Pesquisar no blog

Concurso ANP: Edital publicado. Salário de R$ 6,1 mil!

Novidades para os concurseiros! Foi publicado o edital do novo concurso ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) com a oferta de 48 oportunidades temporárias de nível superior.

Além disso, as vagas contemplam 07 estados do país e as inscrições poderão ser realizadas entre os meses de julho e agosto, com provas que serão aplicadas no mês de setembro.

Sendo assim, se você tem interesse pela seleção, confira todos os detalhes a seguir!

 

Concurso ANP: inscrições

Nesse sentido, é essencial que os interessados no novo concurso ANP saibam que poderão realizar sua inscrição entre os dias 11 de julho e 1º de agosto por meio do site da banca organizadora do certame, o Cebraspe.

Além disso, para efetivar a participação é necessário que os candidatos efetuem, até o dia 19 de agosto, o pagamento da taxa de inscrição, que possui o valor fixo de R$ 149,40.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Isenção de taxa

É igualmente importante que os concurseiros saibam que também entre os dias 11 de julho e 1º de agosto poderão solicitar a isenção de taxa aqueles que se enquadram nos critérios a seguir:

  • inscritos no CadÚnico; e
  • doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

 

Vagas, cargos e salários

Nesse sentido, o novo concurso da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis oferta 48 oportunidades temporárias entre diversas carreiras de nível superior.

Sendo assim, conheça a distribuição das vagas e os requisitos de formação exigidos pelos cargos:

  • Atividades de:
  • Fiscalização da Produção de Combustíveis I – 02 vagas: formação em Engenharia ou Química Industrial;
  • Fiscalização da Produção de Combustíveis II – 03 vagas: formação em Engenharia ou Química Industrial;
  • Regulação de Novas Atribuições I – 01 vaga: formação em Direito;
  • Regulação de Novas Atribuições II – 03 vagas: formação em Economia ou Ciências Econômicas;
  • Fiscalização de Infraestrutura e Movimentação – 03 vagas: formação de Engenharia;
  • Regulação de Novas Atribuições III – 04 vagas: formação em Economia ou Ciências Econômicas;
  • Regulação de Novas Atribuições IV – 01 vaga: formação em Engenharia, Economia, Ciências Econômicas, Matemática ou Estatística;
  • Fiscalização do Abastecimento – 30 vagas: formação em qualquer área;
  • Regulação de Novas Atribuições V – 01 vaga: formação em Ciências Contábeis ou Contabilidade.

 

Além disso, os aprovados no processo seletivo e contratados temporariamente pelo órgão contarão com salários no valor de R$ 6.130,00 para as jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Ademais, todos os cargos possuem lotação no Rio de Janeiro, exceto Atividades de Fiscalização do Abastecimento, que possui oportunidades para 07 diferentes estados:

  • Belo Horizonte/MG;
  • Brasília/DF;
  • Manaus/AM;
  • Porto Alegre/RS;
  • Rio de Janeiro/RJ;
  • Salvador/BA;
  • São Paulo/SP.

 

Dessa forma, vale frisar que os aprovados poderão ser contratados por, no máximo, 04 anos. Ademais, esse prazo pode ser prorrogado, desde que não sejam ultrapassados os 05 anos de contrato temporário.

Quais são os requisitos básicos?

É igualmente importante que os interessados na nova seleção saibam que, para a investidura nos cargos, deverão ser cumpridos os seguintes requisitos básicos:

  • Ser aprovado no processo seletivo simplificado.
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal.
  • Estar em gozo dos direitos políticos.
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício da atividade, conforme o item 2 deste edital.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.
  • Não ter sido contratado com fundamento na Lei nº 8.745/1993, e suas alterações, nos últimos 24 meses.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da atividade.
  • Não ser servidor da administração direta ou indireta da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, nem empregado ou servidor de suas subsidiárias e controladas.
  • Não participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário, nos termos do inciso X, do art. 117, da Lei nº 8.112/1990, com nova redação dada pela Lei nº 11.784/2008.
  • Cumprir as determinações deste edital.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para a atividade por ocasião da contratação.

 

Concurso ANP: provas

Por fim, é imprescindível que os candidatos do concurso ANP saibam que serão avaliados por meio de duas etapas avaliativas, sendo elas de provas objetivas e provas de títulos.

Nesse sentido, as provas objetivas já estão previstas para serem aplicadas no dia 25 de setembro, quando os inscritos deverão responder a 120 questões de múltipla escolha, sendo 50 para Conhecimentos Gerais e 70 para Conhecimentos Específicos.

Sendo assim, conheça as disciplinas a serem cobradas pela avaliação:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática e Raciocínio Lógico;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Legislação Complementar;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Ética no Serviço Público;
  • Conhecimentos Específicos.

 

Ademais, a prova valerá 120 pontos, de maneira que será reprovado na avaliação e eliminado do processo seletivo o candidato que se enquadrar em ao menos uma das situações abaixo:

  • a) obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos gerais;
  • b) obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos;
  • c) obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

 

Concurso ANP para efetivos

É igualmente essencial recordar que um novo concurso ANP para efetivos foi solicitado ao Ministério da Economia. Isso porque os órgãos federais possuíram até o dia 31 de maio para enviar seus pedidos por novas seleções.

Nesse sentido, o órgão solicitou um novo edital para o provimento de 107 oportunidades efetivas entre cargos de níveis médio e superior, de forma que a distribuição acontece entre as seguintes carreiras:

  • Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados e Gás Natural (49);
  • Especialista em Geologia e Geofísica do Petróleo e Gás Natural (19);
  • Técnico em Regulação de Petróleo e Derivados e Gás Natural (08);
  • Analista Administrativo (23); e
  • Técnico Administrativo (08).

Histórico de Notícias

05/05/2022

Concurso ANP: Pedido solicitado com 107 vagas aguarda autorização do ME!

Um novo concurso ANP já foi solicitado ao Ministério da Economia e continua aguardando autorização. O pedido é para 107 vagas!

Continuar lendo
10/11/2021

Concurso ANP: Órgão envia pedido com 107 vagas!

Atenção concurseiros! Um novo concurso ANP foi solicitado. O pedido é para preenchimento de 107 cargos que estão vagos no órgão. Edital deve sair em 2022!

Continuar lendo
29/12/2015

ANP publica retificação em edital de concurso com 34 vagas

ANP publica primeira retificação em edital. Veja quais foram as mudanças!

Continuar lendo
17/11/2015

Especial dos Concursos – ANP

Confira as principais informações do Concurso da ANP lançado na última semana.

Continuar lendo
05/11/2015

ANP escolhe banca organizadora de concurso: edital deve sair em breve!

Agência Nacional do Petróleo (ANP) já definiu a banca organizadora do concurso!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais