofertadas cerca de 500 vagas, mas a Fenajufe disse que a comissão aprovou apenas 450. Veja:

Mais informações reveladas

Além de reforçar que órgãos com editais válidos não participarão, a resolução ainda destacou diversos pontos que nortearão o concurso  , veja:

  • reserva de 20% vagas para pessoas negras; de 10% para pessoas com deficiência; e de 3% para pessoas indígenas;
  • os concursos serão abertos mediante portarias dos presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e poderão ser realizados em etapa única ou distintas. Os tribunais poderão incluir no edital, como etapa, curso de formação (eliminatório e/ou classificatório);
  • o TSE poderá realizar um concurso unificado, para provimento dos quadros efetivos dos TREs. O concurso será regido por edital único, com quantitativo de vagas e/ou cadastro reserva do TSE e dos TREs que aderirem. O resultado será divulgado por meio de listas específicas de pessoas aprovadas, por TRE, para nomeação;
  • no caso de adesão ao concurso unificado, serão publicadas listas de classificação específicas para cada TRE participante, que ficará responsável por nomear as respectivas pessoas candidatas aprovadas;
  • as pessoas aprovadas para os TREs serão convocadas para optar pelas localidades onde houver vaga, segundo os critérios estabelecidos no edital. A opção será exercida respeitada a ordem de classificação;
  • o prazo de validade do concurso será de dois anos, cabendo prorrogação por igual período;
  • os TREs vão poder prever nos editais o aproveitamento de pessoas habilitadas para nomeação em outro órgão do Poder Judiciário da União, desde que na mesma localidade, respeitada a ordem de classificação e considerada a conveniência administrativa e o expresso interesse do candidato.

Oficial! Confira quais TRE’s já confirmaram adesão ao concurso TSE Unificado!

Como vai funcionar o Concurso TSE Unificado?

O Concurso Unificado visa o preenchimento de vagas para o Tribunal Superior Eleitoral e os Tribunais Regionais Eleitorais, por meio de um único concurso.

Serão publicados dois editais, sendo um para Técnico Judiciário e um para Analista Judiciário, com vagas para o TSE e para os Tribunais Regionais Eleitorais. As duas carreiras exigem nível superior completo.

Em relação a remuneração inicial, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 14.523/2023, que concede reajuste aos salários das carreiras que serão ofertadas, sendo:

Técnico Judiciário

  • Fevereiro
    • 2023: R$ 9.220,34
    • 2024: R$ 9.773,58
    • 2025: R$ 10.372,70

Analista Judiciário

  • Fevereiro
    • 2023: R$ 15.128,00
    • 2024: R$ 16.035,69
    • 2025: R$ 17.018,67
Saiba mais sobre o Concurso TSE Unificado define nova banca. Edital iminente!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais